Onde ficar em Toronto

Onde ficar em Toronto: conheça os melhores bairros

Onde ficar em Toronto é uma das principais preocupações de quem chega ou está prestes a chegar na cidade. Afinal, sua moradia vai representar um dos maiores gastos de seu planejamento financeiro para o Canadá e será onde você mais vai passar o seu tempo.

Encontrar um local em si não é tão difícil. Porém, são várias variáveis para se considerar para poder achar uma alternativa que se encaixa com suas necessidades e preferências. Por exemplo, é preciso considerar a questão do transporte público em Toronto, da distância à sua escola ou trabalho e, em alguns casos, as alternativas de escola pública para crianças. E, como nós sabemos bem, pode ser bem complicado de compreender essas variáveis estando longe.

Toronto é a maior cidade do Canadá, com quase seis vezes o tamanho de Vancouver. Por isso, sabemos que decidir onde morar pode ser difícil e gerar bastante insegurança pra quem não conhece a cidade. Mesmo já existindo vários posts sobre onde ficar em Toronto na internet, a maioria deles consiste em apenas uma lista de bairros baseada nos mesmos critérios. E, como os critérios de escolha variam de pessoa para pessoa, é muito provável que você ainda não compreenda bem a cidade e continue inseguro para tomar uma decisão tão importante assim.

Por esses motivos, resolvemos contar um pouquinho sobre como a cidade é dividida e sobre as principais características dos bairros de cada região. Assim, independentemente dos seus principais critérios, esse post vai poder te ajudar a tomar uma decisão com mais tranquilidade e confiança.

Como a cidade é gigantesca, ter acesso às linhas de metrô faz uma enorme diferença. Por esse motivo, é interessante explicar sobre as regiões de Toronto nos baseando nas principais linhas que cortam a cidade.

Onde ficar em Toronto

Fonte: TTC

Para ficar mais fácil de entender, sugerimos que você acompanhe o post olhando a cidade de Toronto no Google Maps. Assim que encontrar a cidade, clique no ícone do Menu (um quadradinho com três linhas horizontais) no topo da esquerda. Depois, selecione “Transporte público”. Assim, você poderá ver as principais linhas de metrô e compreender melhor as descrições a seguir.

Transporte público em Toronto

A linha amarela (Yonge-Uni Line) faz um “U” na região central de Toronto, cobrindo a região de downtown e midtown. Downtown é onde ficam os prédios mais altos, onde se concentram o comércio e as maiores empresas da cidade. Midtown, que fica acima de downtown, na região das perninhas do “U” formado pelo metrô, é uma área bem balanceada entre residências e comércio.

A linha verde (Bloor-Danforth Line) corta o “U” horizontalmente. Ou seja, ela atravessa midtown, e dá acesso a bairros mais tranquilos, de caráter mais residencial. Em geral, essas áreas mais afastadas de downtown e midtown costumam ser a escolha de famílias com criança, que preferem vizinhanças mais tranquilas.

A linha verde é estendida pela linha azul (Scarborough Line). Ela dá acesso a bairros ainda mais afastados de downtown – por volta de uma hora do centro. Por conta da distância, esses bairros costumam ser mais baratos. Então, se custo é um fator determinante na sua escolha, saiba que, em geral, quanto mais afastado de downtown, melhores os preços.

A linha roxa (Sheppard Line) fica no final da parte direita do “U” formado pela linha amarela. Assim como a linha azul, a linha roxa dá acesso à área suburbana de Toronto. Não costuma ser tão popular entre recém chegados, mas é uma opção às pessoas que dependem de um custo bem menor e não se incomodariam com a distância dos centros.

Onde ficar em Toronto: área oeste

Na região oeste ao centro de Toronto, ao longo da linha de metrô Bloor-Danforth, há bairros tranquilos e residenciais. Alguns deles são o High Park North, West Bend e o Junction Triangle. Há pouco comércio nessa região, como lojas e restaurantes. Porém, ela tem tudo que pode ser necessário no dia-a-dia, como supermercados, escolas e centros comunitários.

Esses bairros ficam próximos a vários parques (que costumam ser gramados grandes, com árvores e parquinho para crianças). O que mais se destaca sobre essa área é a proximidade dela com o High Park. O High Park é um parque gigantesco, lindo e super conhecido. Ele está na lista de locais pra visitar em Toronto de absolutamente todo mundo que viaja para a cidade!

Onde ficar em Toronto

High Park, Toronto

Entre os bairros dessa área, o Junction Triangle é o que tem a maior variedade em termos de comércio, incluindo até mesmo duas cervejarias e um box de crossfit.

Esses bairros costumam ser a escolha de famílias com criança por conta da tranquilidade nas ruas. Então, se você está procurando onde morar em Toronto e prefere bairros mais silenciosos, que te oferecem tudo o que você precisa para um final de semana calmo, essa região é uma ótima escolha!

Onde ficar em Toronto: área leste

Na área leste ao centro, ainda ao longo da linha de metrô Bloor-Danforth, também há vários bairros residenciais bem tranquilos assim como para o lado oeste. Alguns deles são o East Danforth, Woodbine, Oakridge, Birchmount Park, Kennedy Park e Eglinton East.

Entre eles, o East Danforth é o que mais tem comércio por perto. Ao longo da Danforth Avenue, você encontra diversos restaurantes, bares, cafeterias, farmácias, bancos, e até mesmo um salão de boliche. O bairro Birchmount é o que mais possui prédios, o que significa que é onde mais há oportunidade de encontrar um lugar pra morar.

Onde ficar em Toronto: área central

Como já falamos antes, a linha de metrô Yonge-Uni Line faz um “U” na região central de Toronto, passando por downtown e midtown. Por ser predominantemente comercial, downtown é uma região com aluguéis mais altos. Então, não costuma ser a escolha da maioria dos estudantes internacionais e recém-chegados. Porém, localizada logo acima, midtown é uma das áreas mais desejadas para se morar.

Ao longo do lado direito do “U” formado pela linha amarela estão alguns dos melhores bairros de Midtown, como Yonge & Eglinton, Davisville Village, Summerhill e Midtown Toronto. O preferido da maioria dos jovens de 20 a 30 anos e casais sem filhos é Yonge & Eglinton. Essa preferência se deve ao fato de ser mais agitado e possuir uma grande variedade de restaurantes e bares nos arredores. Também há diversas lojas, academia, cinema e até mesmo um pequeno shopping.

Esse bairro fica bem na parte central da cidade e bem do ladinho da estação de metrô Eglinton. Por conta disso, o acesso é fácil tanto para o centro de Toronto como para as áreas suburbanas, levando apenas 20 minutos para ambas. Então, se você está procurando onde ficar em Toronto e prefere lugares que te permitem ter um final de semana mais animado sem ter que ir longe, você amaria bairros como o Yonge & Eglinton.

Se você preferiria um meio-termo entre a agitação de Yonge & Eglinton e a tranquilidade de bairros residenciais, Davisville Village e seus arredores seriam uma ótima opção. É também uma área com moradias de custo mais baixo que Summerhill.

Onde ficar em Toronto: os menores custos

A grande maioria das pessoas que precisam decidir onde ficar em Toronto economizaram exatamente para esse momento: a mudança. Então, nós entendemos que a questão financeira é, para muitos brasileiros, o fator que mais influencia na escolha.

Por isso, encontramos uma lista preparada pela Narcity (empresa canadense de mídia online) para a qual “custo” foi o único critério. Vários desses bairros são longes de estações de metrô mas, dependendo das suas circunstâncias e locais de trabalho ou estudo, vale a pena considerá-los:

  • Mimico
  • Kensington
  • Parkdale
  • Little Portugal

Falando sobre custos, temos um artigo com dicas de como economizar no Canadá de forma geral. O post inclui dicas relacionadas a moradia, alimentação, entretenimento e outros.

Onde ficar em Toronto: homestay é pra mim?

Ficar numa homestay costuma ser a escolha de pessoas que vão estudar inglês por períodos curtos. Porém, essa alternativa também pode ser bem valiosa pra quem acabou de chegar e vai estudar por períodos mais longos ou trabalhar.

Morar temporariamente numa homestay te daria a oportunidade de conhecer a cidade pessoalmente. Isto te permitiria decidir com mais confiança qual bairro se encaixa melhor no seu perfil. Além disso, o contato com uma família local poderia também ajudar nessa decisão de onde ficar em Toronto. Sem dúvidas, essa alternativa pode trazer muito mais tranquilidade e confiança para o seu processo.

Apesar de certas homestays aceitarem casais, existe uma outra opção bem comum. Diversas famílias com dois ou mais membros optam por escolher um membro da família para chegar no país sozinho para poder resolver a questão da moradia antes que os outros membros cheguem. Dessa forma, é possível economizar um pouco durante essa transição.

Uma outra dica para recém chegados que estão procurando onde ficar em Toronto é passear pela região desejada e observar se os prédios estão com placas indicando apartamentos disponíveis. Em caso afirmativo, basta entrar na portaria do prédio e procurar pelo landlord. Muitas vezes você poderá se candidatar para ser um inquilino naquele momento. Além disso, muitos landlords têm contatos com empresas que possuem prédios residenciais. Eles podem dar informação sobre outros apartamentos disponíveis na cidade.

Onde ficar em Toronto

Apesar de ser muito importante se planejar com antecedência, recomendamos que você já esteja na cidade antes de assinar qualquer contrato. Não tente alugar um apartamento à distância. Além de existirem golpes, é muito importante enxergar a cidade com os seus próprios olhos. Assim você pode analisar os imóveis e a vizinhança pessoalmente. Afinal, aquele lugarzinho será o seu novo lar. Não deixe de conversar também com a pessoa responsável pela propriedade.

Alguns dos sites que você pode usar para procurar imóveis para alugar em Toronto são:

Onde ficar em Toronto: explore à distância

Como a escolha de onde ficar em Toronto depende muito do perfil de cada pessoa e cada família, recomendamos que você continue explorando a cidade antes de se mudar.

A revista Toronto Life criou uma ferramenta bem interessante para explorar as opções de bairros na cidade. A ferramenta de permite selecionar o nível de importância de critérios como custo de moradia, transporte público, segurança e entretenimento. A cada vez que você muda o nível de importância de um critério, a lista de bairros é atualizada. Para acessá-la, clique aqui.

Enfim, Toronto é uma cidade grande suficiente e conta com as mais diversas alternativas de moradia. É possível encontrar opções para as diferentes necessidades e preferências. Apesar de os apartamentos serem a escolha mais popular entre os brasileiros que chegam ao Canadá, há também a opção de alugar casas inteiras, basements, laneways e townhouses. Aqui em nosso blog você encontra um texto que explica um pouco melhor os diferentes tipos de moradia no Canadá

Todo o processo de mudança é bem complicado e leva tempo, mas sempre vale a pena! E nós esperamos que essas informações possam trazer mais tranquilidade e confiança para o seu processo.

62 Compart.
Diez mejores ciudades del mundo

Mais uma vez, cidades do Canadá estão entre as melhores do mundo para se viver

A revista inglesa “The Economist” divulgou o ranking de 2016 das melhores cidades para morar e, mais uma vez, três das principais cidades canadenses estão no Top 10: Calgary, Toronto e Vancouver.

No total, a pesquisa avaliou 140 países diferentes e considerou 30 fatores na análise. Entre eles estão segurança, saúde, meio ambiente, cultura, educação e infraestrutura.

A cidade de Calgary alcançou a 5ª colocação, e levou nota máxima nos quesitos saúde, educação e estabilidade. A pontuação mais baixa foi em cultura e meio ambiente: 89,1. Logo na frente, em 4º lugar, ficou Toronto com nota máxima em estabilidade, saúde e educação. A nota mais baixa foi em infraestrutura: 89.3. Já Vancouver foi a campeã das canadenses, atingindo a 3ª colocação geral. A cidade de British Columbia atingiu nota 100 em saúde, cultura, ambiente e educação. A nota mínima foi em infraestrutura: 92.9.

Veja abaixo o TOP 10:

1)Melbourne (Austrália)
2)Vienna (Áustria)
3)Vancouver (Canadá)
4)Toronto (Canadá)
5)Calgary (Canadá)
6)Adelaide (Austrália)
7)Perth (Austrália)
8)Auckland (Nova Zelândia)
9)Helsinki (Finlândia)
10)Hamburg (Alemanha)

Canadá: Paraíso dos imigrantes

Além de ter três das 10 melhores cidades do mundo para se viver, o Canadá é também muito conhecido pela sua receptividade aos imigrantes. Em reportagem recente ao portal El País, ele recebeu o título de “paraíso dos imigrantes”.

O jornal destacou a política do ministro Justin Trudeau, que prevê conceder a residência permanente a 300.000 estrangeiros só este ano, sendo 25.000 refugiados sírios. Ainda de acordo o El País, “os imigrantes representam, desde 2000, 31% do aumento de trabalhadores altamente qualificados no Canadá, acima de 21% dos EUA e 14% da Europa”.

Clique aqui para ter acesso à reportagem completa do El País

20K Compart.

Como comer bem e barato em Toronto

Vida de estudante intercambista não é fácil, sobretudo quando o assunto é economizar nas despesas do mês. A gente tenta economizar aqui e ali, mas acaba gastando mais do que o necessário, principalmente quando o assunto é a alimentação. O tempo para cozinhar é curto e muitas vezes o que resta é comer na rua, aí entram as opções de fast-food, que são mais baratas, mas nada saudáveis. Pensando nisso, nós resolvemos dar aquela forcinha e mostrar que é possível comer bem e barato na maior cidade do Canadá: Toronto.

Toronto é uma cidade multicultural, então você encontra restaurantes de diversos lugares do mundo. E essa pluralidade de cardápios faz com que surjam muitas promoções (que adoramos!) para chamar mais a atenção das pessoas, principalmente dos turistas. Neste contexto, encontramos também algumas opções bem atraentes, do tipo all you can eat (buffet livre) ou aquelas com pratos bem servidos a um preço bem camarada. Veja abaixo:

El Furniture Warehouse
Local: 410 Bloor St W
Horário: Segunda a sexta, de 11h às 2h.

O El Furniture Warehouse é um restaurante com cara de pub localizado no centro de Toronto no qual todas as opções do cardápio custam apenas CAD $4.95 todos os dias da semana. Isso mesmo, todos os dias! Além de baratos, os pratos são saborosos, elaborados com ingredientes orgânicos e produzidos localmente. Seja na opção de hambúrguer, taco ou poutine, você não vai se arrepender!

Salad King
Local: 340 Yonge Street
Horários: Segunda a quinta, de 11h às 22h; sexta, de 11h às 23h; sábado, de 12h às 23h; e domingo, de 12h às 21h.

Este restaurante de comida tailandesa oferece 20% de desconto para estudantes, basta mostrar uma carteirinha válida. O cardápio é bastante variado com opções de carne branca e vermelha, frutos do mar, sopas, macarrão e sobremesas e o prato mais caro custa CAD $11.50.

Kinka Izakaia
Local: 398 Church Street
Horários: De segunda a domingo – Almoço: 11h30 às 14h e ; Jantar: 17h às 00h

Neste restaurante, a decoração te leva a fazer uma viagem ao Japão enquanto saboreia os pratos do local, que vão muito além do sushi. O interior possui duas áreas de refeições – o bar, com mesas e cadeiras de madeira – e um espaço com tatame e luzes baixas bem aconchegantes, onde você pode sentar no chão para fazer sua refeição. O menu varia de clássicos pratos japoneses às mais modernas ofertas, com preços bem atraentes.

Pour Boy
Local: 583 College Street / 666 Manning Avenue
Horário: De segunda a domingo, de 11h30 às 2h

Com duas unidades em Toronto, o restaurante é bem famoso entre os estudantes e para quem quer comer bem e barato. Começando pelas entradas que variam de CAD $5.50 a CAD $9.50 e oferecem opções diversas como batata frita, tortillas, frutos do mar servidos com molhos, entre outros. Para os pratos principais, o leque de opções abrange saladas a CAD $6.50, sanduíches (brunch) a CAD $7.75, sopas, que podem ser encontradas a CAD $5.50, massas e grelhados a CAD $9. Clique aqui para ter acesso ao cardápio da Mannin Avenue e aqui para saber das novidades do College Street.

Mandarin
Local: 2200 Yonge Street (próximo à estação de metro da Eglinton).
Horários: Segunda, de 11h30 às 15h e 16h30 às 21h30; terça e quarta, de 11h30 às 15h e 16h30 às 21h30; quinta, de 11h30 às 15h e 16h30 às 22h30; sábado, de 11h30 às 15h e 16h30 às 22h30; e domingo, de 11h30 às 15h e 16h30 às 21h30.

Este all-you-can-eat (você paga uma vez e come à vontade) de comida chinesa em Toronto é muito famoso entre os intercambistas, pois oferece uma grande variedade de comida a um preço bem acessível. Você pode se deliciar entre saladas, sopas, grelhados, sushi, pizza, além das sobremesas (que são muitas!). De segunda a sexta, o almoço custa CAD $16.99 por pessoa e o jantar CAD $21.99. Nos fins de semana e feriados, custa CAD $24.99 durante o almoço e CAD $31.99 no jantar. Há descontos para crianças de até 12 anos e pessoas com mais de 65 anos. Vale lembrar de acrescentar a taxa de serviço + gorjeta. Bebidas não estão inclusas no pacote.

The Real jerk
Local: 842 Gerrard St E / 1004 Kingston Rd
Horários: Gerrard – De segunda a quarta, de 11h30 às 23h; quinta, de 11h30 às 00h; sexta, de 11h3 às 1h; sábado, de 12h às 1h; e domingo, de 14h às 22h.
Kingston – Segunda, de 16h às 22h; terça e quarta, de 11h30 às 23h; quinta, de 11h30 às 23h; sexta, de 11h30 às 00h; sábado, de 13h às 00h; e domingo, de 13h às 21h.

O local ganhou atenção internacional quando a cantora Rihanna escolheu o este restaurante caribenho para gravar o clipe da música “Work” com o rapper Drake no local, no início de 2016. O restaurante é um ponto histórico, com mais de 30 anos de tradição, o que ratifica a qualidade dos produtos oferecidos. Com um clima bem irreverente em uma “great vibe”, você pode se deliciar com diversas opções de pratos caribenhos a preços bem bacanas. Para você ter ideia, o prato mais caro custa CAD $23. Clique aqui para conferir o cardápio da Gerrard e aqui para se deliciar nas opções da Kingston (beaches).

298 Compart.

Conheça os outlets em Toronto

Todo mundo gosta de ir às compras quando viaja para algum lugar diferente, ainda mais quando falamos de países da América do Norte, onde estão as marcas mais queridinhas dos brasileiros a preços imbatíveis. Toronto tem um forte concorrente ao lado, que são os Estados Unidos, mas mesmo assim a cidade oferece outlets incríveis com preços que, muitas vezes, valem mais a pena do que atravessar a fronteira. Confira abaixo as melhores opções de compras em Toronto:

Premium Outlets
Endereço: 3850 Steeles Avenue West – Halton Hills, Ontario, L7G 0J1
Funcionamento: de segunda a sexta, de 10h às 21h; sábado, de 9h30 às 21h; e domingo, de 11h às 19h.

Aproximadamente 30 minutos de carro de Toronto pela rodovia 401, o Premium Outlets é uma rede super famosa que reúne marcas prestigiadas com descontos que chegam a 60% em relação aos preços praticados em outros estabelecimentos. O acesso é bem tranquilo e você pode chegar no local por transporte público: pelo Go Transit (trem de superfície que liga o centro de Toronto aos subúrbios) é só parar na estação Milton ou Meadowvale, e de lá pegar táxi para o outlet (cerca de 5 a 7 km); a empresa King Tours oferece serviço fretado até o local e custa C$30 por pessoa.

Imagina comprar na Calvin Klein, Michael Kors, Hugo Boss, NIke, GAP, Banana Republic, Puma, Tommy Hilfiger e sair com presente para a família toda? Então não deixe de visitar este outlet.

Vaughn Mills Mall
Endereço:1 Bass Pro Mills Drive, Vaughan, ON L4K 5W4, Canada
Funcionamento: de segunda a sábado, de 10h às 21h; e domingo, de 11h às 19h

Este é um outlet que oferece ótimos preços em marcas como Lacoste, Oakley, Fossil, Armani, H&M, DKNY, Guess e muito mais. Localizado na cidade de Vaughan-ON, está a 31 quilômetros ao norte de Toronto. Para quem alugou um carro e tem um tempinho a mais para as compras, este shopping é uma ótima opção, já que fica perto do parque temático Wonderland, onde a família pode combinar um segundo passeio.
Além de ser possível chegar de metrô, o shopping oferece transporte gratuito de ida e volta, duas vezes ao dia, partindo da Union Station entre os dias 1° de junho e 30 de setembro; e 30 de novembro a 26 de dezembro.

Dixie Outlet Mall
Endereço:1250 South Service Road – Mississauga
Funcionamento: de segunda a sexta, de 10h às 21h; sábado, de 9h30 às 18h; e domingo, de 11h às 18h.

Por ser mais próximo do centro de Toronto, O Dixie Outlet Mall normalmente é um dos mais concorridos pelos turistas. Localizado no caminho de Niagara Falls, o local acumula mais de 120 lojas, entre Guess, Aldo, Levi´s, The One, Puma, Urban Planet. Para chegar via Go Transit, pegue o trem na Union Station em sentido Lakeshore West Line, desça na estação Long Branch e pegue o ônibus Mississauga Transit Route 5 North até o shopping.

Orfus Road Outlet
Endereço:120 Orfus Rd
Funcionamento: Por não ser um outlet propriamente dito, os horários variam de loja a loja, porém a maioria funciona de segunda a sexta, de 10h às 21h; e de 10h às 18h no domingo.

Uma opção mais simples, mas que pode ser bem atraente, o Orfus Road Outlet é uma sequência de lojas que ficam praticamente dentro de Toronto. Tem fácil acesso via transporte público e lá você encontrará, além das marcas famosas, algumas não tão consagradas, mas que são de boa qualidade, como Ardene, Sirens, Roots, Suzy Outlet, Diana James Dresses (roupas para casamento), entre outras. Para chegar ao outlet, siga a direção norte de Lawrence, entre Dufferin e Caledonia. Como é uma rua com muitas opções de lojas, a dica é ir com uma roupa bem confortável para aproveitar ao máximo.

Heartland Town Centre
Endereço: Corner of Mavis and Britannia – Mississauga
Funcionamento: O horário de funcionamento pode variar de acordo com cada loja.

Direcionado aos visitantes que estão na região Mississauga (oeste de Toronto), o Heartland é um outlet que fica numa área aberta, com diversas opções de compra de vestuário, como Adidas, Calvin Klein, H&M, Marshalls, além de outras alternativas como a Best Buy, Canadian Tire e Costco.

6 Compart.

Festa da virada em Vancouver e Toronto

2017 está chegando! E pensando em você que vai passar a virada em Toronto ou Vancouver, nós decidimos reunir aqui informações sobre a festa oficial das duas cidades, que este ano promete ser especial, já que irá marcar a abertura das comemorações do aniversário de 150 anos do Canadá. Nós também preparamos uma seção especial com informações sobre o transporte público. Veja abaixo:

Toronto

Em Toronto, a festa oficial da cidade será na Nathan Phillips Square, a partir das 7pm deste sábado, dia 31 de dezembro. O evento contará com apresentações musicais ao vivo, uma festa de patinação no gelo, DJs e a tradicional queima de fogos de artifício às 00h. Veja a programação completa:

7 pm – Festa de patinação no gelo com o DJ Shub. O evento é patrocinado pelo Tim Hortons.
8 pm – Show ao vivo com a cantora Nefe
8:45 pm – Show com Exco Levi & High Priest – Reggae Music
9:30 pm – DJ Shub
9:45 pm – Boogat | Um MC com uma abordagem única. O artista é ganhador do ADISQ Felix Award (Quebec) e já teve músicas em filmes e seriados dos EUA, incluindo “Homeland”.
10:30 pm – DJ Shub com mixagem de vídeo ao vivo com a artista Roxanne Luchak.
10:55 pm – Walk Off the Earth
11:55 pm – Contagem regressiva para 2017 e fogos de artifício.

Clique aqui para mais informações sobre o evento

Transporte público em Toronto

Entre às 7pm deste sábado, dia 31 de dezembro, até às 7am de domingo, dia 1º de janeiro, o TTC (Toronto Transit Commission) será gratuito. O sistema de metrô terá seu horário estendido até às 4am. Após esse horário é possível usar ônibus ou streetcar. Clique aqui para saber mais informações sobre o sistema de transporte de Toronto.

Vancouver

Em Vancouver, a festa da virada acontece no Canada Place, entre as ruas Howe, Thurlow e Burrard, neste sábado, dia 31 de dezembro, a partir das 6:30pm. O evento contará com shows gratuitos ao vivo, exibição de patrocinadores, mais de 20 food trucks, e também a tradicional contagem regressiva e queima de fogos. Confira abaixo a programação completa de shows:

The peak stage

6:30 p.m: Show Stoppers
7:00 p.m: Crystal Shawanda
7:45 p.m: Special appearance by The Sheepdogs
8:20 p.m: Isabelle Longnus
9:00 p.m: Primeira queima de fogos de artifício
9:05 p.m: Tonye Aganaba
9:55 p.m: Wintersleep
11:00 p.m: The New Pornographers
12:00 a.m: Queima de fogos

JRFM Stage:

7:00 p.m: Show Stoppers
7:45 p.m: Beamer Wigley
8:30 p.m: Spencer Burton
9:30 p.m: Dan Davidson
10:45 p.m: Meghan Patrick

Clique aqui para mais informações sobre o evento

Transporte público em Vancouver

Em Vancouver, todo o transporte público será gratuito após às 5pm do dia 31 de dezembro até às 5am do dia 1º de janeiro. O serviço de skytrain será estendido em uma hora e contará com veículos extras durante a noite. O SeaBus também funcionará por uma hora a mais, sendo o último saindo de Lonsdale Quay às 2:02am e o último saindo da Waterfront Station às 2:22am. O serviço de ônibus seguirá o horário normal previsto para sábado, com alguns veículos extras. Clique aqui para mais informações.

50 Compart.

5 coisas que você precisa saber antes de embarcar para o Canadá

Há algum tempo atrás, nós elaboramos um texto com cinco dicas úteis para quem acabou de chegar ao Canadá. Agora, nós decidimos voltar ao assunto e mostrar mais cinco coisas que você precisa saber antes de embarcar de vez para o país. Elas vão desde hábitos canadenses para você não passar vergonha a até informações úteis como conversão de pesos e medidas. Indicamos que você leia os dois textos para que já chegue ao país preparadíssimo para a nova vida!

Veja abaixo os tópicos que separamos para você desta vez:

1) Tire os sapatos quando chegar na casa de alguém: No Canadá, todos têm o costume de tirar o sapato logo na entrada de casa. Geralmente todas as casas já contam com um espacinho reservado para os convidados deixarem os calçados. O hábito serve para tentar manter a casa sempre limpa, livre da sujeira da rua. Então, prepare-se para ficar apenas de meias mesmos nas festas!

2) Saiba como converter medidas: No Canadá, as medidas comuns são diferentes daquelas que estamos acostumados no Brasil. A libra, por exemplo, é muito mais usada do que o kilo. Além disso, eles também usam pés, inches, miles, fahrenheit, oz (ounce). Veja a tabela abaixo:

  • 1 Inch (polegada) = 2,54 centímetros
  • 1 Mile (Milha) = 1,6 Km
  • 0 Celsius = 32 Fahrenheit
  • 1 oz (ounce) = 0,029 litros
  • 1 lb (libra) = 0,54 kg
  • 1 feet (pé) = 0, 30 metros

3) Leve sua própria sacola ao supermercado: No Brasil, a prática de levar a sua própria sacola para o supermercado está ficando cada vez mais comum. Porém, no Canadá, esta prática já está mais do que consolidada e praticamente todo mundo tem um carrinho de compras ou sua própria sacola. Aqui, se você quiser levar suas compras nas sacolas de plástico do supermercado, deverá pagar por cada sacolinha.

4) Em restaurantes, espere para ser levado até a sua mesa: No Brasil, é comum chegarmos em bares e restaurantes e ir logo escolhendo uma mesa para sentar. Porém, no Canadá, a maioria dos estabelecimentos contam com host ou hostess, que é a pessoa responsável por recebê-lo na porta e levá-lo até a mesa. Portanto, sempre espere na porta e jamais saia entrando e sentando em qualquer lugar.

5) Leve sempre seu lanchinho ou almoço para o trabalho: Normalmente o horário de almoço no Canadá é de apenas 30 minutos. Portanto, se você levar o seu próprio lanche você vai economizar tempo e dinheiro. No Canadá, todos têm o costume de levar seu sanduíche ou marmita para comer no intervalo. Não é vergonha nenhuma ;)

2K Compart.

Depoimento: Primeiras impressões sobre Toronto

Há pouco tempo atrás, nós conversamos com um casal que chegou a Vancouver recentemente para dividir conosco suas experiências e as primeiras impressões sobre a cidade. Agora, pensando em quem está planejando sua ida para Toronto, nós convidamos um outro casal de clientes para contar o que eles estão achando sobre a maior cidade do Canadá.

Crisleine e Cristian Cajueiro, ambos de 30 anos, são de Belo Horizonte, trabalhavam como bancários no Brasil e estão morando em Toronto há pouco mais de um mês. A decisão de arrumar as malas e embarcar de vez para o Canadá foi tomada há dois anos, durante uma conversa com o irmão de Cristian. “O irmão dele também tinha o interesse de morar fora do Brasil e estávamos buscando uma melhor qualidade de vida, segurança e um bom lugar para criar filhos. Foram dois anos de muito planejamento e inúmeras pesquisas”, contou Crisleine.

Segundo ela, no início, o medo tomou conta, mas agora eles têm certeza que escolheram o caminho certo. “A caminhada aqui está apenas começando, nada é fácil, mas sabemos que teremos uma vida maravilhosa neste lugar. O irmão do Cristian está em Calgary, mas nós optamos por Toronto ser uma cidade com mais oportunidades em nossa área – o ramo financeiro. A cidade é linda, agitada e bem a nossa cara”, destacou.

Atualmente, Cristian e Crisleine estão estudando inglês na Quest Language Studies. Porém, ele irá começar a pós-graduação em Global Business Management na Centennial College em Janeiro de 2017. “O Cristian já está no programa Pathway e estudará por três meses. Eu, como tenho o inglês mais básico, vou estudar por seis meses”, disse Crisleine. Os dois destacaram o apoio da 3RA Intercâmbio. “Foi sensacional todo o apoio que a 3RA nos deu e nos dá até hoje. São sempre solícitos. A Bárbara do escritório de Toronto, que nos acompanha mais de perto, é uma pessoa maravilhosa!”, disse.

Primeiras impressões sobre a cidade

entrevista-torontoDe acordo com eles, uma das coisas que mais chamaram atenção foi a segurança, que é bem diferente do Brasil. “Aqui é completamente o oposto. Você se sente muito seguro quando vê a pessoa do seu lado do metrô usando o notebook dela, iphone…As pessoas andam com as bolsas abertas e nem se preocupam. Um vez alugamos um carro e quando fomos abastecer, o Cristian esqueceu a carteira em cima do teto do carro e ela acabou caindo no chão quando fomos embora. A pessoa que achou entregou na loja de conveniência. A carteira estava com CAD $ 200 e ninguém mexeu em nada”, relembrou Crisleine.

Eles também destacaram o sistema de transporte da cidade. “As coisas aqui funcionam de verdade. A cidade é grande, bem movimentada, mas muito estruturada. Temos um transporte público que funciona, que geralmente não atrasa, o que é bem diferente do que estávamos acostumados a vivenciar em Belo Horizonte”, revelaram.

Fatos curiosos

Para eles, algo curioso é o fato de Toronto ter muitas obras durante o Verão. “Nesta época do ano percebemos que a cidade está repleta de obras, porque ninguém vai querer trabalhar nos -30 graus do inverno. Então, eles aproveitam o momento para fazer toda e qualquer obra necessária na cidade. Isso para a gente é um pouco estranho, já que no Brasil se faz obra a qualquer época do ano, então não se vê tantas obras juntas de uma vez”, falaram.

Cristian e Crisleine também destacaram o fato de a cidade ser multicultural. “Temos contato com várias culturas diferentes, e isso é bem legal. Por conta disso, há também uma variedade enorme de comida: Grega, Árabe, Tailandesa, Indiana…Ainda estamos nos acostumando com os novos sabores, mas no início estranhamos um pouco os temperos. Uma coisa é fato: Gasta-se muito pouco com fast food, mas não é muito saudável, né?!”, brincou Crisleine.

Eles também acharam diferente a forma como as pessoas se comportam no trânsito e algumas regras. “Os motoristas podem virar à direita mesmo com o semáforo fechado. Eles sempre tomam muito cuidado com os pedestres e ciclistas”, destacaram.

Domínio do Inglês

Para eles, o ritmo de aprendizado do idioma no Canadá é completamente diferente. “Aqui estamos imersos na língua e na cultura é muito mais rápido para aprender. Estamos gostando muito! As pessoas de Toronto se esforçam ao máximo para te ajudar principalmente quando percebem que você não tem o domínio da língua ainda”, contou Crisleine.

Agora, a expectativa está no início do College do Cristian e no futuro canadense que começaram a construir. “O Cristian está super ansioso e já está se preparando, pois ouviu falar que o ritmo é bem puxado e precisa de muita dedicação. Estamos muito felizes aqui no Canadá. Foi a melhor decisão que já tomamos em nossas vidas. Claro que aqui não é o lugar perfeito, mas quando se compara com o Brasil, é o paraíso! Escolher viver longe de tudo que você já construiu e deixar tudo para trás não é e nunca será uma decisão fácil, mas cada é uma escolha e cada um sabe o que é melhor para si”, finalizou Crisleine.

Clique aqui e saiba como estudar e trabalhar em Toronto

210 Compart.

“Turistando” com crianças: Conheça o Yo-Toronto

Às vezes, fazer turismo com crianças pode ser um pouquinho complicado, já que os pequenos podem ficar impacientes com a programação de “gente grande”. E foi pensando nisso que o Tourism Toronto lançou, em junho deste ano, o projeto Yo-Toronto. A iniciativa, que é um web-site super bacana, tem como objetivo deixar as crianças cada vez mais envolvidas nos passeios em Toronto.  

O site conta com jogos, atividades, vídeos e curiosidades. Ao entrar na página, os pequenos já se deparam com um mapa colorido com as 20 principais atrações turísticas da cidade e um vídeo ou uma breve explicação divertida sobre cada uma. Além disso, para cada ponto são apresentadas diversas atividades diferentes como imagens para colorir, jogos, testes, piadas, labirintos, entre outros. Há até mesmo uma lista com cinco “PokéStops” para ajudar as crianças a capturarem Pokémons com o aplicativo “Pokemon Go”, a sensação do momento.

A página é de fácil navegação e pode ser acessada de desktop, celular ou tablet. Ela é divida em três categorias, a “Explore”, a “play” e a “watch”. Desta forma, as crianças conseguem achar com facilidade o que querem.

Um outro ponto interessante é que as crianças também tem acesso a vários fatos curiosos. Por exemplo, você sabia que a CN Tower tem 1776 degraus e seis elevadores com portas de vidro? Sabia também que a maior e mais rápida montanha-russa do Canadá tem 93 metros, chama-se Leviathan e fica em um parque de Toronto? Pois é. Seus filhos terão acesso a muitas outras informações do tipo!

Gostou da ideia? Então mostre logo para seus pequenos se divertirem e aprenderem enquanto passeiam pelas ruas de Toronto!

Clique aqui e para saber como estudar em Toronto

11 Compart.

Cinco supermercados para fazer compras e economizar em Toronto

Toronto é uma cidade muito grande e que conta com inúmeras opções de supermercados. Com isso, muitas pessoas que acabaram de chegar ao país não sabem exatamente quais são os locais mais baratos e acabam gastando mais do que o necessário por irem ao local errado. Pensando nisso, nós da 3RA Intercâmbio resolvemos preparar um guia com os cinco supermercados mais baratos da cidade. Confira:

**Clique aqui para ter acesso a lista dos cinco supermercados mais baratos de Vancouver

1)FreshCo:
O FreshCo é um dos supermercados mais baratos de Toronto e o mais legal é que ele geralmente conta com uma boa seção de produtos internacionais na qual é possível encontrar várias comidas brasileiras para matar um pouquinho da saudade. Ele também conta com uma marca própria, a Compliments.

2)Valu-Mart
O Valu-Mart também está entre os supermercados mais baratos de Toronto. As lojas costumam ser um pouco menores dos que as das outras redes, mas lá é possível encontrar produtos da marca President’s Choice, que são muito bons e possuem preços acessíveis.

3) No Frills
Nós já falamos do No Frills no texto que fizemos sobre os supermercados mais baratos de Vancouver e em Toronto não é diferente: Ele continua sendo o queridinho dos brasileiros, principalmente por conta da marca própria – a “No Name” – que tem um precinho bem em conta e tem produtos de boa qualidade.

4) Walmart
O Walmart também é um dos supermecados mais famosos entre os brasileiros. A principal característica dele é vender de tudo um pouco – desde alimentos até produtos de beleza, roupas e coisas para a casa. Assim como o No Frills e o FreshCo, o WalMart tem sua própria marca, a Great Value.

5) Costco
Assim como em Vancouver, o Costco é uma ótima opção para quem quer comprar produtos em grandes quantidades por um precinho camarada. Assim como no Walmart, no Costco você vai encontrar um pouco de tudo: além de alimentos, frutas e verduras, produtos de beleza, roupas, eletrônicos e até móveis. O local também conta com a própria marca, a Kirkland. Para comprar no Costco você precisa ter o cartão do estabelecimento, que é adquirido após o pagamento de uma taxa anual de CAD$ 55.

Outros supermercados de Toronto:
-Metro
-Sobeys
-Loblaws
-Real Canadian Superstore
-Longo’s

Clique aqui para saber como fazer um intercâmbio em Toronto

316 Compart.

10 aplicativos úteis e gratuitos para quem mora em Toronto

É fato que a nossa vida mudou muito depois do avanço da internet e dos smartphones. Se você ainda tem dúvidas, apenas pare para pensar: Você consegue lembrar como era andar por um local desconhecido carregando um mapa? Como nós fazíamos sem ter um GPS ali, bem na palma da mão? E quando tínhamos que esperar o ônibus pacientemente, sem acompanhar os horários ou a rota em tempo real? Ou pior: sem o nosso celular para nos distrair com o facebook ou outros aplicativos? Outra realidade, não é mesmo?!

A internet e os smartphones tornaram-se tão fundamentais que fica difícil nos imaginar sem eles atualmente. Na vida de um novo imigrante ou intercambista, eles assumem um papel ainda mais importante: através dos aplicativos, eles ajudam na adaptação à rotina do local e tornam o início da nova vida um pouquinho mais fácil. Por isso, nós escolhemos 10 aplicativos gratuitos que irão facilitar (e muito!) a vida dos recém-chegados a Toronto. Confira:

1) RocketMan

O RocketMan é um aplicativo gratuito e muito importante para aqueles que irão precisar usar ônibus ou streetcar nas ruas de Toronto. O aplicativo mostra direitinho quais veículos passam no ponto em que você está além da hora exata de chegada deles. O RocketMan também mostra todos os pontos de bike sharing, nos quais você pode alugar uma bicicleta ou devolvê-la.

 2) TTC Navigator

Outro aplicativo super útil no que se refere a transporte é o do TTC, órgão responsável pelo transporte público de Toronto. Nele é possível ter acesso ao mapa do metrô e também aos horários de saída dos ônibus e streetcar em diferentes localidades. O TTC Navigator também mostra qual a estação mais perto de você e os horários de chegada dos veículos em tempo real.

3) Flixster

O Flixster é o aplicativo ideal para quem gosta de ir ao cinema. Ele mostra os horários de todos os filmes que estão em cartaz em Toronto e região. É possível acessar ainda trailers, lançamentos e notícias relacionadas ao mundo do cinema.

4) Free Wi-Fi Finder

Com este aplicativo você poderá encontrar os locais que possuem internet gratuita disponível. Ele funciona não apenas no Canadá, mas também no Brasil. Em Toronto ele é bem eficiente e você pode procurar a rede até mesmo offline.

5) Flipp

O Flipp é um aplicativo que para quem deseja economizar na hora de fazer compras. Com ele você terá acesso aos folhetos de promoção de diferentes lojas e supermercados. Caso deseje, você também poderá escolher apenas as lojas que estão perto do local onde você está. No Flipp você terá acesso ainda a vários cupons de desconto.

6) Toronto Bike Map

Este é um aplicativo excelente para os amantes da bike. Com o Toronto Bike Map você terá acesso a todas as ciclovias da cidade além de poder verificar as direções que são permitidas para bicicletas.

7) Toronto Parking

Esse aplicativo facilita muito a vida de quem tem carro. Ele mostra quais são os estacionamentos que estão mais perto de você, o valor, e o número de vagas disponíveis.

8) Toronto in Time

Este aplicativo é super interessante para quem quer conhecer a história de vários locais em Toronto. Baseado na sua localização, ele irá mostrar as histórias dos lugares que estão mais perto de você. O aplicativo conta ainda com galeria de fotos e também o “antes e depois” dos locais.

9) The Weather Channel

Todo mundo sabe que o tempo em Toronto é um pouquinho louco e ter um aplicativo que mostra a temperatura é bem útil. Assim você pode se preparar para enfrentar as baixas temperaturas e planejar seus passeios sem ter alguma surpresa desagradável.

10) Toronto Beaches Water Quality

Este aplicativo apresenta avaliações de qualidade da água das praias de Toronto e região. Você pode consultar os dados através de uma lista ou em um mapa. O Toronto Beaches Water Quality lista ainda os níveis de bactérias na água de cada praia.

Clique aqui para descobrir como fazer um intercâmbio em Toronto

 

 

46 Compart.