Onde ficar em Toronto

Onde ficar em Toronto: conheça os melhores bairros

Onde ficar em Toronto é uma das principais preocupações de quem chega ou está prestes a chegar na cidade. Afinal, sua moradia vai representar um dos maiores gastos de seu planejamento financeiro para o Canadá e será onde você mais vai passar o seu tempo.

Encontrar um local em si não é tão difícil. Porém, são várias variáveis para se considerar para poder achar uma alternativa que se encaixa com suas necessidades e preferências. Por exemplo, é preciso considerar a questão do transporte público em Toronto, da distância à sua escola ou trabalho e, em alguns casos, as alternativas de escola pública para crianças. E, como nós sabemos bem, pode ser bem complicado de compreender essas variáveis estando longe.

Toronto é a maior cidade do Canadá, com quase seis vezes o tamanho de Vancouver. Por isso, sabemos que decidir onde morar pode ser difícil e gerar bastante insegurança pra quem não conhece a cidade. Mesmo já existindo vários posts sobre onde ficar em Toronto na internet, a maioria deles consiste em apenas uma lista de bairros baseada nos mesmos critérios. E, como os critérios de escolha variam de pessoa para pessoa, é muito provável que você ainda não compreenda bem a cidade e continue inseguro para tomar uma decisão tão importante assim.

Por esses motivos, resolvemos contar um pouquinho sobre como a cidade é dividida e sobre as principais características dos bairros de cada região. Assim, independentemente dos seus principais critérios, esse post vai poder te ajudar a tomar uma decisão com mais tranquilidade e confiança.

Como a cidade é gigantesca, ter acesso às linhas de metrô faz uma enorme diferença. Por esse motivo, é interessante explicar sobre as regiões de Toronto nos baseando nas principais linhas que cortam a cidade.

Onde ficar em Toronto

Fonte: TTC

Para ficar mais fácil de entender, sugerimos que você acompanhe o post olhando a cidade de Toronto no Google Maps. Assim que encontrar a cidade, clique no ícone do Menu (um quadradinho com três linhas horizontais) no topo da esquerda. Depois, selecione “Transporte público”. Assim, você poderá ver as principais linhas de metrô e compreender melhor as descrições a seguir.

Transporte público em Toronto

A linha amarela (Yonge-Uni Line) faz um “U” na região central de Toronto, cobrindo a região de downtown e midtown. Downtown é onde ficam os prédios mais altos, onde se concentram o comércio e as maiores empresas da cidade. Midtown, que fica acima de downtown, na região das perninhas do “U” formado pelo metrô, é uma área bem balanceada entre residências e comércio.

A linha verde (Bloor-Danforth Line) corta o “U” horizontalmente. Ou seja, ela atravessa midtown, e dá acesso a bairros mais tranquilos, de caráter mais residencial. Em geral, essas áreas mais afastadas de downtown e midtown costumam ser a escolha de famílias com criança, que preferem vizinhanças mais tranquilas.

A linha verde é estendida pela linha azul (Scarborough Line). Ela dá acesso a bairros ainda mais afastados de downtown – por volta de uma hora do centro. Por conta da distância, esses bairros costumam ser mais baratos. Então, se custo é um fator determinante na sua escolha, saiba que, em geral, quanto mais afastado de downtown, melhores os preços.

A linha roxa (Sheppard Line) fica no final da parte direita do “U” formado pela linha amarela. Assim como a linha azul, a linha roxa dá acesso à área suburbana de Toronto. Não costuma ser tão popular entre recém chegados, mas é uma opção às pessoas que dependem de um custo bem menor e não se incomodariam com a distância dos centros.

Onde ficar em Toronto: área oeste

Na região oeste ao centro de Toronto, ao longo da linha de metrô Bloor-Danforth, há bairros tranquilos e residenciais. Alguns deles são o High Park North, West Bend e o Junction Triangle. Há pouco comércio nessa região, como lojas e restaurantes. Porém, ela tem tudo que pode ser necessário no dia-a-dia, como supermercados, escolas e centros comunitários.

Esses bairros ficam próximos a vários parques (que costumam ser gramados grandes, com árvores e parquinho para crianças). O que mais se destaca sobre essa área é a proximidade dela com o High Park. O High Park é um parque gigantesco, lindo e super conhecido. Ele está na lista de locais pra visitar em Toronto de absolutamente todo mundo que viaja para a cidade!

Onde ficar em Toronto

High Park, Toronto

Entre os bairros dessa área, o Junction Triangle é o que tem a maior variedade em termos de comércio, incluindo até mesmo duas cervejarias e um box de crossfit.

Esses bairros costumam ser a escolha de famílias com criança por conta da tranquilidade nas ruas. Então, se você está procurando onde morar em Toronto e prefere bairros mais silenciosos, que te oferecem tudo o que você precisa para um final de semana calmo, essa região é uma ótima escolha!

Onde ficar em Toronto: área leste

Na área leste ao centro, ainda ao longo da linha de metrô Bloor-Danforth, também há vários bairros residenciais bem tranquilos assim como para o lado oeste. Alguns deles são o East Danforth, Woodbine, Oakridge, Birchmount Park, Kennedy Park e Eglinton East.

Entre eles, o East Danforth é o que mais tem comércio por perto. Ao longo da Danforth Avenue, você encontra diversos restaurantes, bares, cafeterias, farmácias, bancos, e até mesmo um salão de boliche. O bairro Birchmount é o que mais possui prédios, o que significa que é onde mais há oportunidade de encontrar um lugar pra morar.

Onde ficar em Toronto: área central

Como já falamos antes, a linha de metrô Yonge-Uni Line faz um “U” na região central de Toronto, passando por downtown e midtown. Por ser predominantemente comercial, downtown é uma região com aluguéis mais altos. Então, não costuma ser a escolha da maioria dos estudantes internacionais e recém-chegados. Porém, localizada logo acima, midtown é uma das áreas mais desejadas para se morar.

Ao longo do lado direito do “U” formado pela linha amarela estão alguns dos melhores bairros de Midtown, como Yonge & Eglinton, Davisville Village, Summerhill e Midtown Toronto. O preferido da maioria dos jovens de 20 a 30 anos e casais sem filhos é Yonge & Eglinton. Essa preferência se deve ao fato de ser mais agitado e possuir uma grande variedade de restaurantes e bares nos arredores. Também há diversas lojas, academia, cinema e até mesmo um pequeno shopping.

Esse bairro fica bem na parte central da cidade e bem do ladinho da estação de metrô Eglinton. Por conta disso, o acesso é fácil tanto para o centro de Toronto como para as áreas suburbanas, levando apenas 20 minutos para ambas. Então, se você está procurando onde ficar em Toronto e prefere lugares que te permitem ter um final de semana mais animado sem ter que ir longe, você amaria bairros como o Yonge & Eglinton.

Se você preferiria um meio-termo entre a agitação de Yonge & Eglinton e a tranquilidade de bairros residenciais, Davisville Village e seus arredores seriam uma ótima opção. É também uma área com moradias de custo mais baixo que Summerhill.

Onde ficar em Toronto: os menores custos

A grande maioria das pessoas que precisam decidir onde ficar em Toronto economizaram exatamente para esse momento: a mudança. Então, nós entendemos que a questão financeira é, para muitos brasileiros, o fator que mais influencia na escolha.

Por isso, encontramos uma lista preparada pela Narcity (empresa canadense de mídia online) para a qual “custo” foi o único critério. Vários desses bairros são longes de estações de metrô mas, dependendo das suas circunstâncias e locais de trabalho ou estudo, vale a pena considerá-los:

  • Mimico
  • Kensington
  • Parkdale
  • Little Portugal

Falando sobre custos, temos um artigo com dicas de como economizar no Canadá de forma geral. O post inclui dicas relacionadas a moradia, alimentação, entretenimento e outros.

Onde ficar em Toronto: homestay é pra mim?

Ficar numa homestay costuma ser a escolha de pessoas que vão estudar inglês por períodos curtos. Porém, essa alternativa também pode ser bem valiosa pra quem acabou de chegar e vai estudar por períodos mais longos ou trabalhar.

Morar temporariamente numa homestay te daria a oportunidade de conhecer a cidade pessoalmente. Isto te permitiria decidir com mais confiança qual bairro se encaixa melhor no seu perfil. Além disso, o contato com uma família local poderia também ajudar nessa decisão de onde ficar em Toronto. Sem dúvidas, essa alternativa pode trazer muito mais tranquilidade e confiança para o seu processo.

Apesar de certas homestays aceitarem casais, existe uma outra opção bem comum. Diversas famílias com dois ou mais membros optam por escolher um membro da família para chegar no país sozinho para poder resolver a questão da moradia antes que os outros membros cheguem. Dessa forma, é possível economizar um pouco durante essa transição.

Uma outra dica para recém chegados que estão procurando onde ficar em Toronto é passear pela região desejada e observar se os prédios estão com placas indicando apartamentos disponíveis. Em caso afirmativo, basta entrar na portaria do prédio e procurar pelo landlord. Muitas vezes você poderá se candidatar para ser um inquilino naquele momento. Além disso, muitos landlords têm contatos com empresas que possuem prédios residenciais. Eles podem dar informação sobre outros apartamentos disponíveis na cidade.

Onde ficar em Toronto

Apesar de ser muito importante se planejar com antecedência, recomendamos que você já esteja na cidade antes de assinar qualquer contrato. Não tente alugar um apartamento à distância. Além de existirem golpes, é muito importante enxergar a cidade com os seus próprios olhos. Assim você pode analisar os imóveis e a vizinhança pessoalmente. Afinal, aquele lugarzinho será o seu novo lar. Não deixe de conversar também com a pessoa responsável pela propriedade.

Alguns dos sites que você pode usar para procurar imóveis para alugar em Toronto são:

Onde ficar em Toronto: explore à distância

Como a escolha de onde ficar em Toronto depende muito do perfil de cada pessoa e cada família, recomendamos que você continue explorando a cidade antes de se mudar.

A revista Toronto Life criou uma ferramenta bem interessante para explorar as opções de bairros na cidade. A ferramenta de permite selecionar o nível de importância de critérios como custo de moradia, transporte público, segurança e entretenimento. A cada vez que você muda o nível de importância de um critério, a lista de bairros é atualizada. Para acessá-la, clique aqui.

Enfim, Toronto é uma cidade grande suficiente e conta com as mais diversas alternativas de moradia. É possível encontrar opções para as diferentes necessidades e preferências. Apesar de os apartamentos serem a escolha mais popular entre os brasileiros que chegam ao Canadá, há também a opção de alugar casas inteiras, basements, laneways e townhouses. Aqui em nosso blog você encontra um texto que explica um pouco melhor os diferentes tipos de moradia no Canadá

Todo o processo de mudança é bem complicado e leva tempo, mas sempre vale a pena! E nós esperamos que essas informações possam trazer mais tranquilidade e confiança para o seu processo.

23 Compart.

Festa da virada em Vancouver e Toronto

2017 está chegando! E pensando em você que vai passar a virada em Toronto ou Vancouver, nós decidimos reunir aqui informações sobre a festa oficial das duas cidades, que este ano promete ser especial, já que irá marcar a abertura das comemorações do aniversário de 150 anos do Canadá. Nós também preparamos uma seção especial com informações sobre o transporte público. Veja abaixo:

Toronto

Em Toronto, a festa oficial da cidade será na Nathan Phillips Square, a partir das 7pm deste sábado, dia 31 de dezembro. O evento contará com apresentações musicais ao vivo, uma festa de patinação no gelo, DJs e a tradicional queima de fogos de artifício às 00h. Veja a programação completa:

7 pm – Festa de patinação no gelo com o DJ Shub. O evento é patrocinado pelo Tim Hortons.
8 pm – Show ao vivo com a cantora Nefe
8:45 pm – Show com Exco Levi & High Priest – Reggae Music
9:30 pm – DJ Shub
9:45 pm – Boogat | Um MC com uma abordagem única. O artista é ganhador do ADISQ Felix Award (Quebec) e já teve músicas em filmes e seriados dos EUA, incluindo “Homeland”.
10:30 pm – DJ Shub com mixagem de vídeo ao vivo com a artista Roxanne Luchak.
10:55 pm – Walk Off the Earth
11:55 pm – Contagem regressiva para 2017 e fogos de artifício.

Clique aqui para mais informações sobre o evento

Transporte público em Toronto

Entre às 7pm deste sábado, dia 31 de dezembro, até às 7am de domingo, dia 1º de janeiro, o TTC (Toronto Transit Commission) será gratuito. O sistema de metrô terá seu horário estendido até às 4am. Após esse horário é possível usar ônibus ou streetcar. Clique aqui para saber mais informações sobre o sistema de transporte de Toronto.

Vancouver

Em Vancouver, a festa da virada acontece no Canada Place, entre as ruas Howe, Thurlow e Burrard, neste sábado, dia 31 de dezembro, a partir das 6:30pm. O evento contará com shows gratuitos ao vivo, exibição de patrocinadores, mais de 20 food trucks, e também a tradicional contagem regressiva e queima de fogos. Confira abaixo a programação completa de shows:

The peak stage

6:30 p.m: Show Stoppers
7:00 p.m: Crystal Shawanda
7:45 p.m: Special appearance by The Sheepdogs
8:20 p.m: Isabelle Longnus
9:00 p.m: Primeira queima de fogos de artifício
9:05 p.m: Tonye Aganaba
9:55 p.m: Wintersleep
11:00 p.m: The New Pornographers
12:00 a.m: Queima de fogos

JRFM Stage:

7:00 p.m: Show Stoppers
7:45 p.m: Beamer Wigley
8:30 p.m: Spencer Burton
9:30 p.m: Dan Davidson
10:45 p.m: Meghan Patrick

Clique aqui para mais informações sobre o evento

Transporte público em Vancouver

Em Vancouver, todo o transporte público será gratuito após às 5pm do dia 31 de dezembro até às 5am do dia 1º de janeiro. O serviço de skytrain será estendido em uma hora e contará com veículos extras durante a noite. O SeaBus também funcionará por uma hora a mais, sendo o último saindo de Lonsdale Quay às 2:02am e o último saindo da Waterfront Station às 2:22am. O serviço de ônibus seguirá o horário normal previsto para sábado, com alguns veículos extras. Clique aqui para mais informações.

50 Compart.

“Turistando” com crianças: Conheça o Yo-Toronto

Às vezes, fazer turismo com crianças pode ser um pouquinho complicado, já que os pequenos podem ficar impacientes com a programação de “gente grande”. E foi pensando nisso que o Tourism Toronto lançou, em junho deste ano, o projeto Yo-Toronto. A iniciativa, que é um web-site super bacana, tem como objetivo deixar as crianças cada vez mais envolvidas nos passeios em Toronto.  

O site conta com jogos, atividades, vídeos e curiosidades. Ao entrar na página, os pequenos já se deparam com um mapa colorido com as 20 principais atrações turísticas da cidade e um vídeo ou uma breve explicação divertida sobre cada uma. Além disso, para cada ponto são apresentadas diversas atividades diferentes como imagens para colorir, jogos, testes, piadas, labirintos, entre outros. Há até mesmo uma lista com cinco “PokéStops” para ajudar as crianças a capturarem Pokémons com o aplicativo “Pokemon Go”, a sensação do momento.

A página é de fácil navegação e pode ser acessada de desktop, celular ou tablet. Ela é divida em três categorias, a “Explore”, a “play” e a “watch”. Desta forma, as crianças conseguem achar com facilidade o que querem.

Um outro ponto interessante é que as crianças também tem acesso a vários fatos curiosos. Por exemplo, você sabia que a CN Tower tem 1776 degraus e seis elevadores com portas de vidro? Sabia também que a maior e mais rápida montanha-russa do Canadá tem 93 metros, chama-se Leviathan e fica em um parque de Toronto? Pois é. Seus filhos terão acesso a muitas outras informações do tipo!

Gostou da ideia? Então mostre logo para seus pequenos se divertirem e aprenderem enquanto passeiam pelas ruas de Toronto!

Clique aqui e para saber como estudar em Toronto

11 Compart.

Você conhece a cidade subterrânea de Toronto?

Quem escolhe Toronto como destino de intercâmbio já sabe: vai passar um pouquinho de frio! Nos meses de janeiro e fevereiro, quando o inverno chega com tudo, as temperaturas podem variar entre -1 C e -7 C com sensação térmica de até – 25 C. Porém, não há motivos para pânico! Toronto é super bem preparada para as baixas temperaturas e conta até com uma espécie de cidade subterrânea: o PATH. Deste jeito, fica até fácil curtir o inverno e a neve, não é mesmo?

shutterstock_161448926Para quem não conhece, o PATH é um complexo de túneis subterrâneos no Centro de Toronto. É como se fosse um shopping gigante debaixo da terra. São cerca de 30 quilômetros de extensão e mais de 371 mil metros quadrados que fazem do PATH o maior complexo comercial subterrâneo do mundo! O local conta com mais de 1200 lojas dos mais variados segmentos, como academias, mercados, lojas de fotocópias, restaurantes, clínicas médicas…É possível encontrar de tudo por lá! Por isso, durante o inverno, muitas pessoas preferem aproveitar tudo que o local tem para oferecer em vez de encarar o frio e a neve do lado de fora.

Além disso, segundo o site oficial da cidade de Toronto, mais de 50 prédios, 20 estacionamentos, seis estações de metrô, oito hotéis, duas lojas grandes de departamento e um terminal ferroviário estão conectados através do PATH. Por meio dele, há também como chegar às principais atrações turísticas da cidade como Hockey Hall of Fame, Roy Thomson Hall, The Air Canada Centre, Rogers Centre, CN Tower, City Hall e Metro Hall. Deste jeito fica fácil se locomover pelo Centro de Toronto sem congelar, já que a temperatura dentro do PATH é sempre agradável. 

Labirinto

A primeira vista, o PATH pode parecer um verdadeiro labirinto. São mais de 125 entradas e 60 pontos onde você vai precisar decidir se vira para a esquerda, direita ou se segue em frente. No entanto, tudo é muito bem sinalizado. Por exemplo: Cada letra no PATH tem uma cor diferente e representa uma direção. O P, por exemplo, representa o sul. O A, T e H, respectivamente, o Oeste, Norte e Leste. Para os mais preocupados, é possível acessar o mapa do local no site oficial, bem como a lista de estabelecimentos. Uma outra opção é baixar o aplicativo Toronto Path, disponibilizado gratuitamente.

Clique aqui para fazer um intercâmbio em Toronto.

172 Compart.
Niagara falls

5 viagens que os moradores de Toronto precisam fazer durante o Verão

O verão é a estação do ano ideal para dar uma fugidinha e conhecer lugares novos no Canadá. Por isso, depois de listar cinco destinos imperdíveis próximos a Vancouver, nós decidimos dar uma mãozinha também para o pessoal que mora em Toronto e indicar cinco locais fantásticos ao redor da maior cidade do país. Confira:

1)Niagara Falls:

Com certeza, Niagara Falls é o passeio mais famoso entre os turistas que visitam Toronto. Por isso, todo mundo fala que ir a Toronto e não visitar as Cataratas é um erro daqueles bem grandes. No verão, a principal atração é o Maid of the Mist, um barco que chega bem pertinho da principal queda d’água. Há também a “Journey Behind the Falls”, um passeio por uma plataforma com muitos túneis que passam atrás de uma das quedas. Para os que gostam de altura, a roda gigante Niagara Skywheel, com 175 pés de altura, funciona durante todo o ano e é uma boa pedida. Em Niagara Falls, você ainda vai encontrar cassinos e a Clifton Hill, uma rua cheia de atrações como casa fantasma, o museu do Guiness Book, museu de cera, além de lojas e restaurantes. A distância entre Toronto e a região de Niagara é de 130 km.

2) Kingston e Gananoque

Uma boa pedida para os dias ensolarados de verão é ir até a cidade histórica de Kingston, que fica a aproximadamente 260 km de Toronto. O local foi a primeira capital do Canadá e você poderá conhecer o Old Fort Henry, que é remanescente da guerra de 1812, o Confederation Park, que conta com uma vista maravilhosa e muitos outros pontos turisticos. Outra sugestão é dar uma esticadinha na viagem até Gananoque e ir visitar as famosas Thousand Islands. Como o próprio nome já diz, são mais de mil ilhas que ficam sobre o rio San Laurence e delimitam a fronteira entre o Canadá e os EUA.

3) New York

Sobre este destino nós nem precisamos falar muito, não é mesmo? É o tipo de lugar que todo mundo deve ir alguma vez na vida! E o melhor: fica perto de Toronto. São cerca de 550 km separando as duas cidades. No local você poderá visitar a famosa Broadway e assistir musicais. E é claro que você não pode deixar de visitar a famosa Times Square, Central Park e Empire State Building.

4) Lago Muskoka

Um outro destino muito popular durante o verão canadense é o lago Muskoka que fica localizado a 170 km de Toronto, ou seja, cerca de duas horas de carro. Localizado entre as cidades de Port Carling e Gravenhurst, a região conta com o lago de 120km² e muita natureza para você curtir. A região também é famosa pelas cottages, um tipo de casinha de campo que você pode alugar e passar um final de semana bem no estilo canadense.

5) Frankenmuth, USA

Para finalizar a nossa lista de viagens, escolhemos uma pequena cidade nos EUA e que fica a cerca de 400 km de Toronto. Frankenmuth é uma cidadezinha bem charmosa de origem alemã. No local, você poderá visitar a Bronner’s Christmas Shop, uma loja de Natal que fica aberta praticamente o ano todo e parece aquelas de filme! Vale a pena a visita. Além disso, vale a pena passar pela cervejaria Frankenmuth Brewery, pela Main Street e pelo River Shops, um shopping a céu aberto que conta com lojas de comidas, artigos alemães e muito mais!

Clique aqui e saiba como ir para o Canadá

36 Compart.
Toronto

5 locais para conhecer em Toronto (e SEM gastar dinheiro!)

Que vida de estudante não é fácil, todo mundo já sabe! Porém, ser um estudante no Canadá torna as coisas muito melhores, não é mesmo? Ainda mais quando se vive em uma cidade como Toronto, que conta com inúmeras opções gratuitas de lazer. E foi pensando em você que está com o orçamento apertado que nós preparamos esta lista com cinco lugares imperdíveis da maior cidade canadense. E o melhor: você não vai precisar mexer no bolso! Confira:

1)The Distillery District

No The Distillery District você vai encontrar inúmeras lojas de grife, cafés, lojas de artesanato, galerias de arte deslumbrantes e restaurantes premiados. O local é uma das áreas mais charmosas de Toronto, principalmente pelas construções no estilo vitoriano. Ir ao Distellery District é como viajar no tempo, já que o espaço conta com construções antigas muito bem conservadas. No passado, o local abrigou o Goorderham and Worts Distillery, uma das maiores destilarias do mundo. No complexo são realizados também vários eventos e festivais. Para checar a programação completa, é só clicar aqui. A entrada no The Distillery District é gratuita.

2) High Park

O High Park é considerado o maior parque de Toronto. O local conta com inúmeras trilhas, bosques, áreas para piquenique, quadras para praticar esportes, parquinho para crianças, espaço para cachorros e até mesmo um zoológico. Assim como no The Distillery District, vários eventos são realizados no local e você pode conferir o calendário aqui. O High Park fica na Bloor Street West, número 1873.

3) Kensington Market

O Kengsington Market é um bairro super original de Toronto. A sua principal característica é a pluralidade. Podemos falar que o local reflete bem o Canadá, um país multicultural. Neste pedacinho de Toronto você vai conseguir encontrar produtos do mundo todo, até mesmo do nosso Brasil. São inúmeros brechós, lojas, quitandas de frutas e verduras… um excelente local para passar o dia!

4) Yonge Dundas Square

A Younge Dundas Square é conhecida como a “Times Square Canadense”. O local é um dos principais cartões postais de Toronto e conta com grandes redes de lojas, teatros, restaurantes, cinemas e também o maior shopping da cidade. Vários eventos são realizados por lá e você pode descobrir quais são os próximos neste link. No verão, acontece uma espécie de “Cinema ao ar livre”, com a exibição de vários filmes.

5) Woodbine Beach

Se você estiver em Toronto no verão, uma dica é ir até até a Woodbine Beach, uma das praias mais famosas da cidade. O local é muito popular entre os adeptos de esportes como o vôlei de praia e o futebol de areia. A praia ainda conta com uma piscina pública bem grande para que você possa se refrescar nos dias de calor.

4K Compart.