Posts

Países más amigables

Canadá está na lista dos países mais amigáveis do mundo

Nenhuma novidade: O Canadá é mais uma vez destaque nas pesquisas. Desta vez, o país foi escolhido o segundo país com o povo mais amigável da lista…E o melhor: O nosso Brasil também está no TOP 10!

A pesquisa foi realizada pelo site booking.com e teve como objetivo listar os dez países amigáveis para os viajantes estrangeiros. (É claro que estaríamos no meio, né?)

Mais de 17.000 viajantes de 17 países diferentes foram ouvidos (cerca de 1000 por país). Eles tiveram a missão de escolher quais países têm o povo mais feliz e mais amigável.

Veja como ficou a lista final:

1) Austrália – 35%
2) Canadá – 33%
3) Itália – 29%
4) Espanha – 25%
5) Estados Unidos – 24%
6) Tailândia – 20%
7) Japão – 20%
8) França – 20%
9) Nova Zelândia – 20%
10) Brasil – 19%

Fonte: Daily Hive Vancouver

países más felices del mundo

Canadá é um dos países mais felizes do mundo

O Canadá é um dos países mais felizes do mundo. A afirmação é do World Happiness Report, que destacou o país norte-americano como o sétimo lugar mais feliz do mundo entre a avaliação de mais de 150 nações. O resultado deste ano foi delineado segundo aspectos dos fundamentos sociais de felicidade, incluindo a satisfação no local de trabalho.

“O World Happiness Report continua a chamar a atenção global em torno da necessidade de criar uma política sólida para o que mais importa para as pessoas – seu bem-estar”, destacou Jeffrey Sachs, diretor da Sustainable Development Solutions Network, em comunicado. “Como demonstrado por muitos países, este relatório mostra que a felicidade é um resultado da criação de bases sociais fortes”.

Para chegar ao top 10, o Canadá demonstrou valores elevados em todas as seis variáveis-chave usadas para explicar as diferenças de felicidade entre os países como: renda, expectativa de vida saudável, alguém com quem contar em tempos de dificuldade, generosidade, liberdade para fazer escolhas de vida e confiança, com o último medido pela ausência de corrupção nos negócios e no governo.

O Relatório de Felicidade Mundial avaliou os países a partir de dados em uma escala de 0 a 10 e levou em consideração o triênio 2014-2016. Os resultados revelaram uma pontuação média de 5,3 (de 10) e o Canadá foi um dos destaques, marcando pontos gerais acima de 7.

Veja o ranking dos lugares mais felizes do mundo:

1 – Noruega
2 – Dinamarca
3 – Islândia
4 – Suíça
5 – Finlândia
6 – Países Baixos
7 – Canadá
8 – Nova Zelândia
9 – Austrália
10 – Suécia

Veja também: Vancouver é uma das cinco melhores cidades do mundo para se viver

Canadá é o melhor país em qualidade de vida do mundo

Disponibilidad de empleo en Canadá

Saiba como está a empregabilidade atual no Canadá

O site oficial do governo canadense Statistics Canada divulgou recentemente a Labour Force Survey 2017, que apresenta um resumo geral da empregabilidade no país. Com essa pesquisa é possível ter acesso a números importantes como vagas geradas em cada província e a taxa de desemprego atual em cada uma delas. Portanto, se você está se preparando para entrar no mercado canadense, veja com atenção os dados abaixo:

1) Emprego no Canadá

De acordo com a pesquisa, a taxa de empregabilidade no país sofreu uma leve alteração quando consideramos os 12 meses anteriores a fevereiro de 2017. Foram 228 mil novas posições, o que representa um aumento de 1,6%. Esse aumento foi mais significativo a partir de Julho de 2016, quando a economia canadense também registrou um crescimento mais considerável.

A taxa de desemprego no país também caiu em 0.2 ficando em 6.6%, sendo a mais baixa registrada desde Outubro de 2008.

2) Empregabilidade nas províncias:

De uma maneira geral, a taxa de empregabilidade cresceu em British Columbia, Saskatchewan e Manitoba. Porém caiu em Nova Scotia e Newfoundland and Labrador. A taxa se manteve a mesma nas outras cinco províncias. Veja informações detalhadas:

British Columbia:

Na província onde está a cidade de Vancouver foram 19.000 posições a mais de trabalho apenas em fevereiro. Quando consideramos o último ano, a província registrou um número de 85.000 novos empregos o que representa 3,6% a mais. Foi o crescimento mais rápido registrado entre todas as províncias. No mesmo período, a taxa de desemprego caiu em 1.4%, ficando em 5.1%, a mais baixa desde Outubro de 2008. Em Fevereiro deste ano (2017) a província também registrou a taxa de desemprego mais baixa entre todas as províncias.

Saskatchewan:

Em Saskatchewan foram 8.000 novos empregos em Fevereiro, o maior crescimento desde Abril de 2012. Antes disso, a taxa de empregabilidade estava estável desde o ano passado (2016). Também em Fevereiro deste ano a taxa de desemprego na província caiu 0.4% ficando em 6%.

Manitoba:

Em fevereiro foram 3.400 novos empregos em Manitoba. A taxa de desemprego também caiu em 0.3% ficando em 5.8%. É a segunda taxa mais baixa entre as províncias.

Ontario:

Quando consideramos o período desde Julho de 2016, o número de pessoas trabalhando na província de Toronto cresceu em 108.000 novas posições, ou seja, 1.5%. Apenas no mês de Fevereiro, a taxa de desemprego caiu em 0.2% ficando em 6.2%.

Quebec:

Nos últimos 12 meses, foram registrados 83.000 novos empregos em Quebec, representando um aumento de 2% na taxa de empregabilidade. Já a taxa de desemprego registrada em Fevereiro foi de 6.4% – uma queda de 1.1% em relação aos anos anteriores.

Alberta:

O número de empregos na província está estável nos últimos meses. É importante lembrar que a província havia registrado quedas entre o outono de 2015 e o verão de 2016. Quanto à taxa de desemprego, Alberta registrou 0.5% a menos, ficando em 8.3%.

Nova Scotia:

Após um aumento no número de empregos no mês de janeiro, a província registrou 6.800 posições a menos em fevereiro fazendo com que a taxa de desemprego do mês na província chegasse a 8,1%. Porém, quando se leva em consideração os últimos 12 meses, essa mesma taxa sofreu pouca alteração.

Newfoundland and Labrador:

Em Fevereiro, foram 3.800 empregos a menos, o que impulsionou a taxa de desemprego para 14,2%. Portanto, este declínio continuou a tendência descendente na província que teve início em Maio de 2016. No último ano, foram 6.400 empregos a menos, ou seja, -2,8%.

mejores ciudades del mundo para vivir

Vancouver é uma das cinco melhores cidades do mundo para se viver

Poucos dias após o Canadá ter sido escolhido o melhor país em qualidade de vida do mundo pela U.S News, um segundo estudo divulgado na última terça-feira (14/3) pela empresa Mercer afirma que Vancouver está entre as cinco melhores cidades do mundo para se viver. A pesquisa levou em consideração 231 nações de todos os continentes.

Vancouver foi a única cidade canadense a fazer parte da lista top-10, com Toronto e Ottawa chegando em 16° e 18° lugares, respectivamente. A pesquisa levou em consideração os seguintes critérios:

1 – Ambiente político e social: estabilidade política, crime, aplicação da lei.

2 – Ambiente econômico: regulamentos cambiais, serviços bancários.

3 – Ambiente sócio-cultural: disponibilidade de mídia e censura, limitações à liberdade pessoal.

4 – Considerações médicas e de saúde: Materiais e serviços médicos, doenças infecciosas, esgoto, eliminação de resíduos, poluição do ar, etc.

5 – Escolas e educação: padrões e disponibilidade de escolas internacionais.

6 – Serviços públicos e transportes: eletricidade, água, transportes públicos, congestionamento de tráfego, etc.

7 – Lazer: restaurantes, teatros, cinemas, esportes e lazer, etc.

8 – Bens de consumo: disponibilidade de alimentos / itens de consumo diário, carros, etc.

9 – Habitação: aluguel de habitação, eletrodomésticos, mobiliário, serviços de manutenção

10 – Ambiente natural: clima, registro de desastres naturais

Top 10 cidades classificadas para a qualidade de vida:

1 – Viena, Áustria
2 – Zurique, Suíça
3 – Auckland, Nova Zelândia
4 – Munique, Alemanha
5 – Vancouver, Canadá
5 – Dusseldorf, Alemanha
6 – Frankfurt, Alemanha
7 – Genebra, Suíça
8 – Copenhague, Dinamarca
9 – Basileia, Suíça

Veja aqui a matéria: Canadá é o melhor país em qualidade de vida do mundo

Melhor aeroporto da América do Norte

Vancouver também tem o melhor aeroporto da América do Norte. Pelo oitavo ano consecutivo, o Aeroporto Internacional da cidade (YVR) figura na primeira colocação do ranking de acordo com o Skytrax World Airport Awards. O prêmio é considerado referência global em excelência aeroportuária.

YVR é o primeiro e único aeroporto a receber este prêmio por oito anos consecutivos. Ele também está entre os três melhores em relação à serviço de pessoal em aeroportos da América do Norte.

mejor país en calidad de vida del mundo

Canadá é o melhor país em qualidade de vida do mundo

Pelo segundo ano consecutivo, o Canadá é considerado o melhor país do mundo no quesito qualidade de vida. A afirmação é do estudo que acaba de ser divulgado pelo U.S News em parceria com Y&R’s BAV e Wharton, o qual analisou 80 nações e levou em consideração a opinião de mais de 21 mil pessoas ao redor do mundo. No ranking geral, o país norte-americano figura em segundo lugar, ficando atrás apenas da Suíça.

A metodologia por trás das classificações  teve como base um conjunto de 65 atributos relevantes que podem ser usados para descrever um país, sobretudo que contribuem para o sucesso de uma nação moderna. Além da qualidade de vida, o Canadá teve pontuação substancial nas categorias mais significativas do ranking, como cidadania e empreendedorismo, alcançando o quarto e sétimo lugares respectivamente.

Confira as subcategorias que nortearam o estudo das melhores nações do mundo:

Empreendedorismo (17,42%): nação conectada com o resto do mundo, população instruída, empreendedora, inovadora, facilita o acesso ao capital, força de trabalho qualificada, expertise tecnológica e possui negócios transparentes.

Cidadania (16,95%): este item preocupa-se com os direitos humanos, meio ambiente, igualdade de gênero, progressiva, liberdade religiosa, respeita direitos de propriedade, poder político confiável e bem distribuído.

Qualidade de Vida (16,89%): um bom mercado de trabalho, acessível, economicamente estável, familiar, igualdade de renda, politicamente estável, sistema de educação pública seguro e bem desenvolvido e sistema de saúde pública bem definida.

Influência Cultural (12,93%): nações culturalmente significativas em termos de entretenimento, moda, felicidade, tem uma cultura influente, moderna e de prestígio.

Aberto aos negócios (11,99%): custos de fabricação burocráticos e baratos, ambiente fiscal favorável e práticas governamentais transparentes.

Mudança (10,00%): países capazes de superar desafios apesar de instabilidades de forma diferente, distintivo, dinâmica e única.

Poder (7,42%): líder, político e economicamente influente, fortes alianças internacionais e força militar.

Aventura (3.24%): o turismo de aventura é uma parte pequena, porém significativa da indústria, representando hoje em dia mais de 280 milhões de empregos em todo o mundo. A categoria levou em consideração atributos do país que se relacionam à aventura como: amigável, divertido, clima agradável e panorâmico.

Herança (3,17%): nações culturalmente acessíveis, tem rica história, tem boa comida e diversidade em atrações culturais.

 

Actividades para toda la familia en Vancouver

Community centre: atividades para toda a família em Vancouver

Uma das características marcantes de Vancouver é sua beleza natural. É muito fácil encontrar um parque em cada esquina e ali grupos aproveitam os dias para realizarem atividades diversas. Porém, sabemos também que chove muito na cidade, por isso até o apelido carinhoso de “RainCouver” (Rain – chuva, em inglês + Couver, fim da palavra Vancouver). Nestes dias, uma ótima pedida é ir até algum community centre (centro comunitário) e participar das atividades recreativas que acontecem por lá, que muitas vezes são oferecidas gratuitamente ou a um preço bem abaixo do mercado.

Centros comunitários são locais públicos onde os membros de uma comunidade se reunem para atividades em grupo, apoio social, informações públicas e outros propósitos. Lá, você encontra academia, quadras poliesportivas, campos de futebol, pistas de skate, piscinas aquecidas, ringue de patinação, além de aulas como de yoga, teatro, música, artesanato, dança, trabalhos voluntários e creches para a criançada.

Vale destacar que o mais importante destes locais é a possibilidade de interação com pessoas do mundo todo, principalmente se você é recém-chegado ao país e quer treinar o inglês. Em alguns centros há atividades para toda a família, com sessões de filmes e atividades direcionadas a grupos. Vale muito a pena conferir!

Apenas em Vancouver você encontra 26 centros comunitários e todas as atividades podem ser conferidas no site da cidade. Na página você consegue ainda acessar a programação por localidade e categoria, além de saber quantas vagas estão disponíveis para cada atividade.

Há também opções de centros comunitários nas cidades próximas a Vancouver. Dê uma olhadinha nos links abaixo e escolha aquele mais perto de sua casa:

Burnabyhttps://www.burnaby.ca/
North Vancouverhttps://www.nvrc.ca/
Richmondhttp://www.richmond.ca/
New Westminsterhttps://www.newwestcity.ca
Surreyhttp://www.surrey.ca/
Coquitlamhttp://www.coquitlam.ca/
Deltahttp://www.delta.ca/

Como comer bem e barato em Toronto

Vida de estudante intercambista não é fácil, sobretudo quando o assunto é economizar nas despesas do mês. A gente tenta economizar aqui e ali, mas acaba gastando mais do que o necessário, principalmente quando o assunto é a alimentação. O tempo para cozinhar é curto e muitas vezes o que resta é comer na rua, aí entram as opções de fast-food, que são mais baratas, mas nada saudáveis. Pensando nisso, nós resolvemos dar aquela forcinha e mostrar que é possível comer bem e barato na maior cidade do Canadá: Toronto.

Toronto é uma cidade multicultural, então você encontra restaurantes de diversos lugares do mundo. E essa pluralidade de cardápios faz com que surjam muitas promoções (que adoramos!) para chamar mais a atenção das pessoas, principalmente dos turistas. Neste contexto, encontramos também algumas opções bem atraentes, do tipo all you can eat (buffet livre) ou aquelas com pratos bem servidos a um preço bem camarada. Veja abaixo:

El Furniture Warehouse
Local: 410 Bloor St W
Horário: Segunda a sexta, de 11h às 2h.

O El Furniture Warehouse é um restaurante com cara de pub localizado no centro de Toronto no qual todas as opções do cardápio custam apenas CAD $4.95 todos os dias da semana. Isso mesmo, todos os dias! Além de baratos, os pratos são saborosos, elaborados com ingredientes orgânicos e produzidos localmente. Seja na opção de hambúrguer, taco ou poutine, você não vai se arrepender!

Salad King
Local: 340 Yonge Street
Horários: Segunda a quinta, de 11h às 22h; sexta, de 11h às 23h; sábado, de 12h às 23h; e domingo, de 12h às 21h.

Este restaurante de comida tailandesa oferece 20% de desconto para estudantes, basta mostrar uma carteirinha válida. O cardápio é bastante variado com opções de carne branca e vermelha, frutos do mar, sopas, macarrão e sobremesas e o prato mais caro custa CAD $11.50.

Kinka Izakaia
Local: 398 Church Street
Horários: De segunda a domingo – Almoço: 11h30 às 14h e ; Jantar: 17h às 00h

Neste restaurante, a decoração te leva a fazer uma viagem ao Japão enquanto saboreia os pratos do local, que vão muito além do sushi. O interior possui duas áreas de refeições – o bar, com mesas e cadeiras de madeira – e um espaço com tatame e luzes baixas bem aconchegantes, onde você pode sentar no chão para fazer sua refeição. O menu varia de clássicos pratos japoneses às mais modernas ofertas, com preços bem atraentes.

Pour Boy
Local: 583 College Street / 666 Manning Avenue
Horário: De segunda a domingo, de 11h30 às 2h

Com duas unidades em Toronto, o restaurante é bem famoso entre os estudantes e para quem quer comer bem e barato. Começando pelas entradas que variam de CAD $5.50 a CAD $9.50 e oferecem opções diversas como batata frita, tortillas, frutos do mar servidos com molhos, entre outros. Para os pratos principais, o leque de opções abrange saladas a CAD $6.50, sanduíches (brunch) a CAD $7.75, sopas, que podem ser encontradas a CAD $5.50, massas e grelhados a CAD $9. Clique aqui para ter acesso ao cardápio da Mannin Avenue e aqui para saber das novidades do College Street.

Mandarin
Local: 2200 Yonge Street (próximo à estação de metro da Eglinton).
Horários: Segunda, de 11h30 às 15h e 16h30 às 21h30; terça e quarta, de 11h30 às 15h e 16h30 às 21h30; quinta, de 11h30 às 15h e 16h30 às 22h30; sábado, de 11h30 às 15h e 16h30 às 22h30; e domingo, de 11h30 às 15h e 16h30 às 21h30.

Este all-you-can-eat (você paga uma vez e come à vontade) de comida chinesa em Toronto é muito famoso entre os intercambistas, pois oferece uma grande variedade de comida a um preço bem acessível. Você pode se deliciar entre saladas, sopas, grelhados, sushi, pizza, além das sobremesas (que são muitas!). De segunda a sexta, o almoço custa CAD $16.99 por pessoa e o jantar CAD $21.99. Nos fins de semana e feriados, custa CAD $24.99 durante o almoço e CAD $31.99 no jantar. Há descontos para crianças de até 12 anos e pessoas com mais de 65 anos. Vale lembrar de acrescentar a taxa de serviço + gorjeta. Bebidas não estão inclusas no pacote.

The Real jerk
Local: 842 Gerrard St E / 1004 Kingston Rd
Horários: Gerrard – De segunda a quarta, de 11h30 às 23h; quinta, de 11h30 às 00h; sexta, de 11h3 às 1h; sábado, de 12h às 1h; e domingo, de 14h às 22h.
Kingston – Segunda, de 16h às 22h; terça e quarta, de 11h30 às 23h; quinta, de 11h30 às 23h; sexta, de 11h30 às 00h; sábado, de 13h às 00h; e domingo, de 13h às 21h.

O local ganhou atenção internacional quando a cantora Rihanna escolheu o este restaurante caribenho para gravar o clipe da música “Work” com o rapper Drake no local, no início de 2016. O restaurante é um ponto histórico, com mais de 30 anos de tradição, o que ratifica a qualidade dos produtos oferecidos. Com um clima bem irreverente em uma “great vibe”, você pode se deliciar com diversas opções de pratos caribenhos a preços bem bacanas. Para você ter ideia, o prato mais caro custa CAD $23. Clique aqui para conferir o cardápio da Gerrard e aqui para se deliciar nas opções da Kingston (beaches).

Morando no Canadá? Veja como solicitar o saque do FGTS

Um dos assuntos que estão movimentando as comunidades de brasileiros que moram no exterior é a possibilidade de resgatar o dinheiro das contas inativas do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) mesmo à distância.

No entanto a notícia, divulgada pelo Governo Brasileiro no último dia 14 de fevereiro, ainda carrega uma série de dúvidas e nós, da 3RA Intercâmbio, preparamos um textinho para te ajudar a sanar estes questionamentos.

Todos os brasileiros registrados e que pediram demissão ou foram mandados embora por justa causa até o dia 31 de dezembro de 2015, possuem um saldo em conta inativa do FGTS, pois não tiveram tiveram o direito de resgate na época e agora podem solicitá-lo. Este dinheiro poderá ser sacado a partir do dia 10 de março seguindo algumas regrinhas baseadas em seu mês de nascimento:

-Trabalhadores nascidos em janeiro e fevereiro sacam a partir do dia 10/03/2017
-Trabalhadores nascidos em março, abril e maio a partir do dia 10/04/2017
-Trabalhadores nascidos em junho, junho e agosto a partir do dia 12/05/2017
-Trabalhadores nascidos em setembro, outubro e novembro a partir do dia 16/06/2017
-Trabalhadores nascidos em dezembro a partir do dia 14/07/017

Para confirmar os valores, basta acessar a página especial dentro site oficial da Caixa Econômica Federal ou pelo telefone 0800 726 2017. O interessado pode ainda acessar as informações pelo aplicativo da Caixa, mas nesse caso aparecem também as contas ativas do FGTS.

Como solicitar o resgate estando fora do Brasil
Se você mora no Canadá ou em qualquer outro lugar do mundo, fique atento! As regras são diferentes para quem tem conta na Caixa e quem não é correntista do banco.

O trabalhador que estiver no exterior e possuir uma conta corrente ou poupança na Caixa pode optar por receber o dinheiro diretamente por transferência automática, sem precisar ir ao consulado.

Se você não é correntista da Caixa, você precisará obter o formulário de “Solicitação de Saque do FGTS”, disponível pelo site da Caixa, levá-lo até consulado do governo brasileiro no país onde está e apresentar o documento devidamente preenchido, além da documentação (original e cópia) que comprove o direito à movimentação da conta vinculada.

Este documento de solicitação deverá ser devidamente assinado na frente de um oficial do Consulado. O valor será depositado em uma conta bancária que esteja no nome da pessoa que tem o direito do resgate. No caso de não ter conta bancária no Brasil,o trabalhador pode indicar a conta de alguém de confiança.

De acordo com a assessoria de imprensa da Caixa, procurações não serão aceitas para realização de saques do FGTS inativo. Logo, quem mora fora do Brasil deve seguir as instruções detalhadas acima. A previsão é que o recurso seja liberado em até 15 dias úteis após a entrega da documentação, além de atendimento de todas as condições exigidas pelo banco para a para movimentação da conta vinculada ao FGTS.

O governo prevê que, a partir de março, mais de 30 milhões de trabalhadores terão direito a retirar o dinheiro. São mais de R$ 43 bilhões parados nessas contas e o governo calcula que, desse total, R$ 34 bilhões serão sacados por trabalhadores até 31 de julho. Não há limite de valor para o saque e todas as demais informações podem ser obtidas clicando aqui.

Fontes: G1, Grupo Folha, Caixa Econômica Federal e FGTS.gov

3RA Intercâmbio e Immi Canada são destaque no Jornal do Brasil

Nesta sexta-feira, dia 17 de Fevereiro, a 3RA Intercâmbio e a Immi Canada foram destaques em uma reportagem do Jornal do Brasil.

A matéria, que abordou o aumento da procura pelo Canadá por conta das medidas do presidente americano Donald Trump, destacou a qualidade dos serviços públicos do país, como segurança, educação e saúde, e também a boa receptividade em relação aos imigrantes.

Ficou interessado? Então clique aqui e leia a reportagem completa.

 

Canadá en verano

As vantagens de conhecer o Canadá no verão

Uma das estações mais apreciadas pelos turistas no Canadá, o verão (entre junho e setembro) chama a atenção também pelas temperaturas mais amenas e os dias mais longos, com sol raiando de 4 da manhã até às 10 da noite. Nesta época, as cidades literalmente mudam. As pessoas ficam mais alegres e costumam realizar atividades ao ar livre, o que é mais difícil no inverno, quando as temperaturas podem atingir 30 graus negativos. Bares e restaurantes fecham mais tarde, garantindo a diversão dos que passam por aqui durante todo o dia!

É uma das épocas que os turistas podem economizar bastante nas compras também. Em agosto, geralmente as lojas fazem diversas promoções de fim de estação, o que possibilita comprar vestuário de verão a preços bem atraentes. As coleções para o inverno também começam a surgir.

As maiores cidades como Vancouver, Toronto e Montreal contam com diversos festivais e atividades culturais. No dia 1° de julho, por exemplo, é comemorado o Canada Day, quando são realizados diversos eventos gratuitos durante o dia inteiro, com desfiles e shows ao ar livre. É a maior comemoração dos canadenses, e por onde você passar vai perceber que todos estão no mesmo clima de festa e descontração.

Em Toronto, vale conhecer o Distillery District, uma vila de pedestres antiga e repleta de arte em forma de bares, restaurantes, teatros e cafés. Muitos eventos só acontecem durante o verão, por isso vale muito a pena colocar este destino em sua agenda. Um dos episódios de Masterchef Canada foi gravado no local, além de vários filmes de Hollywood. Sem dúvida, um lugar muito charmoso que você vai adorar.

Uma ótima pedida é conhecer as belezas naturais. Por ser uma cidade litorânea, Vancouver oferece um dos climas mais amenos do Canadá e é lá também que há uma imensidade de parques. Um dos exemplos é o belíssimo Stanley Park, que conta com mais de quatro quilômetros de área verde, espaços para andar de bicicleta, acampar e fazer aquele churrasquinho que tanto amamos. Uma outra opção é o Queen Elizabeth Park, que encanta pela formosura de sua área. Com pouco mais de um quilômetro de extensão, o parque oferece vistas maravilhosas e diversas atrações turísticas.

Bem pertinho do centro da cidade de Vancouver, Deep Cove está localizado num vale de montanhas rodeado pelo mar. Apesar de ser um braço oceânico, suas águas calmas fazem com que Deep Cove mais pareça um lago e, por conta disso, o local é conhecido pelos passeios de caiaque e stand up paddle board, aquele tipo de prancha que você rema de pé. Bem na parte comercial existe uma loja, onde é possível alugar os equipamentos para a prática desses esportes aquáticos. Não perca a oportunidade também de fazer a trilha, que tem fácil acesso e dura aproximadamente uma hora para subir e 45 minutos para descer. Você não vai se arrepender, a beleza lá de cima é de cair o queixo. E no fim do passeio, você pode dar aquele mergulho para se refrescar no lago.

Falando em lago, não deixe de visitar a área de recreação do Lago Buntzen, localizada ao norte do vilarejo de Anmore e a 45 minutos de carro do leste de Vancouver. É um paraíso para você e sua família se refrescarem e fugirem um pouco do calor do verão. O local conta ainda com espaço para recreação de adultos e crianças, trilhas para os mais aventureiros, e uma área exclusiva que você pode deixar seu cachorro brincando solto.

Sabia que os canadenses adoram praia também? Por isso quando chega o verão, este é um dos destinos preferidos, além das piscinas naturais. Confira aqui uma matéria exclusiva que fizemos sobre este tema.

Aproveite o verão e as atrações que o Canadá oferece. Bom passeio!