imposto de renda no canadá

Tax Refund e Imposto de Renda no Canadá: Como funciona?

Fazer a declaração do imposto de renda no Canadá não é difícil, mas é necessário ter um pouco de tempo e organização.

Com certeza se você trabalha no país, já ouviu que é possível receber de volta parte do dinheiro pago em taxas para o governo. Porém, muitos estudantes internacionais ficam confusos com essa informação e não sabem exatamente como isso funciona e o que é preciso fazer para ter acesso a este dinheiro

As dúvidas aumentam ainda mais quando o período para declaração do imposto de renda inicia e os documentos emitidos pelos empregadores começam a chegar pelo correio.

Fique tranquilo, pois se você ainda não fez seu imposto de renda no Canadá, ainda dá tempo! O prazo para entrega dos documentos todo ano é dia 30 de abril.

Imposto de Renda no Canadá: o que é?

O “tax refund” nada mais é do que o reembolso dos valores pagos a mais em impostos por você. Todas as vezes que você recebe seu pagamento, o empregador desconta esses valores do seu salário e encaminha para o Canada Revenue Agency (CRA), que é o órgão responsável pela arrecadação de impostos.

Caso você tenha pago mais do que devia, terá direito a receber esta quantia de volta. Por exemplo, se você estiver dentro do limite de isenção,  provavelmente vai receber a restituição. Porém, a única forma de garantir a devolução deste valor é fazendo a declaração do imposto de renda.

Importante ressaltar também que assim como cada província tem seu próprio valor de salário mínimo, elas também possuem suas próprias leis quanto ao imposto de renda. Por isso, é muito importante estar ciente das regras do país e do local onde você reside ou pretende residir. Por exemplo se você viveu o ano anterior em uma província e este ano se mudou para outra localidade, você deverá declarar seu imposto de renda de acordo com as regras da província em que viveu no ano anterior.

Ao fazer a declaração de imposto de renda no Canadá também é necessário mencionar todo e qualquer rendimento recebido, seja no país ou fora dele. Sendo assim, se você tiver algum recebimento, seja de um trabalho à distância, de uma empresa da qual você é sócio, ou até mesmo de um aluguel ainda do Brasil, isso deverá ser declarado. Esta regra vale para quem ainda possui imóveis no Brasil ou opera em bolsa de valores.

Para conferir outras informações igualmente importantes, você poderá acessar o site da Canada Revenue Agency (CRA).   

Quais as diferenças entre Tax Return e Tax Refund?

Tax return é a declaração de imposto de renda onde será declarado todos os seus rendimentos, deduções, créditos e impostos pagos.

Tax refund é a restituição de imposto de renda. É a diferença entre o imposto pago e o imposto devido, ou o valor que você pagou mais do que devia. 

Imposto de Renda no Canadá: prazos

O prazo para entregar o imposto de renda no Canadá é dia 30 de abril ou o último dia útil de abril de cada ano. E o período a se declarar é de janeiro a dezembro do ano anterior.

Já para quem é autônomo, a categoria é chamada de Self-employed e a data limite é 15 de junho, porém caso você tenha algum imposto a pagar, ele deverá ser quitado até o dia 30 de Abril.

Caso você não tenha feito o imposto de renda em anos anteriores, é possível realizar o processo de até cinco anos, mesmo que você já tenha deixado o país.

Quem pode declarar o imposto de renda no Canadá?

Todas as pessoas que possuem um SIN number válido. Pode ser residente permanente e/ou canadense, e/ou residente temporário que vive no país como estudante e/ou trabalhador. 

No entanto, apenas algumas pessoas são obrigadas, como é o caso de trabalhadores autônomos ou quem precisa devolver algum benefício fiscal ao governo. Mesmo que você não faça parte de algum dos grupos que devem obrigatoriamente declarar o imposto, só receberá o “tax refund” quem fizer a declaração.

Uma razão também muito importante é que, ao declarar o imposto pela primeira vez, a pessoa torna-se elegível para o fundo de previdência. Além disso, o Canadá oferece alguns benefícios em que só é possível usufruir se você fez o imposto de renda (além de outras regrinhas), como é o caso do Canada Child Benefit.

Sou estudante, devo fazer a declaração do imposto de renda no Canadá?

Está é uma dúvida muito comum dos nossos clientes e a resposta é sim! Estudante brasileiro no Canadá pode fazer a declaração mesmo que ainda não esteja trabalhando. O formulário neste caso é T2202A – Tuition and Enrolment Certificate.

No entanto, apenas as instituições de ensino certificadas pelo Employment and Social Development Canada estão autorizadas a emitir este documento. O arquivo conta com todos os valores pagos por você em tuition para a instituição. Através deste documento é possível, ainda, calcular os créditos estudantis.

Como os estudantes só podem trabalhar 20 horas por semana, a maioria se enquadra na faixa de isenção e geralmente não precisa pagar impostos, apenas recebe a restituição do que foi retido na fonte. Mesmo assim, é importante declará-lo, pois é um crédito que você poderá utilizá-lo nos anos seguintes, quando a sua renda for maior.

Lembrando que para o estudante que é casado, o cônjuge que trabalha poderá fazer a declaração de imposto de renda em conjunto.

Como posso fazer a minha declaração do imposto de renda no Canadá?

Caso você ainda não tenha feito sua declaração de imposto de renda no Canadá, ainda dá tempo de se organizar. Você precisará ter em mãos:

Social Insurance Number

Esse número é como se fosse a carteira de trabalho do Brasil. Ele registra seu histórico e garante seus direitos enquanto trabalhador. Você deverá enviar uma cópia digitalizada durante sua aplicação no imposto de renda no Canadá, além de mencionar o número, data de recebimento e nome completo conforme está escrito neste documento.

Algumas informações importantes também devem ser incluídas, como: estado civil, data de nascimento, seu endereço completo incluindo o código postal.

Também deverá enviar informações de seu cônjuge e de seus dependentes: nome, data de nascimento, dados do SIN, valores de renda e se houver despesas com daycare.

E o mais importante: seus dados bancários para depósito de alguma restituição se houver. Em alguns casos o governo poderá enviar um cheque para seu endereço.

Imposto de renda no Canadá: outros documentos

T4 – Documento que apresenta um resumo de todos os seus rendimentos e impostos pagos durante o período trabalhado. Seu empregador enviará para você geralmente até o final de fevereiro de cada ano. Ah, ele também enviará o T2200, que é a Declaração de condições trabalho.

Como já mencionamos, estudantes devem apresentar o formulário T2202A – Tuition and Enrolment Certificate. Este documento será enviado pela instituição de ensino que você está estudando ou estudou.

Você precisará ainda enviar alguns recibos de despesas digitalizados. Tais como: aluguel, creche, consultas médicas, doações, farmácia, mudança de residência, atividades artísticas, musicais e/ou com atividades esportivas dos seus dependentes. Além dos formulários:  T3s, T5s, T4A, T4P, T4RSP (sempre fazer cópias digitalizadas).

Para quem é autônomo ou trabalha como freelancer, profissional liberal, proprietorship ou partnership deverá preencher o formulário T2125 – Statement of Business or Professional Activities, constando os rendimentos. 

Caso você possua rendimentos de locação deverá preencher o T776 – Statement of Real Estate Rentals. E nesse caso, você sendo proprietário ainda será preciso preencher o T1135 – Foreign Income Verification Statement.

Imposto de renda no Canadá: ajuda extra especializada

Se você não fez a declaração do imposto de renda nos anos anteriores ou acabou perdendo o prazo, é possível realizar o processo diretamente no site do CRA, de até cinco anos anteriores.

Para aqueles que já voltaram para o Brasil, lembramos que o governo não envia os valores de restituição para fora do Canadá. Por isso, às vezes, a melhor opção é contar com o auxílio de uma consultoria especializada. E a 3RA Intercâmbio poderá ajudar-lhe nesta tarefa. Basta preencher o formulário disponível no site da 3RA para receber uma estimativa gratuita com o valor que você poderá reembolsar.

Declaração de Imposto de Renda no Brasil

Estamos falando de declaração de imposto de renda no Canadá mas, para quem ainda possui alguma renda no Brasil é preciso lembrar de declarar por lá também.

Então, anote aí: o último dia para entregar o imposto de renda no Brasil é também dia 30 de abril. Para saber mais, acesse publicação do Diário Oficial da União.

Importante lembrar que: “Estão obrigados a apresentar a declaração aqueles que tenham recebido rendimentos tributáveis cuja soma supere R$ 28.559,70 no ano passado, ou rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados na fonte com soma superior a R$ 40 mil.”

Quem registrou ganhos com alienação de bens ou direitos tributáveis, realizou operações na bolsa de valores, ou tenha optado pela isenção do imposto incidente sobre a venda de imóveis residenciais também deve declarar.

Ainda, segundo as regras definidas pelo Fisco, o contribuinte que não fizer a declaração ou entregá-la fora do prazo estará sujeito à multa no valor de R$165,74.

Imposto de renda no Canadá: saída definitiva do Brasil

Se você está morando no Canadá será necessário declarar para a Receita Federal a sua saída definitiva ou temporária do Brasil. Não fazendo, o cidadão brasileiro fica sujeito à declarar o imposto de renda no Brasil e a pagar uma multa pelo atraso ao FISCO.

O que confunde um pouco as pessoas é que o processo de saída definitiva engloba a Comunicação de Saída Definitiva do País (CSDP) e a Declaração de Saída Definitiva do País (DSDP). Ambos documentos devem ser encaminhados à Receita Federal.

CSDP – Comunicação Definitiva de Saída do País: é o documento que o cidadão brasileiro deve enviar para a Receita Federal do Brasil comunicando a sua saída do país. Ele serve para informar ao fisco que, a partir de determinada data, o cidadão efetivamente deixou de ser residente no Brasil.

DSDPDeclaração de Saída Definitiva do País: refere-se à última declaração de Imposto de Renda Pessoa Física que o cidadão brasileiro deve fazer quando decide residir no exterior.

Fontes: 

IR 2019: contribuinte que não mora mais no Brasil deve comunicar saída para a Receita; prazo acaba dia 28

Personal income tax

Qual a diferença entre Tax Return & Tax Refund?

Sou estudante! Quais documentos preciso para declarar o imposto de renda? (Tax Return)

 

Você também pode se interessar:

https://3raintercambio.com/filhos-no-canada/

https://3raintercambio.com/como-emitir-o-social-insurance-number-para-trabalhar-no-canada/

 

 

 

64 Compart.

Salário mínimo no Canadá

No Brasil, o salário mínimo tem o mesmo valor em todo o território nacional. Porém, no nosso amado país da América do Norte as coisas são um pouquinho diferentes. Primeiramente, o valor do salário mínimo no Canadá não é mensal, mas sim por hora. Além disso, esse valor da hora pode variar de acordo com a província e a diferença pode chegar a ser de quase três dólares por hora!

Atualmente o salário mais baixo, por exemplo, é de CAD$ 10,96 e o mais alto CAD$ 14,00. Ou seja, se você for um trabalhador full time (40 horas por semana), ganhando o salário mínimo, no final do mês a diferença pode ser de até CAD$ 486.

Por isso, pensando em lhe ajudar, nós resolvemos elaborar um texto com o salário atual de todas as províncias canadenses e também com os aumentos previstos para os próximos anos.

Veja abaixo:

salario mínimo Canadá

 

Salário mínimo no Canadá por província

1) Alberta:

Em Alberta, o salário mínimo atual é de CAD$ 13,60 por hora.  Ainda, de acordo com o governo da província, este valor chegará à CAD$ 15 por hora a partir do dia 1º de Outubro de 2018.

2) British Columbia:

Em British Columbia, o salário atual é de CAD$ 12,65. Porém, o governo vem fazendo uma série de anúncios sobre o aumento do benefício, que chegará a CAD$ 15,20 até junho de 2021. Veja abaixo a crescente:

1º de Junho de 2019: $13.85 por hora (aumento de $1.20 )
1º de Junho de 2020: $14.60 por hora (aumento de $0.75 )
1º de Junho de 2021: $15.20 por hora (aumento de $0.60 )

3) Manitoba:

Em Manitoba, o salário mínimo atual é de CAD$ 11,15 por hora.

4) New Brunswick:

Atualmente, o salário na província é de CAD$ 11,25. Este valor será reajustado anualmente de acordo com o Índice de Preços do Consumidor (Consumer Price Index).

5) Newfoundland & Labrador:

O valor atual do salário mínimo na província é de CAD$ 11,15.

6) Northwest Territories:

O salário mínimo na região é de CAD$ 13,46 por hora. O regulamento não especifica que deve haver um aumento anual.

7) Nova Scotia:

Atualmente, o valor do salário na província é de CAD$ 11. No local, o montante é reajustado de acordo com o Índice de Preços do Consumidor (Consumer Price Index).

8) Nunavut:

O valor do salário mínimo nesta província é de CAD$ 13 por hora e é reajustado sempre no mês de abril de cada ano.

9) Ontario:

Ontario conta com o maior salário mínimo do Canadá atualmente, com o valor de CAD$ 14 por hora. O governo ainda confirmou que, em janeiro de 2019, o montante passará a ser CAD 15,00, por hora.

10) Prince Edward Island:

Atualmente, o salário mínimo na região é de CAD$ 11,55 por hora.

11) Quebec:

Em Quebec, o salário mínimo é CAD$ 12,00 por hora.

12) Saskatchewan:

O salário mínimo atual é de CAD$ 10,96 e é reajustado anualmente, sempre no dia 1 de Outubro, de acordo com o Índice de Preços do Consumidor (Consumer Price Index) e o salário médio por hora (Average Hourly Wage). As alterações no salário mínimo são sempre anunciadas a cada ano até 30 de junho.

13) Yukon:

O valor do salário em Yukon é de CAD$ 11,51 por hora e é ajustado no dia primeiro de Abril de cada ano de acordo com o Índice de Preços do Consumidor (Consumer Price Index).

É importante lembrar que cada província também conta com um custo de vida diferente. Portanto, apenas o valor do salário mínimo não pode ser o único fator levado em consideração no seu “Projeto Canadá”. É preciso analisar o índice de empregabilidade da sua área, o seu estilo de vida, os programas disponíveis em cada cidade e muitos outros fatores. Por isso, a consulta educacional da 3RA é tão importante.

Veja quanto custa viver no Canadá. 

582 Compart.

Média salarial por indústria e região no Canadá

O site Statistics Canada atualizou o relatório com as médias salariais no país. De acordo com o último documento divulgado, a média salarial geral é de CAD$ 952 por semana, ou seja, menos de CAD$ 50.000 por ano. Já a média por província varia muito, sendo New Brunswick a província com a média mais baixa ($44.044) e Northwest Territories a mais alta ($73.221). Veja abaixo a média salarial anual por província:

  • Newfoundland and Labrador – $52,572
  • New Brunswick – $44,044
  • Nova Scotia – $44,326
  • Prince Edward Island – $43,239
  • Quebec – $46,114
  • Ontario – $50,589
  • Manitoba – $46,363
  • Saskatchewan –$51,057
  • Alberta – $58,133
  • British Columbia – $47,914
  • Yukon – $54,367
  • Northwest Territories – $73,221
  • Nunavut – $65,403

Se comparado com os relatórios referentes ao ano de 2015, de uma maneira geral, a média salarial no país aumentou em 0,4%. O maior aumento foi registrado na área financeira: 7,4%. As áreas relacionadas à cultura ficaram em segundo lugar, com um aumento médio salarial de 5,8%. Confira abaixo a média salarial por setor no país:

  • Mining, quarrying, and oil and gas extraction – $107,065
  • Utilities – $89,955
  • Construction – $62,461
  • Manufacturing – $56,446
  • Retail – $29,398
  • Transportation and warehousing – $52,383
  • Information and cultural industries – $66,309
  • Finance and insurance – $65,348
  • Real estate and rental and leasing – $48,887
  • Professional, scientific and technical services – $69,032
  • Educational services – $53,109
  • Health care and social assistance – $44,949
  • Arts, entertainment, and recreation – $30,396
  • Accommodation and food services – $19,430
  • Public administration – $63,894
42 Compart.

Você sabe quanto ganha um profissional da sua área no Canadá?

Ao começar a planejar a nova vida canadense, muitas pessoas têm a mesma dúvida: “Quanto ganha um profissional da minha área no Canadá?”. Todos querem saber não apenas qual será seu possível salário inicial – caso venha a atuar na mesma área do Brasil – mas também quais são as perspectivas para futuro.

Porém, na maioria das vezes, as pessoas não sabem onde procurar por esses dados e acabam ficando um pouco perdidas. Pensando nisso, nós decidimos listar aqui alguns dados importantes e, além disso, apresentar dois sites que contam com informações detalhadas sobre cada profissão e podem ser muito úteis para o seu planejamento.

O primeiro deles é o Statistics Canada. Para quem não conhece, o site é uma excelente fonte de busca e lá você consegue encontrar a média de salário por hora por campo de atuação em terras canadenses. São informações mais gerais e que já irão te dar uma ideia inicial. Veja na tabela abaixo os dados mais recentes:

Ocupações Média salarial por hora (em CAD)/Julho 2015 Média salarial por hora (em CAD/Julho 2016)
0 – Management occupations 39,23 42,28
1- Business, finance and administration occupations 25.06 25.53
2- Natural and applied sciences and related occupations 34.70 35.58
3- Health occupations 28.89 29.43
4 – Occupations in education, law and social, community and government services 30.39 31.75
5 – Occupations in art, culture, recreation and sport 21.71 20.61
6 – Sales and service occupations 16.60 16.35
7- Trades, transport and equipment operators and related occupations 25.06 25,21
8 – Natural resources, agriculture and related production occupations 21.43 20.24
9 – Occupations in manufacturing and utilities 21.06 21,59

Se você não sabe em qual ocupação a sua profissão se encaixa, é só procurar o código do NOC (National Occupational Classification) nos sites do governo. O NOC é um sistema nacional que classifica e descreve todas as ocupações no país. Neste site, por exemplo, você só precisa digitar o nome de sua profissão (em inglês) e verificar o código de quatro números que aparece na coluna da esquerda. O primeiro número será o de sua área de ocupação. Por exemplo: Para “journalists”, o código é o “5123” o que significa que a profissão se encaixa na área número 5 : “Occupations in art, culture, recreation and sport”. Caso prefira, você também pode verificar esta informação na listagem das profissões já separadas por ocupação. É só clicar aqui!

Job Bank

Agora, se você quer uma informação mais detalhada sobre o salário da sua profissão, levando em consideração a sua formação, província escolhida e até mesmo a cidade, o ideal é visitar o site “Job Bank”. A página conta com um sistema muito simples de busca, no qual você digita o nome da cidade, e ele imediatamente apresenta a lista das profissões junto com a média dos salários mais baixos, médios e altos de cada uma, te deixando bem informado sobre a realidade do mercado canadense. É possível verificar os salários em uma cidade específica, província e a média em todo o Canadá.  

Por exemplo, nós procuramos por “Human Resources Managers” em  Vancouver. A primeira coisa que fizemos foi digitar o nome da cidade na tela inicial. Em seguida, encontramos a profissão na listagem fornecida e, de cara, descobrimos que a média dos salários mais baixos é CAD $ 21 por hora, dos intermediários CAD $ 40,87 e dos mais altos, CAD $ 61,03. Ao clicar no nome dá profissão, o site também nos oferece a opção de descobrir os valores em cada região da província de British Columbia e em cada província do Canadá. Vale a pena conferir!

print2

 

 

64 Compart.

É possível viver com o salário mínimo no Canadá?

O assunto “custo de vida no Canadá” é sempre um dos primeiros no ranking de perguntas dos nossos clientes e, por isso, nós estamos sempre voltando neste tema e buscando uma forma de passar os dados o mais perto possível da realidade. Nós já organizamos, por exemplo, um hangout online com clientes de Toronto, Vancouver e Winnipeg para comparar os gastos em cada uma dessas cidades e também já fizemos um texto bem detalhado sobre o assunto. Desta vez, nós decidimos contar com a ajuda dos nossos parceiros do canal “Mais ao Norte” para responder uma dúvida frequente: É possível viver com o salário mínimo no Canadá?

Os meninos do “Mais ao Norte”, Vitor Cruz e Felipe Reinecke, moram em Vancouver, na província de British Columbia, onde o salário mínimo atualmente é CAD$ 10,45 por hora. Em setembro deste ano, o valor passará para CAD$ 10,85.  Veja abaixo a média de gastos deles e, ao final, tire suas próprias conclusões. Fique atento também aos nossos comentários, pois os gastos podem variar muito de acordo com o seu estilo de vida.

Aluguel:

O Vitor e o Felipe não vivem no Centro da cidade, mas sim em Burnaby, que fica a mais ou menos 30 minutos de distância de downtown, o que reduz um pouco o custo dos meninos com aluguel. Atualmente eles pagam CAD$ 900 por mês. Segundo Felipe, para eles, esse valor é bem barato para a região de Vancouver. “É um prédio mais velho, sem muita estrutura…então a gente paga bem barato. Normalmente, na área de Vancouver, em um apartamento de um quarto, as pessoas pagam de CAD $ 1300 a CAD $ 1500”, completou Vitor.

Comentários 3RA: O valor do aluguel dos meninos é realmente bem barato. No entanto, se você está procurando por opções mais em conta ainda e não liga de dividir apartamento com mais gente, certamente você conseguirá economizar mais um pouquinho. Também há a possibilidade de morar em um basement, que é tipo o “porão” das casas e costuma ter um precinho bem legal. A homestay também é uma outra opção. Normalmente ela custa entre CAD $ 700 e CAD $ 800 por pessoa, mas geralmente já inclui cerca de três refeições diárias.

Plano de Saúde  

O Vitor e o Felipe pagam o MSP – que é o plano de saúde da província de British Columbia e sai a CAD $ 136 para duas pessoas.

Comentários 3RA: Para uma pessoa, o MSP custa CAD$ 75. Porém, este benefício só é válido para quem vai ficar mais de seis meses na província. Caso este não seja o seu caso, há sempre planos particulares que não saem muito mais caro. O da 3RA, por exemplo, custa CAD$2,20 o dia, totalizando menos de CAD$ 70 por mês. Lembrando que se você estiver indo para Manitoba ou Alberta não precisará se preocupar com este gasto, já que nesses lugares a saúde pública é gratuita. Já em Ontário, estudante internacional não tem acesso ao sistema de saúde do governo e será preciso contar com o particular.

Supermercado

Segundo Vitor, eles procuram sempre fazer compras em um dos supermercados mais baratos da cidade, o Real Canadian Superstore e usam e abusam da marca “No name”, que geralmente custam bem menos do que as outras marcas. “Ela é boa, bonita e barata”, brincou. De acordo com os meninos, os gastos giram em torno de CAD$ 400 por mês.

Comentários 3RA: Nós concordamos com os meninos e sabemos que as diferenças podem ser exorbitantes entre um supermercado e outro. Por isso, para economizar nas compras, você precisa saber onde ir e quais marcas comprar. Então, consulte a nossa lista dos cinco mercados mais baratos de Vancouver.

Transporte

Os meninos gastam transporte apenas para uma pessoa. “Como eu faço College, o meu transporte está incluído no preço que pago para a instituição”, explicou Vitor. O passe mensal que o Felipe compra é para a Zona 2, no valor de CAD$ 124.

Comentários 3RA: Lembrando que no sistema de transporte público de Vancouver a cidade é dividida em zonas. Se você morar na Zona 1, irá pagar CAD $91 no passe mensal. Já as zonas 2 e 3 – mais distantes do centro – os valores são CAD$ 124 e CAD$ 170 respectivamente.  Clique aqui para entender melhor como funciona o transporte em Vancouver.

Eletricidade

“Não se choquem, brasileiros!”, brincou Vitor. Eles gastam apenas CAD $ 30. “Nosso aquecimento ainda é feito com água, que não é paga aqui no prédio. Aliás, muitos prédios aqui em Vancouver não cobram água”, completou Vitor.

Internet

Vitor e Felipe gastam CAD $ 50 de internet.

Comentários 3RA: As opções são muitas e há promoções que incluem ainda TV a cabo e preços muito bons para estudantes.

Celular

Os meninos gastam cerca de CAD $ 100, sendo CAD $ 50 para cada. “Nós botamos um plano razoável e com uma internet boa”, disse.

Comentários 3RA: É possível economizar um pouquinho com telefone. Algumas empresas como a Wind e a Mobilicity, por exemplo, oferecem planos de apenas CAD$ 35.

Lavanderia

“Na maioria dos prédios, você não terá máquina de lavar e secar dentro do apartamento. Então você vai precisar usar a máquina do condomínio e que normalmente é paga. Nós gastamos CAD$ 15 por mês”.

Extras

“Nós colocamos CAD$ 300 para os extras. Extras são aqueles gastos que você não está imaginando e que sempre acontece. Aqui colocamos também entretenimento. Mas nosso lazer é praticamente ir ao cinema e restaurantes que não são caros”, falou. Eles também gastam CAD$ 10 com Netflix.

Comentários 3RA: O lazer vai depender muito do seu estilo de vida. O Vitor e o Felipe, por exemplo, não bebem. Caso você goste de ir a bares e baladas ou viajar muito, por exemplo, seus gastos serão bem maiores.

Total de gastos Mais ao Norte: CAD $ 2.069 mensais, CAD$ 1034,50 por pessoa.

Como falamos anteriormente, o salário mínimo em British Columbia é CAD$ 10,45 por hora. Trabalhando full-time, ou seja, 40 horas na semana, o salário mensal seria CAD $ 1.672. Porém, há ainda os impostos que são descontados de seu salário, o que reduz um pouco esse valor. É importante lembrar também que caso você esteja estudando, só poderá trabalhar CAD $ 20h por semana, reduzindo este valor total pela metade: CAD$ 836 (sem descontos!). Logo, dependendo do seu estilo de vida, você pode tirar suas próprias conclusões.

Assista ao vídeo na íntegra:

 

 

 

58 Compart.

Salário mínimo nas províncias canadenses

Cada província no Canadá tem seu próprio valor de salário mínimo, não é como no Brasil onde todos os estados seguem um valor único. Seis províncias canadenses sofreram reajuste em 2015: British Columbia, Alberta,  Saskatchewan, Manitoba, Ontario e Newfoundland and Labrador.

Quem mais sentiu a diferença no bolso foram os trabalhadores de Alberta, já que o salário subiu de CAD $10.20 para 11.20, por cada hora de trabalho. Em Saskatchewan e Manitoba a diferença foi de $0.30 centavos, subindo, na mesma ordem, de CAD $10.20 a hora para $10.50 e de CAD $10.70 para $11.00. Já os salários de Ontário e Newfoundland and Labrador  tiveram acréscimo de CAD $0.25 centavos, agora valendo: CAD $11.25 e CAD $10.50, respectivamente.  Em British Columbia os sálarios foram alterados de CAD $ 10.25 para $10.45.

Esse novo reajuste reorganizou o ranking de melhores e piores salários do Canadá. The Northwest Territories ocupa o primeiro lugar, pagando CAD $12.50 pela hora trabalhada, e New Brunswick o último, com salário de CAD $10.30/por hora. Confira o gráfico com todas as províncias:

CBC graphics

Via: cbc.ca

5 Compart.