Oportunidades na área de negócios em Vancouver

A área de negócios em Vancouver está em alta, com muita demanda de profissionais qualificados e com oportunidades em diversos segmentos. Com a pandemia, ficou mais evidente que o Canadá precisa muito de profissionais qualificados para trabalhar nas mais diversas áreas, e não faltam oportunidades para quem tem formação em business. Essa pode ser a sua oportunidade!

 

🍁 A força da economia da província de British Columbia 

 

A província de British Columbia, durante muito tempo, teve como base de sua economia a extração de recursos naturais como mineração, madeira, gás natural e agricultura. Porém este cenário vem mudando e atualmente o setor de serviços e negócios tem grande atuação na economia da província.

 

Vancouver vem se tornando um grande centro de desenvolvimento de tecnologias, com forte crescimento nas áreas de desenvolvimento de softwares, videogames, estúdios de animação e biotecnologia. A indústria do cinema e da televisão também são grandes potências na cidade, com diversas produções acontecendo frequentemente.

 

Alguns setores também recebem investimentos governamentais para seu desenvolvimento, como as áreas de saúde, tecnologias sustentáveis, mídias digitais e serviços de alta tecnologia. Todas estas áreas estão em crescimento e oferecem muitas oportunidades para quem tem algum nível de formação em business e marketing management. 

 

Quer estudar Business & Marketing no Canadá? Fale com um de nossos consultores!

 

🍁Média salarial de um profissional da área em Vancouver.

 

Existem diversos níveis de carreiras e áreas de atuação dentro do setor de business, consequentemente as remunerações também variam. Reunimos aqui três níveis de atuação e suas médias salariais para ilustrar o mercado de negócios em Vancouver:

 

| Business development officers and marketing researchers and consultants

Média salarial: $77.000 anual

Valor médio por hora: $36,92

Valor alto por hora: $66,67

 

| Professional occupations in business management consulting

Média salarial: $75.207 anual

Valor médio por hora: $36,06

Valor alto por hora: $56,25

 

| Senior managers – financial, communications and other business services

Média salarial: $133.687 anual

Valor médio por hora: $64,10

Valor alto por hora: $96,15

 

Para saber mais informações sobre salários e oportunidades de carreira em British Columbia, clique aqui 

 

🍁Possibilidades de trabalho na área de negócios durante os estudos em Vancouver.

 

Para os estudantes internacionais dos programas de Business & Marketing Management é possível trabalhar até 20 horas semanais durante o curso* e o que não falta são oportunidades na área de negócios em Vancouver, por ser uma carreira multifacetada é possivel encontrar empregos nas mais variadas áreas de atuação.

*válido para cursos full-time em instituições reconhecidas pelo governo canadense.

 

Conversamos com o Rodrigo da UCW sobre a força da área de negócios em Vancouver! Assista clicando aqui

Blog_Preparatorio_IELTS

Por que fazer um preparatório para o IELTS?

Muitas pessoas, na hora de se planejarem para vir pro Canadá se deparam com a exigência do IELTS para ingressar em um College, por isso estamos aqui para te explicar o que é e por que fazer um preparatório para o IELTS.

 

O QUE É O IELTS?

O IELTS (International English Language Test System) é uma prova de proficiência na língua inglesa internacionalmente reconhecida e organizada pela British Council, pela Cambridge English Language Assessment e pelo IDP Australia. No Canadá, ela é solicitada como uma prova de nível de inglês, necessária para estudantes estrangeiros em diversas instituições e também para a obtenção do visto Canadense.

A prova se divide em dois módulos – Módulo Acadêmico e Módulo Geral – e a escolha do módulo depende do seu planejamento. O Módulo Acadêmico (IELTS Academic) é reconhecido por universidades no mundo todo e exigido para aqueles que buscam fazer um curso de graduação ou pós-graduação no exterior. Já o Módulo Geral (IELTS General), serve para a obtenção de vistos e também pode ser requerido para poder trabalhar em diversos países.

Independente do módulo que escolher, a prova segue uma estrutura similar de aplicação:

  • 45 minutos para compreensão oral (listening);
  • 60 minutos para leitura (reading);
  • 60 minutos para escrita (writing);
  • 15 minutos para conversação (speaking).

A princípio, ambos os módulos são bastante parecidos. A diferença entre eles é que o IELTS Academic é mais detalhado e intenso do que o IELTS General, que possui temas mais cotidianos que o acadêmico.

A pontuação do IELTS vai de 0 a 9, que determinam seu nível de inglês. A maioria dos colleges no Canadá possuem uma nota de corte entre 6 – 6,5 para aceitação. Já para a imigração a nota é bem maior, acima de 8 pontos.

 

Pensando em estudar no Canadá? Leia mais sobre como a 3RA pode te ajudar a realizar este sonho!

 

POR QUE FAZER UM PREPARATÓRIO PARA O IELTS?

Sendo assim, a vantagem do IELTS quando o assunto é Canadá é que ele permite que você tenha um plano A e um plano B. Sempre sugerimos que você invista seu tempo, dinheiro e energia na preparação para o exame, para que o processo seja mais simples e você possa obter uma nota maior na avaliação!

Além disso, saber como funciona o teste, conhecer a abordagem e estudar para a avaliação, te permite ter mais segurança e mais confiança na hora da prova.

 

Consideramos que este seja o segredo na hora de se planejar:

Saber como funciona a prova é tão importante quanto dominar o idioma.

 

ONDE SE PREPARAR PARA O IELTS?

Em Vancouver, conte com a VGC para te ajudar a se preparar para o IELTS! Seu programa preparatório é um dos mais procurados do Canadá, sendo uma das instituições com os maiores números de casos de sucesso no exame.

Além disso, a VGC é um IELTS Test Center. Isso quer dizer que você faz a prova no mesmo ambiente em que você estuda durante o programa preparatório! Com isso, você já se familiariza com toda a dinâmica do exame desde o início, trazendo mais confiança na hora da avaliação!

 

Conversamos com a Mariana Mello da VGC College sobre a importância de se preparar para o IELTS. Assista a live completa no youtube clicando aqui.

 

Quer estudar e imigrar para o Canadá? Fale com a gente!

Programa com PGWP em Quebec

Você sabia que é possível entrar em um programa com PGWP em Quebec?

 

O PGWP (Post-graduation Work Permit) é um visto de trabalho concedido em alguns programas para estudantes no Canadá. Na maioria das províncias o benefício é concedido somente em instituições públicas. Caso escolha a província de Quebec para realizar o seu curso, aí vem a boa notícia: Algumas instituições particulares concedem o PGWP.

 

Instituições particulares costumam ser mais flexíveis não apenas em valores, mas também em todo o seu conteúdo programático. Bem como, a nota de entrada de inglês. Para se ter uma ideia, uma nota de 5.0 no IELTS já garante a sua vaga. Já em uma instituição de ensino pública, a nota de entrada varia de 6.0 a 6.5.

 

Preciso ter Francês para conseguir emprego em Quebec?

 

Não necessariamente. A província de Quebec é imensa, seu centro comercial abriga várias empresas com forte atuação no mercado da área de tecnologia. Agora, caso você decida procurar outras oportunidades, seja em Quebec ou em Montreal, ter o francês como língua é o diferencial.

 

Pintou alguma dúvida? Quer saber mais sobre essa oportunidade?

Fale com a gente, vamos começar a planejar seus estudos no Canadá,agora mesmo.

Estudo e imigração para o Canadá

Atualmente, muitos brasileiros que chegam ao Canadá para estudar acabam se apaixonando pelo país e decidem tentar um processo de residência permanente. E, neste momento, surge aquela dúvida: Os meus estudos no Canadá podem me ajudar de alguma forma a continuar no país de maneira definitiva? A resposta é sim. Veja mais no texto abaixo: 

Alguns cursos do Canadá oferecem a possibilidade de obter uma permissão de trabalho após a graduação. Essa permissão é conhecida como Post Graduation Work Permit, o famoso PGWP. Nós  já abordamos esse assunto em vários outros textos aqui no blog. No entanto, agora decidimos voltar a falar dele para explicar como e porque ele pode ser um forte aliado de quem deseja fazer do Canadá o seu lar definitivo.

Além disso, o estudo pode colaborar para uma imigração futura de outras formas. Muitos cursos oferecem uma pontuação extra no processo federal, o Express Entry. Este programa tem como foco principal trabalhadores qualificados. 

Outra vantagem é que alguns cursos também dão direito a uma permissão de trabalho sem restrição de horas para o cônjuge. Essa permissão é válida a partir do primeiro dia de aula do estudante de College. Isso também pode ajudar o casal a se qualificar mais rápido para um dos processos de imigração disponíveis. 

Quer entender melhor como essas permissões de trabalho adquiridas através do estudo podem ajudar você a imigrar para o Canadá? É só continuar a ler esse texto. ;)

Vamos começar falando um pouco sobre o PGWP:

Como funciona o PGWP?

Resumidamente, o PGWP vai te dar a oportunidade de permanecer por mais um período trabalhando em terras canadenses logo após a sua formatura no Canadá. A validade desta permissão vai variar de acordo com o tempo de seu programa de estudos. Ela pode ser de oito meses a até três anos. Veja abaixo como funciona a duração do PGWP:

  • Se você concluiu um curso de oito meses de duração, você poderá ser elegível para oito meses de permissão de trabalho.
  • Se você concluiu um curso de 12 meses de duração, você poderá ser elegível para uma permissão de trabalho de um ano.
  • Se você concluiu um curso de dois anos ou mais de duração, você poderá ser elegível para um open work permit de até três anos.  

Como já falamos em outros textos aqui do blog, é importante lembrar que nem todas as escolas e cursos oferecem a possibilidade de aplicar para o PGWP após a graduação. Cursos de inglês e vocacionais, por exemplo, não oferecem esse direito. No site oficial da imigração canadense é possível verificar todos os critérios de elegibilidade do PGWP.

No entanto, em suma, os cursos que te tornam elegível ao PGWP são os seguintes:

  • Programas full-time com duração mínima de oito meses em instituições públicas.
  • Programas full-time de degree em instituições particulares (Exemplo: Bachelor Degree e Masters Degree)

Lembramos também que o governo divulgou recentemente a lista das instituições que dão direito ao PGWP. Apenas tenha em mente que o “Yes” estampado na coluna “Offers PGWP” não é garantia que o programa escolhido por você vai te tornar elegível. É preciso ficar atento não só à escola escolhida, mas também às características de cada programa. Por exemplo: Vamos supor que você faça um programa de seis meses em uma das instituições apontadas nesta lista. Ainda que esteja marcando “Sim” para o PGWP, um programa de apenas seis meses não te dará direito a aplicar para essa permissão de trabalho. Entendido?

Como o estudo e/ou PGWP podem te ajudar a se qualificar para imigrar para o Canadá?

É muito importante ressaltar que estudar no Canadá não vai garantir a sua residência permanente. Muitas pessoas acreditam que, ao concluírem um curso no país e aplicarem para o PGWP, receberão a residência automaticamente. Isto não é verdade! Durante o período do seu curso e do PGWP você é considerado um residente temporário. Você só se tornará um residente permanente após ser aprovado em um dos processos de imigração do Canadá. 

Como já falamos na abertura desse texto, o que acontece, na verdade, é que a conclusão de um curso no país pode te ajudar (e muito!) a se qualificar melhor para um desses programas de imigração e, consequentemente, a imigrar para o Canadá definitivamente. Por exemplo: você poderá ganhar pontos extras no processo federal, o Express Entry, logo após a sua formatura. 

Veja apenas alguns exemplos abaixo:

  • São concedidos 15 pontos para aqueles que concluírem um programa pós-secundário de um ou dois anos de duração;
  • São concedidos 30 pontos para quem concluir um programa pós-secundário de três anos ou mais; ou tiver uma credencial elegível de um master’s degree ou doutorado.

Além disso, ao se formar em uma instituição canadense e que dê direito ao PGWP, as suas chances de conseguir um emprego qualificado aumentam e isso também pode te ajudar a somar pontos nos processos de imigração.

Por exemplo: Ao completar um ano de trabalho remunerado full-time (mínimo de 30 horas semanais, 1.560 horas anuais) no país dentro dos NOCs (National Occupational Classification) 0, A ou B,  você poderá se tornar elegível ao Canadian Experience Class, uma das vertentes do Express Entry.  Além disso, somará mais pontos por conta dessa experiência canadense.  

Caso você só consiga um trabalho part-time, você precisará provar o equivalente a um ano full-time, ou seja, as mesmas 1.560 horas (Você pode comprovar que trabalhou 15 horas semanais por 24 meses, por exemplo). Lembramos que a experiência profissional acumulada enquanto você estiver com visto de estudante não entram nessa conta e, por isso, o PGWP é tão importante. Com esta permissão aberta de trabalho você poderá começar a contar esse tempo de experiência canadense.

É importante destacar ainda que apenas o fato de somar um ano de experiência de trabalho qualificada no Canadá também não garante a sua residência permanente, mas sim, mais pontos para o processo de imigração. O convite para a residência permanente dependerá da nota de corte. Caso você tenha uma pontuação igual ou superior ao estabelecido, você receberá o ITA (Invitation to Apply) e poderá submeter a documentação para a análise do oficial de imigração.

Obs.: Se você ficou confuso com o termo “National Occupational Classification” (NOC) citado acima, calma que a gente explica! O NOC é um sistema que descreve e classifica as profissões no Canadá. Normalmente:

  • Os NOCs 0 são referentes às funções de gerenciamento;
  • Os NOCs A à ocupações de nível profissional;
  • Os NOCs B à trabalhos técnicos; 

Você pode consultar qual o NOC da sua profissão no site da imigração canadense. Basta digitar o nome de sua função em inglês e observar o código que aparece na coluna “Skill level or type”.

Imigrar para o Canadá: Visto de trabalho aberto para o cônjuge

Para os que estão embarcando junto com o cônjuge, o estudo pode te ajudar a imigrar de outras formas.

Ao escolher uma instituição e um programa que irão lhe garantir o direito de aplicar ao PGWP, o seu cônjuge também terá direito à permissão de trabalho sem restrição de horas pelo mesmo tempo de duração de seu programa de estudos.

Com o work permit em mãos desde o seu primeiro dia de aula, o seu cônjuge poderá batalhar pela imigração de vocês logo de início. Desta forma, não será preciso esperar os pontos extras adquiridos com a sua experiência de trabalho durante o PGWP.

A situação é a mesma citada no tópico anterior. Ao completar um ano de trabalho remunerado full-time (1560 horas) nos NOCs 0, A ou B, o seu cônjuge poderá se classificar para o Canadian Experience Class. Como consequência, ele irá garantir mais pontos no Express Entry. Sendo assim, a imigração de vocês poderá chegar antes mesmo da sua formatura.

Porém, assim como no caso anterior, a experiência canadense não garante a residência permanente.  Este tempo de trabalho irá somar mais pontos no processo. Isso poderá tornar o cenário bem mais favorável para vocês. A elegibilidade e a pontuação no processo vão depender também de uma série de outros fatores. Alguns exemplos são: escolaridade, idade, experiência de trabalho, entre outros.

Também é importante destacar que, caso vocês não consigam imigrar para o Canadá antes de sua graduação, é preciso ficar atento a alguns detalhes. Você só poderá estender o visto de trabalho do seu cônjuge junto com o seu Post Graduation Work Permit (PGWP) caso você tenha uma oferta full-time dentro dos NOCs 0, A ou B.  Caso você não tenha esse contrato de trabalho no momento da aplicação do PGWP, o seu cônjuge deverá estender o visto como turista ou estudante. Porém, assim que você conseguir o trabalho, você poderá aplicar novamente para a permissão de trabalho de seu acompanhante.

Formas de imigrar para o Canadá: Processos provinciais

É sempre bom lembrar que o programa federal de imigração – Express Entry – não é a única opção disponível. Há também outras formas de imigrar para o Canadá. Uma outra alternativa são os programas provinciais.

A província de British Columbia, por exemplo, conta com o BC Provincial Nominee Program (BC PNP) no qual uma das categorias – a International Graduate – é focada em estudantes internacionais que concluíram programas de estudo no Canadá.

Para ser elegível, o estudante precisa seguir uma série de critérios. Veja apenas alguns:

  • Ter aceitado uma oferta de trabalho full-time e por tempo indeterminado de um empregador da província de British Columbia. Esse trabalho precisa estar dentro de um dos NOCs 0, A ou B.
  • Poder exercer legalmente a ocupação na provincia de British Columbia.
  • Ter condições de se manter e manter financeiramente os seus dependentes no Canadá.
  • Ter status legal no Canadá.
  • Ter completado um programa de degree, diploma ou certificado em uma instituição pós-secundária nos últimos três anos. A instituição precisa ser considerada elegível pelo governo canadense.
  • Provar proficiência no idioma de acordo com o exigido pelo programa e categoria.
  • Entre outros;

Lembramos que a 3RA Intercâmbio é uma empresa especializada em educação no Canadá. Este texto trata de processos imigratórios de uma maneira geral. Cada caso é diferente e, por isso, recomendamos que você procure a Immi Canada. A immi é nossa empresa parceira e especialista em vistos e imigração no país. Eles poderão fazer uma análise de seu perfil e indicar o melhor caminho para você, já que existem vários disponíveis atualmente. Email de contato: [email protected]

Depoimento: Imigrar para o Canadá antes mesmo do PGWP

Imigrar para o CanadaRafaela Borges é cliente e funcionária da 3RA Intercâmbio. Ela iniciou seus estudos no British Columbia Institute of Technology (BCIT) em Setembro de 2016 no programa de Marketing Management. A graduação estava prevista para Março de 2018.

Em Novembro de 2016, o marido, Diego Mendes, conseguiu um emprego em sua área de atuação – Edição de vídeo. Após somar um ano de trabalho no país, o casal se qualificou para o Express Entry através do Canadian Experience Class. Com isso, eles garantiram a residência permanente antes mesmo da emissão do Post Graduation Work Permit (PGWP).

“Quando procurei a 3RA estava buscando por um programa que me desse a possibilidade de três anos de PGWP. Não tinha certeza se queria ficar no Canadá para sempre, mas pensei: Quanto mais tempo, melhor. Acabou que imigramos antes mesmo do PGWP ser emitido, bem perto da data da cerimônia da minha graduação. Foi uma surpresa boa e um grande presente”, disse.

Para Rafaela, a possibilidade de o marido poder trabalhar full-time desde o primeiro dia de aulas dela fez toda a diferença.

“Sem dúvidas, com uma permissão de trabalho sem restrição de horas fica mais fácil conseguir um emprego. Os empregadores preferem contratar quem já está no país e com permissão para trabalhar full-time. A experiência canadense do Diego elevou bastante nossos pontos no Express Entry. Fomos chamados logo no primeiro draw após ativarmos o perfil. Se eu não tivesse estudando, o Diego não teria a possibilidade de trabalhar full-time. Com isso, não teríamos como conseguir esses pontos extras, o que facilitou bastante o processo para a gente”, finalizou.

Todas as informações deste texto foram revisadas com a contribuição da Immi Canada, empresa especialista em vistos e imigração, que conta com consultores credenciados ao ICCRC (Immigration Consultants of Canada Regulatory Council). 

Novidade exclusiva para estudantes que já estão no Canadá

Hey, você já está no Canadá e tem planos de ficar mais tempo por essas bandas de cá?! Então, você está no lugar certo, temos uma novidade exclusiva para quem já está estudando no país! Que tal investir em novos estudos? E se você pudesse pagar de forma parcelada?

Seja para evoluir na sua carreira ou para regularizar a sua situação no país, temos cursos com preços incríveis que podem ser iniciados agora em novembro ou até o final de 2021.

A 3RA é uma empresa canadense gerida por brasileiros, portanto, sabemos dos anseios do público brasileiro e do que mais sentem falta. Saudades de uma compra parcelada né meu filho (a)? Pois então, eis a nossa grande novidade! A partir deste mês, com a 3RA você poderá começar a pagar seus estudos no Canadá de forma parcelada, em até 12 meses.  

Nós entendemos que as escolas no Canadá trabalham com pagamentos semestrais, trata-se apenas de uma cultura diferente da nossa! Mas vamos ser sinceros? Preferimos muito mais o nosso jeitinho brasileiro de parcelar as contas, não é mesmo? 

Consultoria gratuita

Pensamos nessa possibilidade do parcelamento mensal como uma forma de te ajudar a organizar o lado financeiro, pois sabemos o quanto isso é desafiador, principalmente quando se mora em outro país. Mas queremos que você saiba ainda que podemos te ajudar a se organizar ainda mais! O trabalho de consultoria da 3RA é gratuito, podemos te dar suporte na pesquisa das escolas e cursos em diferentes regiões do país, sempre levando em conta o seu histórico profissional e acadêmico, bem como os seus objetivos pessoais aqui no Canadá.

O auxílio de profissionais qualificados durante a aquisição do seu curso e o nosso suporte local vão te trazer mais segurança ao longo desse processo de renovação dos seus planos no Canadá. Em um período tão conturbado como esse em que estamos vivemos por conta da pandemia, nada melhor do que a tranquilidade e a segurança de saber que pode contar com quem entende do assunto.

Não perca tempo, quer permanecer no Canadá? Entre em contato com um dos consultores da 3RA aqui e comece um novo capítulo da sua história em terras canadenses.

Melhores oportunidades de emprego e salário em Toronto? Faça um MBA.

Toronto está entre as cidades mais procuradas para intercâmbio e imigração. Com uma população de 2,8 milhões de habitantes, a cidade se consolida cada vez mais com um mercado de trabalho que atrai talentos de todo o mundo.

Em termos de salário, o salário médio para graduados em MBA é de $82.000 por ano, e pode chegar além de $130.000 para cargos executivos.

Além de um salário mais alto, a obtenção de um MBA cria oportunidades como: obter experiência no setor de seu interesse, fazer conexões inestimáveis por meio de networking e aperfeiçoar suas habilidades de negócios de primeira linha.

Claro, encontrar a Universidade certa é fundamental. Na 3ra você recebe todas as informações necessárias e suporte para que você escolha a melhor Universidade. Durante todo o seu processo de intercâmbio a 3ra te acompanha e assessora para que essa seja uma experiência de sucesso.

E para aqueles que já estão fazendo intercâmbio em Toronto, uma ótima notícia é que a maior turnê de MBA do mundo está chegando a Toronto.

No dia 22 de setembro, a QS World MBA Tour, acontece no Metro Toronto Convention Center, 255 Front Street West, North Building. O evento começa as 13h30 e vai ate às 18h.

Este evento responderá a todas as suas perguntas relacionadas ao MBA através de apresentações, oportunidades de networking e interações valiosas com recrutadores de mais de 45 escolas de negócios.

Além disso, você também receberá gratuitamente o seguinte: um Headshot profissional para você usar no seu perfil do LinkedIn, seu currículo revisado, acesso a um conjunto de bolsas no valor de $7 milhões e muito mais.

Tudo isso é gratuito para os participantes, então inscreva-se hoje! https://bit.ly/2lWSdrn

Vancouver classificada como uma das melhores cidades estudantis do mundo

Escolher o local certo para viver como estudante pode ser tão estressante quanto estudar para o vestibular, ainda mais se for em outro país.

Para te ajudar nessa escolha, a QS, empresa internacional no ramo de educação acaba de lançar sua lista das principais cidades estudantis e Vancouver é uma das principais escolhas. Segundo a QS, Vancouver está na posição 16 numa lista de 120 cidades ao redor do mundo.

O QS classificou as cidades com base no número e no desempenho de suas universidades, na quantidade de empregadores que estão contratando ativamente, na acessibilidade, na conveniência, na qualidade de vida e na diversidade do corpo estudantil.

O feedback de mais de 87.000 estudantes internacionais foi levado em conta nos resultados.

Você pode encontrar o ranking completo de cidades em: https://www.topuniversities.com/city-rankings/2019

trabalhar e estudar no canadá

Trabalhar e Estudar no Canadá: a importância de seguir as regras do país

Recentemente, o site Global News abordou a importância de seguir as regras sobre  trabalhar e estudar no Canadá. O website destacou que um estudante de um college público da província de Ontário burlou as normas do país, pois estava trabalhando full-time durante o período dos estudos. A imigração canadense, então, ordenou que ele fosse deportado ao seu país de origem no último dia 15 de junho. 

Nós sabemos que, no Canadá, estudantes podem trabalhar apenas 20 horas por semana, se estiverem em um programa que dê este direito. Porém, existem pessoas que, para bancarem o alto preço do custo de vida do país e das mensalidades de seus estudos, trabalham mais do que o é permitido por lei. Mas isso é errado! O aluno pode trabalhar em período integral apenas nas pausas programadas ou nas férias do college. 

 Trabalhar e Estudar no Canadá: Entenda a matéria do Global News 

 Jobandeep Sandhu, natural da Índia, trabalhava como motorista de caminhão e foi abordado por policiais federais em uma ação rotineira. O estudante de 22 anos disse que chegava a trabalhar quase 50 horas semanais para assim poder pagar seus estudos e ajudar um irmão com as despesas pessoais. Ele era aluno de Engenharia Mecânica na cidade de Mississauga. E mais, se formaria em apenas 10 dias do momento em que foi descoberto pelas autoridades. 

Trabalhar e estudar no Canadá: regras para estudantes internacionais 

Quando você chega no Canadá como estudante de um programa que lhe permite trabalhar por 20 horas semanais, o governo entende que seu foco são os estudos. Na situação mencionada na reportagem do Global News, um porta-voz da Agência de Serviços de Fronteira do Canadá (CBSA) disse que o estudante cometeu algo “inadmissível” no Canadá ao “violar os termos de uma permissão de estudo”. 

Por isso, é muito importante o estudante internacional se atentar às regras do país. Principalmente se vier em família, pois caso aconteça algo, isso pode influenciar no projeto de todos os membros. 

Caso você tenha alguma dúvida sobre seu visto, entre em contato com a Immi Canada. A empresa é responsável e especialista em vistos e imigração para o Canadá. Veja algumas regras e permissões para estudar no país. 

Trabalhar e estudar no Canadá: o que pode e o que não pode fazer

Existem muitas opções para quem deseja estudar e trabalhar no Canadá. O que muita gente não se atenta é que, para poder trabalhar enquanto estuda, o aplicante deve estar inscrito em um programa de carreira ou um curso de desenvolvimento profissional em um college ou universidade. Além disso, o programa escolhido deve obedecer a alguns critérios estabelecidos pelas Leis do Governo Canadense. 

Uma questão que muita gente não sabe é que estudantes de idioma não podem trabalhar no Canadá! Antes de junho de 2014 quem estudava inglês ou francês no país podia pedir um visto de trabalho. Essa permissão dava ao aluno o direito de trabalhar a mesma quantidade de horas que ele havia estudado depois que o curso de idiomas terminasse. Porém, no dia 1º de junho de 2014 essa lei canadense mudou.

 Os consultores educacionais da 3RA são especializados em programas de estudo no país e poderão te auxiliar em seu planejamento. Além disso, poderão te passar algumas dicas para que sua experiência no Canadá seja a mais proveitosa possível. Entre em contato com a 3RA Intercâmbio . 

Primeiro passo: escolher o programa de estudos 

Como falamos anteriormente, para que o aluno possa trabalhar no Canadá ele precisa estar matriculado em um programa full-time, com duração mínima de oito meses, ou em uma faculdade privada em um curso de degree.  Existem dois tipos de instituições: os colleges e as universidades. 

O college é mais voltado ao mercado de trabalho, em áreas de alta demanda e empregabilidade. São programas de diploma e certificado que possuem o foco na área prática. Já as universidades oferecem bacharelados, mestrados e doutorados. Estas instituições são voltadas à produção de pesquisas. 

Trabalhar e estudar no Canadá: programas vocacionais

Uma das alternativas para quem deseja estudar e trabalhar no Canadá é fazer um programa vocacional. O curso conta com valores mais baixos se compararmos aos colleges públicos, e ainda te dá o direito de trabalhar full-time durante o período do estágio remunerado (co-op). 

Os cursos vocacionais são conhecidos como career colleges ou programas de “Estudo + Trabalho”. Neste tipo de programa, o aluno fica em sala de aula por um período e depois coloca em prática o que aprendeu na teoria. Neste momento, o estudante poderá trabalhar 40 horas por semana (lembrando que ele poderá trabalhar por 20h desde o primeiro de aula). 

Estes cursos são oferecidos nas credenciais de certificado e diploma e são ministrados em colleges privados. Para ingressar, é necessário ter o Ensino Médio completo (2º grau), e ter, no mínimo, 18 anos de idade. As áreas mais comuns são: hotelaria, negócios, atendimento ao cliente, entre outras.

Para poder trabalhar, o curso vocacional deve ser full-time com, no mínimo, seis meses de duração. Lembrando que mesmo que você chegue antes ao Canadá, poderá trabalhar apenas a partir do seu primeiro dia de aula. Caso você estude inglês antes, que pode ser inglês geral ou Pathway, durante este período não é permitido trabalhar.

Trabalhar e estudar no Canadá: colleges que dão direito ao PGWP 

Outra opção para quem deseja trabalhar e estudar no Canadá é fazer um programa em um college que dê direito ao PGWP. O Post-graduation Work Permit é uma permissão de trabalho sem restrição de horas que os estudantes internacionais têm direito de aplicar ao fim dos estudos no Canadá. 

Para ter direito a pedir o PGWP, o aluno precisa ter finalizado um programa de uma faculdade pública de, no mínimo, oito meses de duração ou em um curso de degree em faculdades particulares. Como nos cursos vocacionais, estes também possibilitam que o aluno trabalhe 20h por semana desde o primeiro dia de aula. Confira os colleges que dão direito ao PGWP.  

O estudante tem até 180 dias para aplicar para o PGWP. Esta é uma regra nova do Governo canadense, já que este prazo anteriormente era de apenas 90 dias. Além disso, não é necessário mais ter um visto de estudos válido, mas é necessário ter um status temporário válido no Canadá, caso faça a aplicação dentro do país. 

O PGWP é concedido apenas uma vez na vida. Portanto, fique de olho no tempo deste visto: 

  • Conclusão de um programa de oito meses de duração: poderá ser elegível para oito meses de PGWP;
  • Conclusão de um programa de 12 meses de duração: poderá ser elegível para um ano de PGWP;
  • Conclusão de um programa de dois anos ou mais: poderá ser elegível para até 3 anos de PGWP.

Trabalhar e estudar no Canadá: Vantagens de fazer um curso que dê PGWP

Estudante com cônjuge

Se você estiver com seu cônjuge no Canadá, ele também poderá ter o visto de trabalho aberto atrelado ao visto de estudos do aplicante principal que está estudando em um programa que dê o PGWP. Desta forma, se vocês estiverem pensando em permanecer no país, a experiência do cônjuge já estará valendo para processos de imigração caso ele esteja em um trabalho nos NOCs 0, A ou B. 

O NOC –  National Occupational Classification (NOC) é um sistema nacional que classifica as ocupações no Canadá. 

Após a finalização do seu curso você poderá aplicar para o PGWP e aí sim sua experiência de trabalho vai começar a contar pontos para processos de imigração.  E o cônjuge? Calma, ele também terá a possibilidade de estender a permissão de trabalho junto com o aplicante principal. O estudante só precisará apresentar uma oferta de trabalho e alguns paychecks recentes. Contate a Immi Canada  pelo e-mail [email protected] caso tenha alguma dúvida. 

Atenção: Recentemente, a imigração atualizou as regrinhas a respeito do momento em que o cônjuge, que está acompanhando um estudante de college ou faculdade, poderá começar a trabalhar no Canadá. Agora, o cônjuge está liberado para trabalhar a partir do momento em que o seu Open Work Permit (visto aberto de trabalho) for aprovado e o SIN number for emitido, não precisando mais aguardar o estudante iniciar suas aulas no college ou faculdade. Para o estudante, a regra permanece a mesma – ou seja, ele só poderá trabalhar (até 20h semanais) a partir de seu primeiro dia de aula no college ou faculdade. 

PGWP x imigração

É muito importante destacar que a experiência de trabalho no Canadá não garante a residência permanente. Ela irá apenas somar pontos no processo, tornando o cenário mais favorável para vocês. Existem outros fatores que vão ajudar, como experiência de trabalho, nota em prova de proficiência de inglês, entre outros. 

Caso tenha alguma dúvida nesta aplicação, entre em contato com a IMMI Canada pelo e-mail [email protected]

Famílias com filhos

Uma outra grande vantagem é que, dependendo da credencial do curso, os filhos poderão estudar em escola pública no Canadá. Em British Columbia, as crianças têm direito a estudarem de forma gratuita a partir dos cinco anos; e em Ontário, a partir dos quatro. Antes disso, as crianças podem ir para a creche no Canadá, que é paga. 

Pagamento do college

Por fim, um ponto importante que podemos ressaltar é que o pagamento do curso é feito por semestre. Muitos clientes quando se deparam com o valor total do programa se assustam porque pensam que precisam quitar tudo no primeiro momento. Mas no Canadá os pagamentos são feitos a cada 4 meses, em sua maioria (semestre). 

 Trabalhar e estudar no Canadá: planejamento financeiro 

O primeiro passo para estudar no Canadá é fazer o planejamento financeiro. Vimos que o aluno de Ontário acabou excedendo as horas, porque precisava pagar seus estudos. Nós indicamos que os estudantes já cheguem ao país com o valor total do college guardado, pois você poderá trabalhar apenas 20 horas por semana, e este montante será apenas para sua manutenção mensal. 

Para se ter uma ideia, veja a tabela abaixo com os valores anuais dos cursos vocacionais e colleges públicos em British Columbia e Ontário. 

British Columbia Ontario
Cursos vocacionais CAD$ 8.000 a 10.000/ano CAD$ 8.000 a 10.000/ano
Colleges públicos CAD$ 18.000/ano CAD$ 15.000/ano

Se considerarmos que o salário mínimo por hora atual na província de British Columbia é CAD 13.85 e você só poderá trabalhar 20 horas por semana, você receberá, ao fim do mês, CAD 1.108 (sem contar os valores descontados). Já em Ontario, o salário por hora é CAD 14, sendo assim CAD 1.120 ao fim do mês. Para o college vocacional, você terá que pagar o valor total antes mesmo de iniciar as aulas. Já para o college público, o montante é dividido entre a quantidade de termos daquele ano. 

Por isso é muito importante se atentar a este planejamento financeiro, pois o custo de vida no Canadá pode ser mais alto do que você espera. 

Exigência para ingressar em uma instituição canadense

Para que você possa fazer um college ou uma universidade no Canadá, você terá que fazer uma prova de inglês, que pode ser o IELTS Academic, TOEFL, prova específica da escola ou até mesmo o Pathway. Há também o TEF para o caso de quem fará um curso em francês. 

Além disso, é necessário:

  • Diploma de bacharelado para cursos de pós-graduação (nos cursos vocacionais, basta ter o ensino médio); 
  • Histórico da universidade cursada no Brasil ou em outro país com as notas e aprovação em todas as disciplinas;
  • Algumas instituições podem exigir um pré-teste e alguns outros documentos, que podem variar dependendo da escola escolhida e curso.

Fonte: Global News

tour de palestras sobre estudo e imigração para o Canadá

Tour de palestras sobre Estudo e Imigração para o Canadá: veja os feedbacks

Os participantes do tour de palestras sobre Estudo e Imigração para o Canadá já estão mandando seus relatos sobre suas experiências no evento. Esta é uma oportunidade de todos iniciarem o Plano Canadá com especialistas do assunto. Além da 3RA Intercâmbio, representantes da Immi Canada e de instituições de ensino canadenses também estão participando das apresentações. Aproveite, pois o evento vai até 31 de março de 2019! 

Se você ainda não garantiu seu ingresso, acesse: 3ra.ca/palestras. Ingressos a partir de R$10!

Tour de palestras sobre Estudo e Imigração para o Canadá: Confira abaixo os feedbacks até o momento:

“Achei a palestra muito interessante pois abordou de forma extremamente prática todas as questões relevantes para quem busca uma experiência fora do país, gostei muito!”  Juliana Barrichello

“A palestra do Francisco Zarro é sempre esclarecedora. Para quem deseja estudar no Canadá, a consultoria com a 3RA é indispensável.
A palestra da Celina sobre imigração foi uma surpresa sensacional, pois eu tinha uma ideia completamente diferente sobre cada passo do processo. Consegui me organizar para começar! Muito obrigada à equipe da 3RA, em especial à consultora Magna. Sempre me surpreendendo da maneira mais positiva que possa existir”.  Izabela Amorim

“Achei de muita valia pra quem tem realmente o interesse em fazer um curso fora do Brasil ou até mesmo imigrar. Pude tirar muitas das dúvidas que tinha para começar o meu início do Plano Canadá. E foi ótimo conversar com as próprias faculdades, no qual puderam mostrar os cursos da área desejada do aluno.
Experiência fantástica”. Camila Grandini

“Simplesmente Sensacional!!!! Se já tínhamos certeza que é esse País que queremos morar com nossa família, agora então a decisão está tomada :o)
Parabéns pelo evento, adoramos em especial o palestrante Fernando da Niagara College”. Samuel Pinheiro Junior

“As palestras abordaram os principais temas importantes para um intercâmbio no Canadá. As principais dúvidas foram esclarecidas com clareza e o evento estava ótimo”. Luciana Merath

“Didática e organização nota 10! Atenção e proatividade marcaram o evento, incluindo informações detalhadas dentro do período (adequado) de realização”.  Pérsio Mesquita 

“Eu e minha esposa estivemos no evento em Campinas/SP e ficamos muito satisfeitos com a explanação dos palestrantes. É uma decisão complexa de ser efetivada e que demanda muito planejamento para minimizar os impactos e trazer os resultados positivos que aguardamos numa mudança tão radical em nossas vidas.
Com certeza levaremos em consideração os aspectos de idoneidade, transparência, suporte técnico no pré e pós. Agradecemos de antemão e esperamos fazer desse processo o mais saudável. Rodrigo Teixeira Mendes

“Gostei do fato de terem falado sobre as principais cidades, Toronto e Vancouver. Acho que podia até comentar um pouco sobre as outras também. Foi interessante pois não tinha visto mais nenhum evento comentar sobre as cidades, o que é necessário para conseguir ir para lá, sobre o clima, transporte, etc.
As palestras foram bem explicadas, estava tudo bem esclarecido e não foi monótono ou maçante. No geral gostei bastante”. Priscila Guerrero

“A palestra foi ótima! O evento é muito esclarecedor! É possível tirar dúvidas gerais sobre quem está no início da pesquisa para o Canadá e também tirar dúvidas pontuais para quem já está com o planejamento em andamento de ir morar no Canadá. Fui à palestra a 1 ano atrás no Rio de Janeiro (2018) com a Celina e o Francisco e foi meu primeiro contato com o assunto “Estudo + Imigração” e retornei após 1 ano (2019) quando já havia pesquisado muita coisa e decidido que realmente era o que eu queria”. Tamiris Ferreira

“Parabéns! Vocês se esforçaram muito por atender à maioria de perguntas, obviamente de maneira resumida, não entanto, achei que o tempo era curto demais para o processo do evento. Sei que isso representa um custo, é entendível. Agradeço a vontade de nos assessorar para concluirmos o nosso sonho”. Juan Marcos Arredondo Yañez

“Os depoimentos das experiências pessoais foram muito importantes, mostrando que eles seguiram o mesmo caminho que estamos trilhando e obtiveram sucesso!!”Sandra Vianna Silva 

“Achei bem legal, gostei muito da palestra da Quest e da Capilano. Todas elas na verdade foram bem bacanas e me ajudaram com algumas dúvidas que eu tinha”.  Karen Prazeres da silva

“Foi muito prática! Ajudou muito na tomada de decisão do que fazer”.  Marco Lezo

Se você ainda não garantiu seu ingresso, acesse: 3ra.ca/palestras