Entrevista de emprego no Canadá: Saiba como lidar com as “Illegal Questions”

Todo mundo sabe que o Canadá é famoso por ser um país que respeita as diferenças e é contra qualquer tipo de preconceito. E essa característica reflete-se também no mercado de trabalho. Você sabia, por exemplo, que existem algumas perguntas que não podem ser feitas durante uma entrevista de emprego? Isso mesmo! Aqui certos questionamentos são considerados ilegais e, por isso, nós decidimos fazer esse texto para que você saiba os seus direitos e também esteja preparado caso se depare com alguma situação do tipo.  

No geral, são consideradas ilegais as questões relacionadas a raça, lugar de origem, etnia, posição política, religião, orientação sexual, idade, status de relacionamento, deficiência, peso, altura, situação financeira, entre outras. Caso o empregador faça alguma pergunta inapropriada ou ilegal, cabe a você escolher como respondê-la.

De acordo com a especialista canadense, Brenda Crump, a saída mais comum é “devolver” a pergunta. Ou seja, responder com outro questionamento. Por exemplo:

  • “Could you tell me how my (age, marital status, place of birth, religion, etc.) might have any bearing on the job I am applying for?”
  • “That’s a very interesting question. I’d be happy to answer it if you could tell me the reason for asking it”.

Após ouvir a resposta do empregador, você poderá analisar e ver se a pergunta faz sentido e se de fato a resposta é importante para a vaga desejada. Se escolher respondê-la, você pode relacionar sua resposta com o trabalho, mostrando como você será capaz de executar as tarefas exigidas.

Veja abaixo alguns exemplos enviados pela especialista canadense Brenda Crump:

1)How old are you?

Neste caso, você pode mencionar seu conhecimento, maturidade, estabilidade, contatos… Caso você seja uma pessoa mais experiente, pode ser que o empregador acredite que você está esperando um salário muito alto ou que seja muito qualificado para a vaga em aberto. No entanto, você pode afirmar que neste ponto de sua carreira a satisfação no trabalho vale mais do que o salário (claro, se para você isso for verdade).

Caso você ainda seja muito novo, destaque sua flexibilidade, energia, vontade de aprender entre outros. Forneça também referências de antigos empregos e trabalhos voluntários.

2) Are you married?

– Se você é casado (a) e tem filhos, você pode explicar ao empregador que tem um lugar confiável para deixar as crianças e também pessoas que possam lhe auxiliar em caso de emergência. Além disso, você também pode falar que não fará ligações pessoais durante o horário de trabalho e destacar sua pontualidade e outras características.

-Se você é casado e não tem filhos, você pode apresentar ao empregador que você e seu companheiro (a) estão em busca de uma vida estável.

-Se você não é casado, você pode mostrar sua disponibilidade e, caso deseje, sua vontade de fazer hora extra e disponibilidade para viagens.

3) How long have you been in Canada? Where are you from?

Neste caso, se você está a pouco tempo no país, pode mostrar ao empregador que conhece o mercado canadense, sabe quais são as tendências e as necessidades da empresa. Caso você já esteja no país por um período maior, mencione sua experiência canadense e treinamentos. Sempre fale a respeito de seus cursos de atualização, sua atual ocupação e conhecimento de mercado. Não deixe de mencionar sua habilidade de aprender rápido e os desafios que você já venceu na carreira.

Clique aqui e saiba como trabalhar no Canadá

As 10 perguntas mais comuns em entrevistas de emprego no Canadá

Assim como no Brasil, nas entrevistas de emprego no Canadá também existem aquelas perguntas-chave que, independente da vaga disputada, serão feitas pelos entrevistadores para conhecê-lo melhor e avaliar se você tem o perfil ideal para a empresa.

Por isso, pensando em deixá-lo mais preparado para este momento, nós conversamos com a especialista canadense Brenda Crump e separamos as dez perguntas mais comuns feitas pelos recrutadores. É claro que todas as questões listadas aqui são apenas exemplos e não é recomendado memorizar as respostas. Você precisa avaliá-las e elaborar respostas de acordo com a sua realidade.

1)Tell me about yourself.

Com esta pergunta, o entrevistador quer, além de lhe deixar mais tranquilo, ouvir de você porque ele deve lhe contratar e o que você tem para oferecer à empresa. Para responder esta questão, a sugestão é que você fale um pouco sobre as suas qualificações e experiências anteriores relacionadas com a vaga disponível, suas habilidades, incluindo a maneira como você lida com as pessoas, e alguma informação pessoal que demonstre estabilidade.

2) Tell me about your experiences with this type of work.

Neste caso o entrevistador quer descobrir se você é capaz de desenvolver o trabalho proposto. Se você já teve alguma experiência parecida anteriormente, conte onde e dê exemplos de suas realizações. Caso sua experiência não seja a mesma, mas seja relacionada à vaga disponível, indique as habilidades que podem ser aproveitadas e também demostre vontade de aprender. Em caso de não ter feito nada parecido, foque apenas em suas habilidades e indique seu interesse no treinamento disponibilizado pela empresa.

3) Why do you want to work here?

Neste momento o entrevistador quer saber o que você conhece e gosta na empresa além de descobrir se você quer contribuir para o crescimento da companhia ou se está apenas atrás de segurança e dos benefícios oferecidos. Para responder a esta pergunta, primeiramente você precisará descrever o que você sabe sobre a organização. Além disso, não esqueça de indicar como as suas habilidades vão de encontro ao que eles estão precisando no momento e sua vontade de crescer com a empresa.

4) Why did you leave your last job?

A intenção desta pergunta é descobrir se você teve algum problema no passado e se há algum motivo para não contratá-lo. O empregador também quer avaliar sua atitude em relação aos colegas de trabalho, supervisores, políticas da empresa e situações difíceis.
Ao responder esta pergunta, sempre fale algo positivo sobre a sua antiga empresa. Também descreva brevemente a sua razão para ter deixado o emprego. Se você saiu bem da empresa ou tem uma carta de recomendação, conte para o entrevistador. Caso a sua situação não tenha sido tão boa assim, mencione o que os colegas de trabalho gostavam em você, algumas de suas realizações no antigo emprego e a oportunidade que você está tendo de procurar novos desafios e crescimento na carreira.

5) What kind of salary do you need?

Neste caso, o entrevistador quer saber se o salário que você tem em mente vai de acordo com o que a empresa está disposta a pagar. Nesse caso, temos três diferentes sugestões de resposta:

  • “I’m really interested in finding out what salary range you are offering”.
  • “I’m negotiable and ready to discuss an amount which is fair to both of us, and takes into account my responsibilities and qualifications”.
  • Caso o empregador esteja realmente interessado em contratá-lo, ou insista em uma resposta, diga um valor que você saiba que é realista. Por isso, saiba o quanto você precisa para conseguir cobrir seus gastos mensais. Pergunte também sobre benefícios e oportunidades de crescimento dentro da empresa.

6) When are you available for work?

O motivo desta pergunta é óbvio: descobrir quando você pode começar e se você tem outros compromissos. Se você estiver livre para começar imediatamente, diga. Caso você esteja trabalhando e ainda precisa avisar ao atual empregador, deixe claro o tempo que você necessita para isso.

7) What are your greatest strengths?

Com esta pergunta, o empregador quer descobrir o quão bem você se conhece, se você acredita em suas competências e se está confiante de que é a pessoa certa para a vaga. Para responder, diga que além de suas habilidades profissionais, treinamentos ou experiências anteriores você também tem qualidades que podem colaborar com o seu trabalho e liste cada uma delas. Se ainda tiver tempo, esteja preparado para dar exemplos reais e citar situações anteriores nas quais suas características lhe ajudaram a fazer um bom trabalho.

8) What are your weakness?

O motivo desta pergunta é descobrir se você não é a pessoa ideal para a vaga. Neste caso, você poderá apontar  seus pontos fracos, mas ao mesmo tempo mostre que você está sempre trabalhando para superá-los.

Exemplos:
“I’m so enthusiastic that I want to do 100 thing at once, so I have to sit down and make a list of priorities and plan a schedule. That always works well with me”.
“I’m eager to have computer training, so I’m enrolling in evening courses for next term”

9) What are your long-range goals?

Os motivos desta pergunta são claros: descobrir se você tem interesse em permanecer na empresa; se a vaga é o que você realmente quer; identificar seus planos de carreira e se eles estão de acordo com os objetivos da companhia. Quando for responder a esta pergunta, mostre interesse e comprometimento com a sua área de trabalho.

10) Can you work under pressure or tight deadlines?

Neste caso, se for verdade, responda “sim”. Você pode falar algo do tipo “I know pressure and deadlines are a part of work and I enjoy meeting realistic goals and challenges”. Cite também exemplos de experiências passadas e descreva os prazos e pressões que você considera normais no tipo de trabalho que você estará executando.

Caso trabalhar sob pressão não seja o seu forte, primeiro cite alguns de seus pontos positivos e depois diga que você prefere saber os deadlines com antecedência para que você possa se organizar e trabalhar melhor.

**Para se preparar melhor para a entrevista, leia também o nosso texto Dicas para se dar bem em entrevistas de emprego no Canadá

Clique aqui para trabalhar no Canadá

Veja o que você precisa saber sobre entrevistas de emprego no Canadá

Uma das etapas mais importantes na conquista de um emprego no Canadá é a entrevista. Ela pode parecer um pouco assustadora, principalmente para aqueles que acabaram de chegar ao país e ainda não sabem muito bem como é a dinâmica de contratações em terras canadenses. No entanto, não há motivos para pânico! Depois de dar dicas de elaboração de currículo e cover letters, a equipe da 3RA Intercâmbio conversou mais uma vez com a especialista canadense Brenda Crump, que conta com mais de 20 anos de experiência na área de recrutamento e seleção, para obter informações valiosas sobre este momento tão importante para quem busca uma vaga de trabalho. Confira abaixo um pequeno resumo do que você precisa saber:

Tipos de entrevista:

Segundo Brenda Crump, no Canadá existem vários tipos de entrevista. Como é comum passar por cerca de duas ou três delas, é importante saber como funciona cada um deles. Veja abaixo a lista que a especialista preparou para a 3RA Intercâmbio:

Structured: Neste modelo, o entrevistador irá perguntar ao candidato muitas questões de uma maneira mais formal. Este tipo de entrevista é normalmente feita em escritórios.

Unstructured: Este é um tipo de entrevista mais “relax”, na qual o entrevistador vai ser mais informal e provavelmente não será feita dentro do escritório.

Lunch: No Canadá é muito comum que o empregador lhe convide para uma entrevista durante o almoço. Entrevistas deste tipo podem revelar que existe um grande interesse de contratação.

Panel and Board: Este é o tipo de entrevista no qual você será entrevistado por mais de uma pessoa.

Stress: Nesses casos o empregador irá lhe colocar sob várias situações de stress. A internção é saber como você é ao trabalhar sob pressão.

Testing: Em entrevistas do tipo será pedido que você prove suas habilidades através de testes como provas escritas, por exemplo.

Behavioural: Provavelmente o empregador irá pedir que você descreva alguma situação do passado para provar que você tem uma habilidade específica.

Checklist: O que levar para a entrevista?

Confira um rápido checklist para você não esquecer de nada:

Cópia do currículo
Cartas de recomendação e referências
Papel e caneta para anotações
Cópias de diplomas e certificados
Portifólio (caso seja necessário)
Informações sobre a empresa e perguntas para o empregador

Dicas gerais

Brenda Crump também separou algumas dicas que ela julga importantes para a entrevista. Algumas com certeza você já escutou no Brasil. Porém, é sempre bom relembrar:

– Pesquise sobre a empresa antes de ir para a entrevista

-Vista-se apropriadamente. Escolha roupas que combinem com o trabalho que você está se candidatando.

-Chegue sempre com 10 ou 15 minutos de antecedência. Descubra quanto tempo você precisará para chegar até o local.

-Não fume nem mastigue goma de mascar

-Seja natural. Responda as perguntas com confiança, lógica e precisão

-Sempre aponte fatos específicos e exemplos. Não responda apenas “sim” para questões como “você tem experiência neste campo?”. O empregador não precisa lhe pedir dados e fatos. Você precisa fornecê-los.

-Tenha em mente o que você pode oferecer para a empresa

– Seja sempre positivo.  Veja o exemplo abaixo e observe como as duas respostas soam diferente:
“What is your word processing speed?”
1)“My word processing speed is only 45 words per minute and I’m afraid I’m rather rusty right now”
2)“My word processing speed is 45 words per minute and I’m looking forward to getting it even higher. I really enjoy word processing and take pride in doing quality work”.

– Se você se sentir nervoso, respire com calma e profundamente. Seja claro nas suas respostas e fale em um volume que seja fácil de ser entendido.

-Ao final da entrevista, agradeça ao entrevistados pela oportunidade e o tempo que ele dedicou a você.

-Envie ao empregador uma “Thank-you” letter por e-mail. Essa não é uma prática muito comum no Brasil, mas no Canadá é normal agradecer após a entrevista.

-Discuta salário, turnos de trabalho e benefícios apenas após o trabalho ter sido oferecido a você.

Clique aqui e descubra como trabalhar no Canadá

Workshop “Currículos e Entrevistas no Canadá” é sucesso entre os participantes

Na última quinta-feira (28), os clientes da 3RA Intercâmbio saíram da sede da empresa prontos para conseguir um emprego no Canadá. O motivo foi o workshop “Currículos e Entrevistas” oferecido pela agência em Vancouver. O evento, que foi ministrado pela consultora canadense Brenda Crump, discutiu os modelos de currículos do país, cartas de apresentação e comportamento durante entrevistas de emprego.

Para o empresário Maurício Rezende, que está em Vancouver há apenas um mês, o evento foi muito proveitoso. “Foi muito explicativo e mostrou o caminho certo para aplicar um currículo aqui no Canadá, já que o formato é bem diferente do que temos no Brasil. Foi bem interessante e é algo que precisa continuar, pois vai ajudar muitas pessoas. Aqui é um outro mundo, um país completamente diferente e precisamos de mais eventos desses”, comentou.

A opinião de Maurício é similar a de Nádia Fernandes, que pretende iniciar um College em setembro, também em Vancouver, com a ajuda da 3RA Intercâmbio. Ela destacou ainda que o workshop é o único voltado para os estudantes internacionais. “É o primeiro evento que vejo voltado para este público, já que a maioria das iniciativas do tipo são para residentes permanentes ou cidadãos. Este tipo de evento é muito importante para nós que acabamos de chegar aqui e não temos noção de como fazer um currículo e de como é trabalhar em uma empresa canadense. Então é muito bom ter a opinião de uma canadense, que trabalha realmente com isso, e que vai nos guiar e tirar um pouco desse medo que nós temos de vir morar em um novo lugar e enfrentar tantos desafios”, disse.

Para a cliente Daniela Aoyoma, que chegou a Vancouver há cinco meses, o workshop tornou as coisas muito mais fáceis. “A Brenda Crumo explicou muito bem como nós podemos fazer essa transição da nossa profissão do Brasil para o Canadá. É um ambiente muito diferente e, sem dúvidas, o evento me ajudou a tornar tudo muito mais fácil”, concluiu.

O próximo workshop da 3RA Intercâmbio está agendado para sexta-feira, dia 27 de Maio, na sede da empresa em Vancouver. O tema da vez será “Como encontrar o seu primeiro emprego no Canadá”. Para participar, é só clicar aqui, se inscrever e aguardar o e-mail de confirmação. As vagas são limitadas e clientes 3RA tem preferência na lista de convidados.