3RA Intercâmbio

Inverno em Vancouver: Conheça as características desta estação do ano

50 Shares

O Canadá é conhecido como o “Great White North” (Grande Norte Branco) pela maior parte de seus visitantes. Porém, o que poucos sabem, é que mesmo no meio das temperaturas mais baixas do clima canadense é possível encontrar ainda muita diversão e cenários estonteantes. O inverno em Vancouver, por exemplo, é recheado de atividades tanto para os adultos, quanto para a garotada.

Localizada no oeste do Canadá, a cidade de Vancouver se destaca como um dos polos turísticos mais procurados durante todo o ano. Seu inverno é um tanto quanto ameno se o comparamos ao do restante do pais, atrás apenas de Victoria, capital da província de British Columbia. Nessa época temperaturas variam de 7˚C a -5˚C, podendo chegar a -10˚C nos dias mais frios.

Se no Verão os pontos mais disputados são os parques e praias, no inverno, as montanhas e pistas de patinação são os locais favoritos de  turistas e moradores, principalmente daqueles apaixonados por esportes.

Para os amantes do esqui e Snowboard, a apenas 30 minutos de Downtown Vancouver, é possível vivenciar um verdadeiro clima olímpico nas pistas da Cypress Mountain. Já para aqueles que estão só começando, além de boas pistas, a Grouse Mountain oferece uma vista magnífica da cidade. É o cenário perfeito para muitas fotos e diversão na neve.

No entanto, muitos turistas e moradores não se sentem preparados para encarar as montanhas. Neste caso, as pistas de patinação no gelo são o destino ideal para aproveitar bastante o inverno em Vancouver. Em Downtown está localizada a Robson Square Ice Rink, uma pista pública de patinação no gelo na qual é possível alugar patins por apenas $5,00 CAD e se divertir por quanto tempo quiser. Em resumo: opções de passeios em Vancouver é o que não faltam! Mesmo durante o inverno.

Além disso, o transporte público de Vancouver é incrível e não vai te deixar passar frio durante o inverno. A cidade conta com um dos melhores transportes públicos do mundo e todos os passeios podem ser feitos facilmente através do Skytrain, ônibus ou SeaBus. Além disso, todos os veículos são bem aquecidos. Em todos eles você vai estar protegido do frio.  Os veículos também são bem pontuais, evitando que você fique muito tempo na rua enquanto espera por eles.

O que vestir no inverno em Vancouver?

A primeira coisa que todo brasileiro se pergunta na hora em que o embarque se aproxima é: E agora, o que levar na mala? Nós não estamos muito acostumados com o frio canadense então bate aquela dúvida em como se proteger das baixas temperaturas de maneira eficaz. No entanto, cada um de nós tem um nível diferente de tolerância às temperaturas abaixo de zero. Por isso, vamos começar pelo indispensável.

É preciso ter na mala um bom casaco e um par de sapatos resistentes a água. Em Vancouver chove muito! Tanto é que a cidade tem o apelido de “Raincouver”. O sapato e o casaco impermeáveis irão te manter quentinho e sequinho. Além disso,  itens como cachecol, luvas, gorros, protetores de orelha e roupas térmicas também são super bem vindos na bagagem do brasileiro.

A nossa dica é bem simples: Toda vez que for sair, faça camadas de roupas. Assim você terá uma ideia da sua tolerância ao frio e poderá tirar e por as camadas quando necessário. Você só sentirá frio enquanto estiver na rua, pois todos os lugares possuem calefação (aquecimento). E lembre-se: Vancouver não é uma cidade tão fria assim.

O que você não pode deixar de fazer no inverno em Vancouver

O inverno em Vancouver é um momento especial do ano. Esse é o período em que Vancouver é embalada por diferentes tipos de eventos e atividades. A cidade se transforma e o branco da neve no topo das montanhas dão um clima todo especial nos quatro cantos da cidade. Além disso, quando chega a temporada de Natal, parece que estamos mesmo dentro de um filme. É uma delícia!

Confira abaixo algumas das principais atrações da cidade e alguns locais que você não pode deixar de visitar durante o inverno em Vancouver. Só não se esqueça do gorro, das luvas e do cachecol e divirta-se!

Show de luzes

O inverno em Vancouver começa praticamente junto com o período natalino e com as festas de fim de ano. Embora a neve seja coisa rara na cidade, uma série de exposições de luzes colorem Vancouver. Desta forma, é possível sentir com intensidade o espírito do natal.

Uma dica é não deixar de visitar o Bright Nights do Stanley Park. O evento conta com um passeio de trem pela floresta do parque. Além disso, milhares de luzes cintilantes fazem do passeio um dos melhores da cidade nesta época do ano.

Outra opção é o Canyon Lights do Capilano Suspension Bridge Park. Se você tem medo de altura, este passeio vai te ajudar a superá-lo. Com uma exibição deslumbrante de luzes no coração da natureza, é possível se sentir flutuando entre as luzes da ponte que chega a ter 70 metros de altura! E o melhor: Tudo isso com muito brilho e encanto.

Você também poderá se divertir com o Festival of Lights at VanDusen Botanical Garden, o Lights of Hope at St. Paul’s Hospital, o Carol Ships Parade of Lights, entre muitos outros.

Christmas Market

Seguindo no espírito natalino, o Christmas Market é um mercado com tudo que você possa imaginar referente ao Natal. Ele foi “importado” da Alemanha pelo imigrante Malte Kluetz e se tornou bastante popular por introduzir uma atmosfera lúdica à multicultural Vancouver.

Seus visitantes podem se deliciar com as típicas gostosuras alemãs, como o Gluehwein – um vinho quente bastante condimentado que lembra muito o nosso quentão, por exemplo.

Além disso, durante o evento, corais natalinos embalam a noite com suas vozes afinadas transformando o local na verdadeira terra do papai Noel.

Polar Bear Swim

Para aqueles que gostam de novas experiências e desafios, o Polar Bear Swim é uma ótima opção do inverno em Vancover.

O evento é uma tradição que acontece desde o ano de 1920 nas águas da English Bay, a praia mais famosa de Vancouver.

Neste evento centenário, todos são convidados a se tornarem verdadeiros “Ursos Polares” e mergulhar nas águas da English Bay no primeiro dia do ano para celebrar a chegada do ano novo. Normalmente o evento acontece no início da tarde do dia primeiro de Janeiro.

Para participar é simples: Bastar ser corajoso o suficiente para encarar as águas congelantes junto com outras milhares de pessoas em um frio de mais ou menos dois graus.

E você, está pronto para encarar as águas geladas do Pacifico?

Vancouver Lookout

Localizado a três quadras do Canada Place, o Harbour Centre se destaca por seu mirante, o Vancouver Lookout.  De lá é possível ter acesso à vista panorâmica mais bonita da cidade.

Como o local é fechado, ele representa uma ótima opção para fugir do frio e não deixar de fazer um passeio agradável. No inverno, a vista é maravilhosa e você poderá ver as montanhas que cercam Vancouver branquinhas de neve.

Você ainda terá a oportunidade de repor as energias no restaurante giratório localizado no andar de baixo da torre. O preço é um pouqinho salgado, mas a comida é deliciosa e a experiência vale a pena! O Harbour Centre é o local ideal para fotos incríveis.

Whistler

Localizada a 125 quilômetros ao norte de Vancouver, essa fantástica vila conta com serviços de primeira classe e pistas para esquiar com vários níveis de dificuldade.

Só para se ter uma ideia do tamanho da diversão, a Whistler Blackcomb é considerada pelos amantes de esportes radicais a Disneyland dos esporte na neve. Incrível, não é mesmo?

A vila de Whistler conta com um concorrido centro turístico de bares, lojas e restaurantes. Por suas incomparáveis paisagens e pelo excelente serviço oferecido nos restaurantes e hotéis, Whistler é em um dos lugares prediletos dos apreciadores das férias de inverno.