Áreas de Hotelaria e Turismo no Canadá

Veja dados sobre as áreas de Hotelaria e Turismo no Canadá

As áreas de Hotelaria e Turismo no Canadá estão em alta. Principalmente, porque o país é um dos principais destinos para quem deseja conhecer lugares incríveis e ter uma experiência única. O setor é composto por vários tipos de negócios, como empresas de aventura e turismo, restaurantes e acomodações, transporte, agências de viagens e muito mais.

Sem dúvida, este mercado é um grande impulsionador da economia local. Só no ano passado, o país registrou seu maior recorde de visitantes internacionais. Mais de 20,8 milhões de pessoas entraram no país, gerando uma receita de CAD $21,3 bilhões. Com isso, o país foi reconhecido pelas publicações New York Times, Lonely Planet e National Geographic Traveller como o país mais visitado em 2017.

E o mais bacana é que o governo apoia as atividades turísticas investindo sempre para que a classe cresça cada vez mais. Em todas as regiões e províncias do país, as áreas de Hotelaria e Turismo são as grandes responsáveis pela geração de empregos.

Veja alguns dados interessantes:

  • O turismo é o maior serviço de exportação do país, representando mais de 2% do PIB nacional;
  • Um em cada dez empregos no Canadá – quase 1,8 milhão – depende do turismo;
  • 99,9% do setor de turismo é composto de pequenas e médias empresas;
  • As receitas totais do turismo de viajantes nacionais e internacionais foram de CAD $97,4 bilhões em 2017.

Além disso, a previsão é que o número de visitantes internacionais cresça em 30% até 2021. Os brasileiros são uma grande parcela deste crescimento, principalmente pela isenção do visto de turismo para aqueles que desejam permanecer no país por até seis meses. Desde 1 de Maio de 2017, é preciso apenas emitir o eTA (Electronic Travel Authorization).

Apesar de ouvirmos que há anos os humanos estão sendo substituídos por máquinas, esta realidade ainda é distante em turismo e hotelaria. Principalmente porque a essência destes setores são o relacionamento a longo prazo com o consumidor. Claro, a tecnologia vem nos ajudando há um bom tempo. A automatização para certas estratégias se fazem imprescindíveis, porém a habilidade de estar em conexão com as pessoas ainda é uma forte característica do ser humano.

áreas de Hotelaria e Turismo no Canadá

A tendência que estamos vendo é que os funcionários de atendimento ao cliente precisam de um conjunto de habilidades diferentes. Em vez de simplesmente excelentes aptidão de comunicação, as oportunidades nesse campo estão exigindo conhecimento técnico. Principalmente no que diz respeito aos programas de CRM – Customer Relationship Management – e suporte ao cliente. Vamos falar disso mais adiante!

Áreas de Hotelaria e Turismo no Canadá: crescimento

Em 2017, as áreas de Hotelaria e Turismo no Canadá cresceram fortemente. Só em British Columbia, onde está localizada Vancouver, os setores empregaram 290.600 pessoas. Isso se dá, principalmente, pelo aumento do consumo de consumidores e das atividades turísticas. E a boa notícia é que os números tendem a crescer ainda mais, e em modo acelerado. Para se ter uma ideia, espera-se que entre 2017 a 2027, cerca de 111.350 novas oportunidades sejam geradas só em BC.

A maioria dos empregos nestas áreas está localizada em Vancouver e na região do Lower Mainland (que inclui Abbotsford, Hope, Mission, New Westminster, North Vancouver, Richmond, Surrey e Whistler). No entanto, tanto a região de Vancouver Island quanto a área de Thompson / Okanagan oferecem empregos significativos neste setor. O interior de BC é o lar de um número crescente de resorts de esqui e vinícolas, que acabam atraindo um número significativo de turistas também.

Veja abaixo as oportunidades de emprego por região:

Áreas de Hotelaria e Turismo no Canadá:                                                                           

Áreas de Hotelaria e Turismo no Canadá:

                                                  Fonte: WorkBC

Diante deste crescimento acelerado, a área de varejo é que tem mais destaque. É esperado que o setor gere 82.300 empregos até 2028, o que responde por 9.1% dos empregos gerados no país.

Indústrias que estão contratando nas áreas de Hotelaria e Turismo no Canadá:

  1. Serviço de alimentação
  2. Varejo
  3. Finanças e seguros
  4. Entretenimento
  5. Atacado

Áreas de Hotelaria e Turismo no Canadá: Salários

áreas de Hotelaria e Turismo no Canadá

Em 2018, o salário médio nas áreas de Hotelaria e Turismo no Canadá, mais especificamente para um trabalhador que atue em atendimento ao cliente é de CAD $36.400 anuais. Os 10% dos salários mais baixos estão em torno de CAD $28.450/ano, enquanto os salários mais altos aparecem na média de CAD $44.300. Confira abaixo:

Cidade Média salarial por ano (CAD)
Toronto $26,950 a $39,150
Vancouver $27,650 a $41,600
Montreal $25,750 a $34,900
Calgary $28,450 a $44,250
Edmonton $29,350 a $47,350
Ottawa $28,200 a $43,450
Quebec City $25,150 a $32,850
Halifax $27,300 a $40,400

 

Áreas de Hotelaria e Turismo no Canadá: expertises

áreas de Hotelaria e Turismo no Canadá

As áreas de Hotelaria e Turismo no Canadá são bem abrangentes. E isso é um ponto bastante positivo, pois esta característica está ligada diretamente à geração de empregos. Ter a expertise em hospitalidade (acomodação e restaurante), artes, entretenimento e atividades recreativas e de transporte são alguns dos exemplos para você investir caso tenha interesse em ingressar neste setor.

Este mercado compreende também estabelecimentos dedicados principalmente à preparação de refeições, lanches e bebidas, pedidos de clientes, para consumo imediato ou futuro. A área de eventos também merece atenção especial. Por ser um país turístico, o Canadá está repleto de atrações por onde você for. Cidades como Vancouver, Toronto, Montreal e Calgary estão entre os alvos principais dos grandes shows e megaeventos, por exemplo.

No entanto, alguns destes setores requerem um background educacional ou até mesmo uma combinação de diploma e experiência prévia. Porém, há opções que são mais simples, mas que são ótimas oportunidades para quem acabou de chegar no país, como as chamadas posições entry-level.

Muitos brasileiros se beneficiam destas oportunidades para iniciarem sua vida profissional e ganhar fluência no idioma. E olha que bacana: os dados mostram que o turismo é empregador número 1 de jovens e é um importante provedor de emprego para novos canadenses.  

Assim, vamos ver agora as principais habilidades que esses profissionais precisam obter para determinadas ocupações:

Áreas de Hotelaria e Turismo no Canadá:

Áreas de Hotelaria e Turismo no Canadá:

Você notou que aparece a sigla NOC para cada grupo de profissões? O NOC é um sistema que classifica as profissões no Canadá, conforme abaixo:

  • Os NOCs 0 referem-se às funções de gerenciamento;
  • Os NOCs A às ocupações de nível profissional;
  • Os NOCs B aos trabalhos técnicos;

Áreas de Hotelaria e Turismo no Canadá: Habilidades em demanda

áreas de Hotelaria e Turismo no Canadá

O estudo do WorkBC também revela algumas habilidades que devem ser desenvolvidas de acordo com a área que você seguir. As demandas aparecem para quem tem forte habilidade de comunicação, como escuta ativa, fala e compreensão de leitura, bem como pensamento crítico.

Já a consultoria Randstad, especialista em mercado de trabalho canadense, chama a atenção para as habilidades relacionadas à tecnologia no setor de customer service. Existem alguns programas que são específicos para aumentar a qualidade do relacionamento e suporte ao cliente (CRM – Customer Relationship Management). Portanto, se você for capaz de manuseá-los terá uma boa vantagem frente aos competidores.

Outro aspecto bastante interessante é a habilidade de falar inglês e francês. Como o Canadá tem estes dois idiomas como oficiais e as empresas geralmente oferecem serviços para pessoas de diversas províncias, faz sentido contratar candidatos que possam interagir com falantes nestas duas línguas. Por ter o representante de atendimento ao cliente na primeira posição das áreas em demanda, podemos identificar fortemente o porquê da procura por pessoas bilíngues.

Algumas áreas em demanda:

  1. Representante de atendimento ao cliente
  2. Representante de vendas interno
  3. Gerente de atendimento ao cliente
  4. Atendimento ao cliente bilíngüe
  5. Atendimento ao cliente (lojas, varejo, etc)
  6. Representante do call center
  7. Coordenador de atendimento ao cliente
  8. Supervisor de atendimento ao cliente

Habilidades em demanda nas áreas de Hotelaria e Turismo no Canadá:

  1. Bilinguismo (francês)
  2. Software de CRM
  3. Suporte técnico
  4. Força de vendas
  5. Software de banco de dados
  6. Habilidades de informática
  7. Microsoft
  8. Atendimento ao cliente

Áreas de Hotelaria e Turismo no Canadá: aumentando suas chances

áreas de Hotelaria e Turismo no Canadá

Se você leu o texto e está disposto a ingressar nas áreas de Hotelaria e Turismo no Canadá, aqui vai uma dica: diversos colleges e universidades no país oferecem cursos que poderão te ajudar a ganhar mais espaço neste mercado. Muitos deles, por exemplo, oferecem workshops e possibilitam estágio na área. Portanto, não perca tempo e entre em contato com a 3RA Intercâmbio. Nossos consultores te ajudarão a delinear a melhor carreira para você no Canadá.

Áreas de Hotelaria e Turismo no Canadá: onde procurar por vagas de emprego

A internet está aí para nos ajudar. E mesmo que você ainda não tenha chegado ao Canadá, vale muito a pena conferir desde já quais as oportunidades que estão sendo ofertadas por aqui.

Para te ajudar, vamos listar abaixo os principais sites de busca de empregos para que você já possa ir se preparando:

 

Fontes: WorkBC – Tourism and Hospitality sector 

WorkBC – BC Labour Market Outlook 2018

Randstad – best jobs 

Governo do Canadá: Canada’s Tourism Vision

10 Compart.
Onde procurar emprego23

Onde procurar emprego no Canadá?

Se você acabou de chegar ao Canadá, com certeza está um pouco perdido e não sabe onde procurar a primeira oportunidade de emprego. Por isso, nós pensamos em facilitar a sua vida e listar dez formas de buscar pelas oportunidades no país. Veja abaixo:

1)Go2HR

O Go2HR é um site de Vancouver, mas que reúne oportunidades nas áreas de turismo e hospitality de toda British Columbia. Lá você poderá encontrar empregos de verão, oportunidades em hotéis, restaurantes, etc. O sistema de busca do site é bem simples e você pode selecionar a região onde quer trabalhar para facilitar a procura.

Endereço: https://www.go2hr.ca/

2) WorkBC

O Work BC é uma iniciativa do governo de British Columbia que tem como objetivo ajudar aos moradores da província em todas as questões referentes ao mercado de trabalho local. No geral, o órgão auxilia na busca por emprego e também em planos de carreira. O site conta com um banco de dados bem abrangente e inúmeras opções de vagas disponíveis.

Endereço: https://www.workbc.ca/Jobs-Careers/Find-Jobs/Jobs.aspx

3) Indeed

O Indeed, que já é famoso no Brasil, também é no Canadá. O funcionamento do site é muito simples: basta acessá-lo e já na página inicial você vai encontrar o sistema de busca. Você poderá procurar as oportunidades selecionando o local onde reside, posição desejada ou empresa. No próprio site, você deverá cadastrar seu currículo para a vaga escolhida e ele será encaminhado automaticamente para o empregador que está recrutando novos funcionários.

Endereço: http://www.indeed.ca/

4) Job Bank

O site Job Bank é a principal fonte de busca de emprego no Canadá. O site é coordenado pelo governo canadense e oferece aos usuários informações sobre as oportunidades em aberto, os pré-requisitos exigidos para a vaga, salários etc.

Endereço: http://www.jobbank.gc.ca/
5) Jobserve.com

O site Jobserve.com apresenta oportunidades não apenas de todo Canadá, como também dos Estados Unidos, Austrália e Reino Unido. O sistema de busca é bem completo, e você pode selecionar a média salarial anual, o valor recebido por hora, a área que deseja procurar emprego, entre outras características.

Endereço: http://www.jobserve.com/

6) BCJobs.ca

O BC Jobs reúne as oportunidades de emprego em British Columbia e faz parte de uma rede de sites. Cada província conta com o seu. Se você está em outra parte do Canadá, pode ter acesso ao site da sua região clicando aqui.

Endereço: https://www.bcjobs.ca/

7) Craigslist

Esse com certeza é o mais famoso entre os brasileiros. Cada cidade/regiao tem o seu próprio site com informações específicas daquela localidade. É um ótimo lugar para buscar oportunidades. Veja os sites de algumas localidades: Calgary, Edmonton, Halifax, Montréal, Ottawa, Québec, Saskatoon, Toronto, Vancouver, Victoria, Winnipeg

8) Monster.ca

O Monster.ca reúne as oportunidades disponíveis em praticamente todo o território canadense em um único lugar. Para facilitar a sua vida, você pode selecionar a cidade desejada e buscar o emprego dos sonhos por lá. Há vagas em Barrie, Brampton, Calgary, Edmonton, Fort McMurray, Halifax, Hamilton, Kamloops, Kelowna, London, Mississauga, Montreal, Nanaimo, Ottawa, Red Deer, Toronto, Vancouver, Victoria e Winnipeg.

Endereço: http://www.monster.ca/

9) Eluta.ca

O Eluta.ca é pouco conhecido entre os brasileiros, mas é um dos sites de emprego mais visitados do Canadá, com seis milhões de visitas por ano. A página procurar para você as oportunidades direto do site do empregador. É como se fosse um “Google” dos empregos.

Endereço: http://www.eluta.ca/

10) Wow Jobs

No site Wow Jobs, você vai poder encontrar mais de 250.000 postos de trabalho em todo Canadá. O sistema de busca é simples, e ele lhe mostrará um resumo da vaga. Em seguida, caso se interesse, ele apresentará o site original da vaga para que você possa concorrer ao emprego.

Endereço: http://www.wowjobs.ca/

 

522 Compart.

Como abrir as portas para seu futuro profissional no Canadá

Você quer trabalhar no Canadá e ouviu dizer que fazer um curso superior por aqui é uma boa forma de começar sua vida profissional?

Você ouviu certo.  

O Canadá é um país de oportunidades que está de portas abertas para aqueles que desejam trabalhar e construir a vida por aqui. Mas a verdade é que o país quer profissionais bem preparados para assumir suas posições de trabalho. Por isso, na hora da entrevista, o empregador valoriza muito o currículo dos profissionais que possuem alguma formação em instituições de ensino superior canadense. Esta é uma forma da empresa garantir a qualidade da formação daquele candidato.

Além disso, seu estudo vai lhe ajudar a construir seu networking no Canadá. Assim como no Brasil, ter uma rede de contatos também conta muito por aqui. Alguém lhe indicar para uma vaga já é um ponto a mais que você ganha no processo seletivo. E durante o curso você vai se conectar com várias pessoas que estão na mesma área, seja professores ou alunos que já estão trabalhando em empresas que podem te contratar no futuro. 

Outro ponto também positivo em estudar no Canadá é a possibilidade de trabalhar enquanto se cursa programas full-time e de nível superior. Isso permite que o aluno internacional procure emprego assim que começar as suas aulas, aumentando as chances e oportunidades de começar sua carreira. Depois que o curso finalizar, o mesmo aluno ainda ganha mais tempo para trabalhar, ou seja, durante e depois do curso você terá oportunidades de conseguir um bom emprego.

Entenda um pouco mais mais essas permissões de trabalho durante e depois do curso:

Durante o curso

Os cursos vocacionais (técnicos) e universitários (college, graduação, pós-graduação, mestrado) permitem que os seus alunos trabalhem no Canadá até 20 horas por semana enquanto estiverem estudando, desde que o programa siga às regras estabelecidas pela imigração canadense. 

Para estes cursos, a permissão de trabalho começa a valer desde o primeiro dia de aula. Os alunos universitários também podem trabalhar 40 horas semanas durante suas férias (caso o curso escolhido tenha férias).  

É importante lembrar que as permissões de trabalho só valem para quem está matriculado em escolas aprovadas pelo governo canadense. Por isso, o seu consultor de intercâmbio 3RA é tão importante. Ele vai saber lhe indicar as instituições corretas de acordo com o seu objetivo. Vale lembrar ainda que cursos de idiomas não garantem permissão de trabalho no Canadá – a regra mudou em 2014.

Após o fim do curso

Os alunos dos programas vocacionais vão poder trabalhar full-time após o término das aulas. O período do visto de trabalho vai depender do tempo de estudo. O aluno nunca poderá trabalhar mais do que o número de horas estudadas. Os cursos vocacionais são programas voltados para experiência de trabalho. Por isso, o seu trabalho deve fazer parte do seu programa de estudo, contando com o suporte da escola para lhe indicar empresas nas quais você poderá trabalhar.

Já os estudantes que optarem pelos cursos universitários podem pedir o Post-Graduation Work Permit (PGWP) quando o programa acabar, desde que o mesmo tenha duração mínima de 8 meses. Normalmente a permissão de trabalho será concedida pelo mesmo tempo de estudo, com limite máximo de até 3 anos. Por exemplo, se você estudar uma graduação de 4 anos, seu PGWP será de 3 anos. Porém, a boa notícia é que para os alunos que estudam 2 anos o governo pode dar até 3 anos de PGWP.

Estudar em programas que oferecem o PGWP é a opção favorita dos estudantes brasileiros que estão de olho em imigrar para o Canadá. Vale ressaltar que nem todas as faculdades e cursos privados podem garantir a concessão deste visto, por isso, mais uma vez é seu consultor de intercâmbio que lhe ajudará nessa escolha antes de você se matricular. Confira a lista de colleges que dão direito ao PGWP. 

O Post-Graduation Work Permit pode ser solicitado após a conclusão do curso de graduação, com você ainda em território canadense – ou seja, você não precisará voltar para o Brasil para aplicar para o novo visto.

A melhor opção segundo seus objetivos

Se a sua intenção é trabalhar com fins de  imigrar para o Canadá, opte por um curso que garanta o PGWP após a sua conclusão. Assim, você une o útil ao agradável.

21K Compart.

O que colocar no currículo para procurar emprego no Canadá

10 segundos. Esse é o tempo que você tem para convencer a empresa que é o melhor candidato para a vaga através do seu currículo.  Quem revela esse segredo do mundo das contratações é a especialista em consultoria de emprego e programas de treinamento para o mercado de trabalho, Brenda Crump. E tem mais, a primeira coisa que o responsável pela contratação vai olhar no currículo é se o candidato tem as habilidades procuradas para a vaga, se essa informação não estiver muito clara e exposta no documento, em menos de 10 segundos seu currícilo será deixado de lado.

Outro ponto que precisa ganhar destaque no seu resumo profissional é a vaga que você está interessado. Essa informação também precisa ser facilmente localizada pelo empregador nos 10 segundos de análise do seu currículo. Só depois de checar qual vaga a pessoa está interessada e se ela possui as habilidades desejadas, é que o empregador vai dedicar mais tempo para olhar os outros detalhes do seu resumo profissional.

Apesar do crescimento de outras ferramentas de contratação como o LinkedIn (rede social focada em negócios, carreira e emprego), Crump conta que um bom currículo ainda continua sendo a maneira número 1 para conseguir uma entrevista de emprego no Canadá. “O resume é um documento muito importante para aqueles que estão a procura de emprego no Canadá”, explica.

Outra dica que a especialista dá é sobre o modelo do currículo. Segundo Crump, oportunidades diferentes de trabalho vão mudar também o estilo do documento. No Canadá são usados principalmente três tipos, sendo dois deles muito populares. Ela explica que “se você, recém-chegado no canadá, quiser  impressionar o empregador, é muito importante escolher o estilo certo de currículo, especialmente se você tem um alto nível de educação e está disposto a entrar no mercado de trabalho mesmo que atendendo a cargos iniciais de carreira”.

Erros mais comuns

Perguntamos para a especialista quais são os erros mais comuns que os candidatos internacionais cometem quando estão a procura de emprego no Canadá. Além do ponto já mencionado em relação ao template do documento, outro erro comum é quando o brasileiro vai traduzir as habilidades e experiências anteriores e acaba usando termos errados, que em inglês não significam o que o candidato quis dizer. “É aconselhável deixar que um profissional em currículo verifique os termos usados no seu documento para ter certeza que tudo está perfeito antes de enviar para a empresa em que busca da vaga”, Crump.

Quando o candidato recebe esse suporte de um profissional que entende de currículo, ele sai na frente até mesmo dos canadenses. Brenda conta que muitos nativos não sabem como fazer um currículo profissional. “Ter a ajuda de um especialista é uma forma do profissional brasileiro se destacar no processo de seleção”.

Mão na massa

Procurar emprego é uma tarefa que muda de um país para outro e não conhecer os aspectos diferentes desse processo pode tirar bons candidatos da competição.  A 3RA Intercâmbio decidiu então abordar temas relacionados ao mercado de trabalho e procura de emprego com o intuito de instruir seus clientes que estão no Canadá. Por isso, a empresa oferece mensalmente workshops presenciais em Vancouver ministrados pela especialista em carreiras Brenda Crump. Curta nossa fanpage no facebook para saber a data do próximo evento. 

421 Compart.

O que saber antes de procurar um emprego em outro país

Muitas pessoas que querem trabalhar em outro país acreditam que falar muito bem a língua estrangeira e ter experiência prévia na área em que se deseja trabalhar no exterior, são os fatores decisivos para se ter sucesso na busca por oportunidades fora do Brasil. Porém, procurar emprego é um processo que muda de um país para o outro e que envolve outros aspectos também. Quem garante isso é a especialista em consultoria de emprego e programas de treinamento para o mercado de trabalho, Brenda Crump. Segundo Crump, as tradições e a cultura de cada país, fatores que ela chama de “normas”, vão impactar diretamente no processo de procurar emprego, já que interferem na expectativa do empregador.

Atuante no mercado canadense há 18 anos, a especialista explica que aspectos simples, como o modelo de currículo a se usar, a maneira de formatar as informações, o jeito de se vestir e como se comportar durante uma entrevista, são detalhes que podem tirar a vaga de um candidato qualificado. Experiências anteriores e bom nível de inglês são importantes, mas o postulante precisa sincronizar o perfil da vaga almejada com as informações que vai incluir no seu resumo profissional, colocar tudo o que já fez pode atrapalhar e não ajudar, ou vice-versa. Em certos casos, só o currículo não vai chamar a atenção do departamento de Recursos Humanos, o candidato precisa também de uma cover letter, por exemplo.

Outro fator de extrema importância é conhecer quais segmentos e indústriais estão em crescimento no país. Essas informações vão ajudar a mapear quais áreas são mais prosperas para se procurar emprego, ou seja, onde procurar por vagas, e mais especificamente, quais competências essas áreas estão buscando nos profissionais. Segundo Brenda Crump, “o mercado canadense é altamente competitivo, e saber o que o esse mercado espera de você vai te ajudar a se destacar como um recém-chegado no Canadá”. Ela ainda afirma que para os candidatos que seguem essas dicas, as oportunidades de trabalho aparecem mais rápido.

A questão é que conhecer os aspectos da cultura corporativa do país, saber para onde o mercado está crescendo, e também as habilidades esperadas para cada área de trabalho, não é algo tão simples, ainda mais pra quem está a pouco tempo no Canadá. Sabendo dessas dificuldade, a 3RA decidiu oferecer aos seus clientes uma série de workshops com a especialista, Brenda Crump, explicando com mais profundidade os aspectos levantados nesse texto.

“Temos uma enorme preocupação com a qualidade da experiência dos alunos 3RA, seja quem vem por um tempo determinado, ou quem vem com planos de imigrar. Por isso, fazemos o que for possível para ajudar, nesse caso, sabemos que estamos contribuindo não só com a busca do primeiro emprego dessas pessoas, mas com o traçar da carreira que poderão construir aqui”, explica o diretor de marketing da 3RA, Albert Abrantes.

Os eventos são cortesia da 3RA a todo o público, mas clientes têm prioridade na lista de convidados.

Fique de olho na nossa fanpage para saber mais sobre os workshops e outros eventos feitos especialmente para você!

55 Compart.