Não perca a “Veg Food Fest” que acontece amanhã em Toronto

Toronto é uma cidade com uma grande diversidade, não somente cultural, mas também gastronômica. Diversos eventos que ocorrem durante o ano trazem sabores do mundo inteiro e agradam os paladares mais requintados.

Muito se tem falado atualmente sobre cozinha vegetariana e vegana, seus benefícios para a saúde e para o meio ambiente, a maioria dos restaurantes estão incorporando opções vegetarianas e veganas ao seus cardápios e se você já é fã dessa culinária ou gostaria de conhecer mais, uma ótima opção de lazer para amanhã é a “Veg Food Fest”que ocorre na Harbourfront Centre, 235 Queens Quay West.

Chefs locais e internacionais irão surpreender o seu paladar com pratos vegetarianos e veganos que você nem sabia que estava perdendo em sua vida.

Organizado pela Toronto Vegetarian Association, você vai encontrar nesse evento mais de 160 fornecedores, poderá assistir a mais de 40 horas de apresentações e workshops com palestrantes envolventes e ouvir músicas com curadoria do Toronto Downtown Jazz.

Os organizadores dizem que este é o maior festival vegetariano da América do Norte! Não perca, a entrada é franca!

Canadá possui 3 das cidades mais habitáveis do mundo.

A Unidade de Inteligência Economista “Economist Intelligence Unit” (EIU), líder mundial em inteligência global de negócios, lançou o seu Relatório Anual Global de Habitabilidade.

O conceito de habitabilidade é simples: avalia quais locais do mundo oferecem as melhores ou as piores condições de vida.

A classificação de habitabilidade da Economist Intelligence Unit quantifica os desafios que podem ser apresentados ao estilo de vida de um indivíduo em 140 cidades em todo o mundo. Cada cidade recebe uma pontuação para mais de 30 fatores qualitativos e quantitativos em cinco grandes categorias: Estabilidade, Sistema de Saúde, Cultura e Meio ambiente, Educação e Infraestrutura.

Três cidades canadenses entraram na lista: Calgary em quinto lugar, Vancouver em sexto e Toronto em sétimo.

Abaixo você confere a lista das 10 cidades mais habitáveis do mundo:

  1. Viena, Áustria
  2. Melbourne, Austrália
  3. Sydney, Australia
  4. Osaka, Japão
  5. Calgary, Canadá
  6. Vancouver, Canadá
  7. Toronto, Canadá
  8. Tóquio, Japão
  9. Copenhague, Dinamarca
  10. Adelaide, Austrália

Vale a pena destacar Vancouver, que só nesse ano apareceu em diversas listas sendo considerada:

  • A terceira melhor cidade do mundo em qualidade de vida
  • A décima melhor cidade do mundo em equilíbrio entre vida pessoal e profissional
  • A décima sexta melhor cidade estudantil do mundo
  • A cidade mais amigável do mundo

Essas listas são de grande importância para quem está planejando um intercambio no exterior, pois ajudam muito na escolha do país e da cidade certos. Ainda tem dúvidas sobre esse assunto? O blog da 3ra está cheio de conteúdo e informações sobre o Canadá e as melhores cidades para fazer intercâmbio.

Melhores oportunidades de emprego e salário em Toronto? Faça um MBA.

Toronto está entre as cidades mais procuradas para intercâmbio e imigração. Com uma população de 2,8 milhões de habitantes, a cidade se consolida cada vez mais com um mercado de trabalho que atrai talentos de todo o mundo.

Em termos de salário, o salário médio para graduados em MBA é de $82.000 por ano, e pode chegar além de $130.000 para cargos executivos.

Além de um salário mais alto, a obtenção de um MBA cria oportunidades como: obter experiência no setor de seu interesse, fazer conexões inestimáveis por meio de networking e aperfeiçoar suas habilidades de negócios de primeira linha.

Claro, encontrar a Universidade certa é fundamental. Na 3ra você recebe todas as informações necessárias e suporte para que você escolha a melhor Universidade. Durante todo o seu processo de intercâmbio a 3ra te acompanha e assessora para que essa seja uma experiência de sucesso.

E para aqueles que já estão fazendo intercâmbio em Toronto, uma ótima notícia é que a maior turnê de MBA do mundo está chegando a Toronto.

No dia 22 de setembro, a QS World MBA Tour, acontece no Metro Toronto Convention Center, 255 Front Street West, North Building. O evento começa as 13h30 e vai ate às 18h.

Este evento responderá a todas as suas perguntas relacionadas ao MBA através de apresentações, oportunidades de networking e interações valiosas com recrutadores de mais de 45 escolas de negócios.

Além disso, você também receberá gratuitamente o seguinte: um Headshot profissional para você usar no seu perfil do LinkedIn, seu currículo revisado, acesso a um conjunto de bolsas no valor de $7 milhões e muito mais.

Tudo isso é gratuito para os participantes, então inscreva-se hoje! https://bit.ly/2lWSdrn

Dia 02 de Setembro é feriado do dia do Trabalho?

Como você já sabe o Dia do Trabalho é celebrado no Brasil e internacionalmente no dia primeiro de Maio, porém em vários países, essas datas variam, por exemplo, internacionalmente o Dia dos Namorados ocorre no dia 14 de Fevereiro, mas no Brasil comemoramos essa data no dia 12 de junho.

Com o Dia do Trabalho acontece o mesmo. No Canadá e nos Estados Unidos o Labour Day (Dia do Trabalho) é um Feriado Nacional comemorado na primeira segunda-feira do mês de Setembro, que neste ano cai amanhã dia 02.

A origem do feriado no Canadá se deu em 1872, quando a Assembléia do Comércio de Toronto organizou a primeira manifestação à favor do direito dos trabalhadores. Assim, este feriado surgiu em homenagem aos esforços para melhorar as condições de trabalho no país.

Com o tempo o virou tradição comemorar este feriado com piqueniques, desfiles, feiras e shows de fogos de artifício.

Se você mora em Toronto, não deixe de participar do Desfile do Dia do Trabalho que está comemorando 125 anos. O desfile viaja pela Queen Street, saindo da University Avenue, e finalmente entra na Exposição Nacional Canadense, CNE.

E se você mora em Vancouver não perca esses dois eventos:

O piquenique familiar organizado New Westminster & District Labour Council (nwdlc.ca), que representa cerca de 60.000 membros de 100 sindicatos locais em 14 comunidades do Baixo Continente. O evento está aberto a todos, das 11:30 às 14:30. no parque, localizado na Old Yale Road e King George Boulevard.

E as comemorações que ocorrerão no Burnaby Village Museum, com entretenimento ao vivo, passeios gratuitos de carrossel e muito mais. Você poderá conferir também a Exibição Através do Pacífico, a Caça ao Tesouro do Dia do Trabalho, o Pacific Spirit Quilters Guild e muito mais. O evento estará aberto, das 11h00 às 16h30, na Avenida Deer Lake, 6501, Burnaby. A entrada é franca!

Espetáculo aéreo em Toronto nesse fim de semana

O 70º Show Aéreo Internacional Canadense CIAS (Canadian International Air Show) se apresentará nos céus da Exposição Nacional Canadense, a CNE (Canadian National Exhibition) neste fim de semana.

O show acontecerá hoje, 31 de Agosto até Segunda-feira, 02 de Setembro, das 12h00 às 15h00.

Comemorando o seu 70º ano, o CIAS vai impressionar as multidões com um novo show que incluirá a equipe aérea da Royal Air Force, as Red Arrows, como parte de sua turnê North American Western Hawk 19.

O Red Arrows é reconhecido como uma das principais equipes de exibição aérea do mundo, tendo se apresentado cerca de 5.000 vezes em 57 países desde 1965, de acordo com a equipe organizadora da Exposição Nacional Canadense

Até agora, estas são as performances confirmadas:

  • Red Arrows da Royal Air Force
  • Snowbirds das Forças Canadenses
  • O veterano canadense Gord Price no Yak 50, de fabricação russa
  • USAF A-10
  • Demonstração da SAR do helicóptero Black Hawk da USAF
  • MiG 15
  • Brent Handy em um especial de Pitts
  • RAF A400M
  • RCAF Griffon
  • Expeditor
  • Ciclone RCAF CH-148

A entrada na CNE é gratuita com a sua inscrição, e você poderá ver o show aéreo de diversas localidades, porém se você quiser melhorar a sua experiencia, a CNE está disponibilizando ingressos que dão acesso a assentos reservados na melhor área pra ver o show, e outras vantagens como oportunidade de conhecer os pilotos, seção de autógrafos e muito mais! Para comprar ingressos acesse: https://bit.ly/2ydCkT1

Com certeza, um show que você não pode perder.

Não perca o Festival Coreano da Colheita em Toronto nesse fim de semana

O Canadá é um pais conhecido por abrir suas fronteiras para diversas nações e culturas e algumas cidades canadenses como Toronto são famosas por sediarem vários Festivais Internacionais como o “Korean Harvest Festival”, que acontecerá neste final de semana, nos dias 24 e 25 de Agosto na Praça Mel Lastman, à rua Yonge 5100.

O tema do Festival esse ano é “Coréia encontra o Mundo” e eventos especiais e perfomances no palco vão incorporar esta mensagem.

São esperados 35.000 visitantes, que irão aproveitar comidas e bebidas coreanas e poderão participar de muitas atividades culturais interessantes como o Concurso de Dança K-Pop, o Cantor Mascarado Campeão, vários concursos de comer, poderão assistir a Janice Jo Lee, Sina Bathaie, Lee Roa (HyunYoung) e muitas outras experiências divertidas de se ver.

Além disso, em colaboração com a Dream Makers, o festival estará trazendo convidados especiais e artistas convidados como Ricky Kim, Yooshin Kim e Seungju Ryu.

O evento tem entrada franca e será uma ótima oportunidade de conhecer mais sobre a Coréia, e sua belíssima arte, cultura e culinária.

Para mais informações acesse: https://www.torontokhf.com/

Concertos Musicais de Verão nos Parques de Toronto

Se você é amante de música e gosta de assistir concertos ao vivo, ainda dá tempo de participar dos Concertos de Verão que acontecem em Toronto. Os concertos são ao ar livre e são de graça, só fique atento em relação ao clima, pois chuvas e tempestades podem ser motivos para mudança na programação desses eventos.

O “Summer Music in the Park” ocorre no Village de Yorkville Park, localizado na Rua Bellair com a Rua Cumberland. Os concertos ocorrem nas Sextas, Sábados e Domingos, e os próximos eventos serão nos dias:

16 de Agosto – River North

17 de Agosto – Dueto Rob Tardik

18 de Agosto – Trio Christopher Platt

23 de Agosto – Trio Laura Hubert

24 de Agosto – Linda Carone

25 de Agosto – Quarteto Michael Lalonde

30 de Agosto – Trio Chris Robinson

31 de Agosto – Chung Randall Johnson

01 de Setembro – Quarteto Lucian Gray

02 de Setembro – Trio Peter Smith

06 de Setembro – Quarteto Brendan Cassidy

07 de Setembro – Trio Angela Turone

Já o “Music in the Park”que ocorre no Kew Gardens no Alex Christie Bandshell, no coração do The Beach(es), das 14h às 16h aos domingos. Os últimos 2 concertos serão nos dias:

18 de Agosto – Whiskey Jack

25 de Agosto – David Leask

A popular série de concertos “Summer Music in the Garden” retorna para outra temporada nas margens do Lago Ontário. Os concertos acontecem no Toronto Music Garden na maioria das quintas-feiras e aos domingos até dia 15 de setembro, também absolutamente grátis. Os próximos eventos serão:

15 de Agosto – Vozes da Europa Oriental com o quarteto feminino Blisk

18 de Agosto – Laüsa: Spark of Gascony. Música tradicional do sudoeste da França

22 de Agosto – Algo velho, Algo Novo com o dueto de Violoncelos VC2

25 de Agosto – Dueto com as Violoncelistas Barrocas Elinor Frey, e Phoebe Carrai

08 de Setembro – Bata, Puxe em Empurre com a Percussionista Aiyun Huang e o Violonista Mark Fewer.

15 de Setembro – Bach para o Futuro com Kate Bennett

Escolha o seu estilo de música e aproveite esses eventos em Toronto.

Participe da maior Feira comunitária do Canadá em Toronto

De 16 de Agosto até 02 de Setembro, acontece a Exposição Nacional Canadense, a CNE (Canadian National Exhibition).

Fundada em 1879, a CNE e é uma organização sem fins lucrativos que organiza esta Feira anualmente, contando com mais de 1,5 milhões de visitantes.

A feira é composta de diversas opções de entretenimento:

  • Concertos musicais
  • A Fazenda
  • Jogos
  • Compras
  • Comidas
  • Passeios
  • Mundo das Crianças (um espaço verde apresentando diversas atrações projetadas para crianças até 10 anos).
  • Exibições
  • E muito mais!

Todas as atrações são gratuitas, com a inscrição no CNE. Para mais informações, adquirir tickets e ficar sabendo tudo o que acontece durante este evento, acesse o site: https://theex.com/

Onde ficar em Toronto

Onde ficar em Toronto: conheça os melhores bairros

Onde ficar em Toronto é uma das principais preocupações de quem chega ou está prestes a chegar na cidade. Afinal, sua moradia vai representar um dos maiores gastos de seu planejamento financeiro para o Canadá e será onde você mais vai passar o seu tempo.

Encontrar um local em si não é tão difícil. Porém, são várias variáveis para se considerar para poder achar uma alternativa que se encaixa com suas necessidades e preferências. Por exemplo, é preciso considerar a questão do transporte público em Toronto, da distância à sua escola ou trabalho e, em alguns casos, as alternativas de escola pública para crianças. E, como nós sabemos bem, pode ser bem complicado de compreender essas variáveis estando longe.

Toronto é a maior cidade do Canadá, com quase seis vezes o tamanho de Vancouver. Por isso, sabemos que decidir onde morar pode ser difícil e gerar bastante insegurança pra quem não conhece a cidade. Mesmo já existindo vários posts sobre onde ficar em Toronto na internet, a maioria deles consiste em apenas uma lista de bairros baseada nos mesmos critérios. E, como os critérios de escolha variam de pessoa para pessoa, é muito provável que você ainda não compreenda bem a cidade e continue inseguro para tomar uma decisão tão importante assim.

Por esses motivos, resolvemos contar um pouquinho sobre como a cidade é dividida e sobre as principais características dos bairros de cada região. Assim, independentemente dos seus principais critérios, esse post vai poder te ajudar a tomar uma decisão com mais tranquilidade e confiança.

Como a cidade é gigantesca, ter acesso às linhas de metrô faz uma enorme diferença. Por esse motivo, é interessante explicar sobre as regiões de Toronto nos baseando nas principais linhas que cortam a cidade.

Onde ficar em Toronto

Fonte: TTC

Para ficar mais fácil de entender, sugerimos que você acompanhe o post olhando a cidade de Toronto no Google Maps. Assim que encontrar a cidade, clique no ícone do Menu (um quadradinho com três linhas horizontais) no topo da esquerda. Depois, selecione “Transporte público”. Assim, você poderá ver as principais linhas de metrô e compreender melhor as descrições a seguir.

Transporte público em Toronto

A linha amarela (Yonge-Uni Line) faz um “U” na região central de Toronto, cobrindo a região de downtown e midtown. Downtown é onde ficam os prédios mais altos, onde se concentram o comércio e as maiores empresas da cidade. Midtown, que fica acima de downtown, na região das perninhas do “U” formado pelo metrô, é uma área bem balanceada entre residências e comércio.

A linha verde (Bloor-Danforth Line) corta o “U” horizontalmente. Ou seja, ela atravessa midtown, e dá acesso a bairros mais tranquilos, de caráter mais residencial. Em geral, essas áreas mais afastadas de downtown e midtown costumam ser a escolha de famílias com criança, que preferem vizinhanças mais tranquilas.

A linha verde é estendida pela linha azul (Scarborough Line). Ela dá acesso a bairros ainda mais afastados de downtown – por volta de uma hora do centro. Por conta da distância, esses bairros costumam ser mais baratos. Então, se custo é um fator determinante na sua escolha, saiba que, em geral, quanto mais afastado de downtown, melhores os preços.

A linha roxa (Sheppard Line) fica no final da parte direita do “U” formado pela linha amarela. Assim como a linha azul, a linha roxa dá acesso à área suburbana de Toronto. Não costuma ser tão popular entre recém chegados, mas é uma opção às pessoas que dependem de um custo bem menor e não se incomodariam com a distância dos centros.

Onde ficar em Toronto: área oeste

Na região oeste ao centro de Toronto, ao longo da linha de metrô Bloor-Danforth, há bairros tranquilos e residenciais. Alguns deles são o High Park North, West Bend e o Junction Triangle. Há pouco comércio nessa região, como lojas e restaurantes. Porém, ela tem tudo que pode ser necessário no dia-a-dia, como supermercados, escolas e centros comunitários.

Esses bairros ficam próximos a vários parques (que costumam ser gramados grandes, com árvores e parquinho para crianças). O que mais se destaca sobre essa área é a proximidade dela com o High Park. O High Park é um parque gigantesco, lindo e super conhecido. Ele está na lista de locais pra visitar em Toronto de absolutamente todo mundo que viaja para a cidade!

Onde ficar em Toronto

High Park, Toronto

Entre os bairros dessa área, o Junction Triangle é o que tem a maior variedade em termos de comércio, incluindo até mesmo duas cervejarias e um box de crossfit.

Esses bairros costumam ser a escolha de famílias com criança por conta da tranquilidade nas ruas. Então, se você está procurando onde morar em Toronto e prefere bairros mais silenciosos, que te oferecem tudo o que você precisa para um final de semana calmo, essa região é uma ótima escolha!

Onde ficar em Toronto: área leste

Na área leste ao centro, ainda ao longo da linha de metrô Bloor-Danforth, também há vários bairros residenciais bem tranquilos assim como para o lado oeste. Alguns deles são o East Danforth, Woodbine, Oakridge, Birchmount Park, Kennedy Park e Eglinton East.

Entre eles, o East Danforth é o que mais tem comércio por perto. Ao longo da Danforth Avenue, você encontra diversos restaurantes, bares, cafeterias, farmácias, bancos, e até mesmo um salão de boliche. O bairro Birchmount é o que mais possui prédios, o que significa que é onde mais há oportunidade de encontrar um lugar pra morar.

Onde ficar em Toronto: área central

Como já falamos antes, a linha de metrô Yonge-Uni Line faz um “U” na região central de Toronto, passando por downtown e midtown. Por ser predominantemente comercial, downtown é uma região com aluguéis mais altos. Então, não costuma ser a escolha da maioria dos estudantes internacionais e recém-chegados. Porém, localizada logo acima, midtown é uma das áreas mais desejadas para se morar.

Ao longo do lado direito do “U” formado pela linha amarela estão alguns dos melhores bairros de Midtown, como Yonge & Eglinton, Davisville Village, Summerhill e Midtown Toronto. O preferido da maioria dos jovens de 20 a 30 anos e casais sem filhos é Yonge & Eglinton. Essa preferência se deve ao fato de ser mais agitado e possuir uma grande variedade de restaurantes e bares nos arredores. Também há diversas lojas, academia, cinema e até mesmo um pequeno shopping.

Esse bairro fica bem na parte central da cidade e bem do ladinho da estação de metrô Eglinton. Por conta disso, o acesso é fácil tanto para o centro de Toronto como para as áreas suburbanas, levando apenas 20 minutos para ambas. Então, se você está procurando onde ficar em Toronto e prefere lugares que te permitem ter um final de semana mais animado sem ter que ir longe, você amaria bairros como o Yonge & Eglinton.

Se você preferiria um meio-termo entre a agitação de Yonge & Eglinton e a tranquilidade de bairros residenciais, Davisville Village e seus arredores seriam uma ótima opção. É também uma área com moradias de custo mais baixo que Summerhill.

Onde ficar em Toronto: os menores custos

A grande maioria das pessoas que precisam decidir onde ficar em Toronto economizaram exatamente para esse momento: a mudança. Então, nós entendemos que a questão financeira é, para muitos brasileiros, o fator que mais influencia na escolha.

Por isso, encontramos uma lista preparada pela Narcity (empresa canadense de mídia online) para a qual “custo” foi o único critério. Vários desses bairros são longes de estações de metrô mas, dependendo das suas circunstâncias e locais de trabalho ou estudo, vale a pena considerá-los:

  • Mimico
  • Kensington
  • Parkdale
  • Little Portugal

Falando sobre custos, temos um artigo com dicas de como economizar no Canadá de forma geral. O post inclui dicas relacionadas a moradia, alimentação, entretenimento e outros.

Onde ficar em Toronto: homestay é pra mim?

Ficar numa homestay costuma ser a escolha de pessoas que vão estudar inglês por períodos curtos. Porém, essa alternativa também pode ser bem valiosa pra quem acabou de chegar e vai estudar por períodos mais longos ou trabalhar.

Morar temporariamente numa homestay te daria a oportunidade de conhecer a cidade pessoalmente. Isto te permitiria decidir com mais confiança qual bairro se encaixa melhor no seu perfil. Além disso, o contato com uma família local poderia também ajudar nessa decisão de onde ficar em Toronto. Sem dúvidas, essa alternativa pode trazer muito mais tranquilidade e confiança para o seu processo.

Apesar de certas homestays aceitarem casais, existe uma outra opção bem comum. Diversas famílias com dois ou mais membros optam por escolher um membro da família para chegar no país sozinho para poder resolver a questão da moradia antes que os outros membros cheguem. Dessa forma, é possível economizar um pouco durante essa transição.

Uma outra dica para recém chegados que estão procurando onde ficar em Toronto é passear pela região desejada e observar se os prédios estão com placas indicando apartamentos disponíveis. Em caso afirmativo, basta entrar na portaria do prédio e procurar pelo landlord. Muitas vezes você poderá se candidatar para ser um inquilino naquele momento. Além disso, muitos landlords têm contatos com empresas que possuem prédios residenciais. Eles podem dar informação sobre outros apartamentos disponíveis na cidade.

Onde ficar em Toronto

Apesar de ser muito importante se planejar com antecedência, recomendamos que você já esteja na cidade antes de assinar qualquer contrato. Não tente alugar um apartamento à distância. Além de existirem golpes, é muito importante enxergar a cidade com os seus próprios olhos. Assim você pode analisar os imóveis e a vizinhança pessoalmente. Afinal, aquele lugarzinho será o seu novo lar. Não deixe de conversar também com a pessoa responsável pela propriedade.

Alguns dos sites que você pode usar para procurar imóveis para alugar em Toronto são:

Onde ficar em Toronto: explore à distância

Como a escolha de onde ficar em Toronto depende muito do perfil de cada pessoa e cada família, recomendamos que você continue explorando a cidade antes de se mudar.

A revista Toronto Life criou uma ferramenta bem interessante para explorar as opções de bairros na cidade. A ferramenta de permite selecionar o nível de importância de critérios como custo de moradia, transporte público, segurança e entretenimento. A cada vez que você muda o nível de importância de um critério, a lista de bairros é atualizada. Para acessá-la, clique aqui.

Enfim, Toronto é uma cidade grande suficiente e conta com as mais diversas alternativas de moradia. É possível encontrar opções para as diferentes necessidades e preferências. Apesar de os apartamentos serem a escolha mais popular entre os brasileiros que chegam ao Canadá, há também a opção de alugar casas inteiras, basements, laneways e townhouses. Aqui em nosso blog você encontra um texto que explica um pouco melhor os diferentes tipos de moradia no Canadá

Todo o processo de mudança é bem complicado e leva tempo, mas sempre vale a pena! E nós esperamos que essas informações possam trazer mais tranquilidade e confiança para o seu processo.

Diez mejores ciudades del mundo

Mais uma vez, cidades do Canadá estão entre as melhores do mundo para se viver

A revista inglesa “The Economist” divulgou o ranking de 2016 das melhores cidades para morar e, mais uma vez, três das principais cidades canadenses estão no Top 10: Calgary, Toronto e Vancouver.

No total, a pesquisa avaliou 140 países diferentes e considerou 30 fatores na análise. Entre eles estão segurança, saúde, meio ambiente, cultura, educação e infraestrutura.

A cidade de Calgary alcançou a 5ª colocação, e levou nota máxima nos quesitos saúde, educação e estabilidade. A pontuação mais baixa foi em cultura e meio ambiente: 89,1. Logo na frente, em 4º lugar, ficou Toronto com nota máxima em estabilidade, saúde e educação. A nota mais baixa foi em infraestrutura: 89.3. Já Vancouver foi a campeã das canadenses, atingindo a 3ª colocação geral. A cidade de British Columbia atingiu nota 100 em saúde, cultura, ambiente e educação. A nota mínima foi em infraestrutura: 92.9.

Veja abaixo o TOP 10:

1)Melbourne (Austrália)
2)Vienna (Áustria)
3)Vancouver (Canadá)
4)Toronto (Canadá)
5)Calgary (Canadá)
6)Adelaide (Austrália)
7)Perth (Austrália)
8)Auckland (Nova Zelândia)
9)Helsinki (Finlândia)
10)Hamburg (Alemanha)

Canadá: Paraíso dos imigrantes

Além de ter três das 10 melhores cidades do mundo para se viver, o Canadá é também muito conhecido pela sua receptividade aos imigrantes. Em reportagem recente ao portal El País, ele recebeu o título de “paraíso dos imigrantes”.

O jornal destacou a política do ministro Justin Trudeau, que prevê conceder a residência permanente a 300.000 estrangeiros só este ano, sendo 25.000 refugiados sírios. Ainda de acordo o El País, “os imigrantes representam, desde 2000, 31% do aumento de trabalhadores altamente qualificados no Canadá, acima de 21% dos EUA e 14% da Europa”.

Clique aqui para ter acesso à reportagem completa do El País