3RA Intercâmbio

dirigir no Canadá

Posso dirigir no Canadá?

207 Shares

Poder dirigir no Canadá com habilitação brasileira é uma dúvida comum entre muitos que chegam aqui. A CNH (Carteira Nacional de Habilitação) do Brasil é aceita no país, sendo que com algumas exigências. Pensando nisso, resolvemos escrever esse texto!

Dirigir no Canadá: British Columbia

No caso de British Columbia, chegando ao Canadá como visitante, você terá o direito de dirigir por um período máximo de 6 (seis) meses. Já como estudante, você deverá estar matriculado e cursando um programa full-time em uma instituição de ensino reconhecida pelo Governo Canadense.

Outra dica legal é andar sempre com uma carta da faculdade atestando que você é um estudante full-time, além da carteirinha de estudante. Assim, caso precise atestar que você está apto a dirigir no Canadá, você já terá todos os documentos em mãos.  

Vale lembrar que a sua CNH Brasileira é válida em todos os países inscritos na chamada Convenção de Viena. Esta regra foi firmada em 8 de novembro de 1968 e promulgada em dezembro de 1981. Nos outros países é necessário o porte da CHI (Carteira de Habilitação Internacional). Esta é uma licença especial que permite que os motoristas dirijam internacionalmente quando acompanhados por uma carteira de habilitação válida de seu país.

Veja abaixo a lista dos países inscritos na Convenção:

Dirigir no Canadá: Ontario

Apesar do Canadá aparecer entre os países que aceitam a carteira de motorista brasileira, de acordo com o site da Província de Ontario, as pessoas que forem ficar por mais três meses nesta província deverão aplicar para a carteira de habilitação internacional para dirigir (PID).

Se você for ficar por um período inferior aos três meses, poderá dirigir usando apenas a CNH brasileira. Lembre-se de checar antes de viajar se ela está dentro do prazo de validade. Neste caso, o condutor deve ter, no mínimo, 16 anos de idade; e o carro deve estar coberto por um seguro. É importante lembrar que o viajante precisa ter a permissão internacional antes de chegar em Ontario, pois o documento não poderá ser expedido na província.

Dirigir no Canadá: Como tirar a carteira de habilitação internacional

1 – Ter a carteira de motorista nacional válida

Você não poderá solicitar a PID sem possuir a carteira nacional de habilitação válida.

2 – Verificar o processo do seu estado

Como sabemos, no Brasil as regrinhas do Detran (Departamento Estadual de Trânsito) podem mudar a cada estado. Portanto, é muito importante você entrar no site do estado em que sua CNH foi expedida e conferir os detalhes. Não será possível aplicar para este documento em um estado diferente da sua CNH. Em algumas cidades, o processo pode ser feito online ou presencial.

3 – Preencher o processo online ou comparecer ao Detran

Para o processo online, é preciso escanear a sua CNH e um comprovante de residência dos últimos 90 dias. No final das etapas, você poderá imprimir a SSH (Solicitação de Serviço de Habilitação) para pagamento da taxa.

No caso de comparecer ao Detran, será preciso levar sua CNH original e uma cópia, além de um comprovante de residência dos últimos 90 dias. Você receberá assim, a SSH, e após o pagamento deverá retornar ao local e data marcada.

4 – Aguardar o documento pelo Correio ou pegar pessoalmente

Após o pagamento da SSH, o sistema do Detran computará seus dados automaticamente. Depois disso, é só buscar o documento onde realizou o processo na data marcada, ou apenas aguardar a chegada pelo Correio.

Dirigir no Canadá: demais províncias

É muito importante estar sempre informado sobre as regras vigentes na província para onde você irá viajar. Em Quebec e New Brunswick, por exemplo, você poderá dirigir com a carteira de habilitação brasileira válida por um período máximo de seis meses. 

Já na Ilha Prince Edward, a validade é de quatro meses. Em Yukon, o período válido cai para um mês. Em Alberta, você vai precisar portar a carteira de motorista internacional, além da brasileira válida. Para evitar problemas, vale a pena checar com órgãos específicos do local, como por exemplo o ICBC para British Columbia e Ontario.Ca para a província de Ontario. Exceto na província de Quebec, onde o francês é a língua oficial, no resto do país as placas são escritas em inglês.

Habilitação Canadense. Como solicitar?

Caso você tenha que tirar a carteira de motorista canadense, lembre-se que será necessário entregar a sua CNH permanentemente.

Regras para tirar a carteira de motorista em British Columbia

Assim como no Brasil, o processo de solicitação para a Habilitação em British Columbia é composto por duas fases, sendo uma prova teórica e outra prática. É importante lembrar que cada província possui processos e requisitos distintos.

Confira o passo a passo:

1 – Teste teórico

Você primeiro precisa fazer o teste teórico e atingir a nota adequada. Se aprovado, você receberá uma permissão de aprendiz identificado pela letra L (learner) e seguirá algumas condições. A idade mínima para fazer este teste é 16 anos.

2 – Teste prático

Será necessário marcar o teste prático no site oficial do ICBC. Em caso de aprovação você receberá a permissão de motorista iniciante, sendo representado pela letra N (novice licence).

3 – Carteira definitiva

Se após dois anos não houver nenhuma multa ou acidente, você poderá fazer outra prova prática e, se aprovado, receberá a carteira definitiva (class 5).

Mais informações no site do ICBC.

Dirigir no Canadá: etapas para tirar carteira de motorista em Ontario

Em Ontário, há 12 diferentes licenças dependendo do tipo de veículo que você for dirigir. A idade mínima para aplicar para a carteira de motorista é 16 anos. Para solicitar o documento e se submeter aos testes necessários é necessário ir até o DriveTest Center ou ao Service Ontario College Park localizado em Toronto.

Veja as permissões mais comuns nesta província:

Classe G (inclui G1 e G2) – Para carros, vans e caminhões pequenos
Classe M (inclui M1 e M2) – Para motocicletas, motonetas e ciclomotores
**Você pode ter mais de um tipo de licença.

Confira as etapas para tirar a carteira de motorista em Ontario:

1 – Teste teórico

Se aprovado, neste caso você irá receber a permissão de aprendiz G1 (Level 1 of graduated licensing)

2 – Teste prático

Após 12 meses você poderá fazer o teste prático;

3 – Receber a carteira G2 (Level 2 of graduated licensing)

4 –  Fazer o segundo teste prático

5 – Receber a carteira Full license G

6 – Carteira definitiva

Se após dois anos não houver nenhuma multa ou acidente, você receberá a carteira definitiva.

Mais informações no site Settlement.org ou DriveTest.

Quero alugar um carro, é possível?

Caso você queira alugar um carro em Vancouver, por exemplo, é muito simples. Basta apresentar a sua habilitação dentro do prazo da validade, ter um documento de identificação e um cartão de crédito. Se o condutor tiver menos de 25 anos, a locadora irá incluir algumas taxas. Você também poderá incluir um segundo motorista, porém esta pessoa também precisará apresentar a habilitação e um outro documento de identificação. Estas regras valem também se você for alugar um veículo por menos de três meses em Ontario.

São inúmeras as vantagens ao alugar um carro. Você terá mais autonomia para visitar os locais e não precisará se preocupar muito com horários, já que terá o veículo disponível para você. E claro, você não vai querer perder nada em sua viagem para o Canadá, né? Este que é um dos países mais lindos do mundo!

São várias as locadoras de carro e pacotes oferecidos, em que você poderá alugar um carro mais popular ou até mesmo um mais luxuoso. A maioria dos veículos é automático, com ar-condicionado e rádio. Opções de carros para pessoas com deficiência física também são facilmente encontrados para locação.

As empresas mais conhecidas no Canadá são:

Enterprise

Avis
Dollar
Thrifty

Uma dica super bacana é comparar os preços dos carros no site Rentcars. E aí é só escolher a opção que mais agrada seu bolso!

Dirigir no Canadá: conheça as empresas de carros compartilhados

Se você está no Canadá, mas não tem carro, não se preocupe. A utilização de veículos compartilhados no país é uma crescente que vem ajudando muito o dia a dia das pessoas por aqui. O serviço, conhecido como “car sharing”, é literalmente uma mão na roda, com a praticidade de encontrar veículos, inclusive em diversos pontos pelas cidades.

Apesar de ser considerado uma novidade para os brasileiros, a prática já é bem difundida entre os canadenses. E outro ponto muito importante é a questão do custo, já que você vai alugar um veículo por um período determinado e não precisará arcar com os valores de combustível, seguro e manutenção, por exemplo. Todos estes itens já estão incluídos nas taxas das empresas.

Dirigir no Canadá: Como alugar um carro compartilhado

O primeiro passo é ter o cadastro aprovado em uma das empresas que oferecem o serviço de carro compartilhado em sua cidade. As empresas mais tradicionais são:  Car2Go, ZipCar, Modo e Evo. Lembre-se que será necessário incluir a informação de um cartão de débito ou crédito.

A empresa de car sharing solicitará nesta etapa um driver record, que é um histórico do motorista durante um período determinado no Brasil. O documento pode ser encontrado  no site do Detran. O ideal é que você faça a tradução para o inglês antes de enviar para a empresa.

Tudo certo no cadastro, basta encontrar o veículo mais próximo. Você poderá destravá-los pelo aplicativo da empresa ou simplesmente ao toque de um cartão no para-brisa. Os carros já vêm abastecidos e dependendo da empresa você poderá retorná-lo em pontos diferentes da cidade para assim, outra pessoa usar. Algumas delas, você precisará devolver o veículo no mesmo lugar que pegou. Os carros são automáticos, contam com ar-condicionado e aquecimento, computador de bordo, rádio, GPS e assistência técnica 24 horas.

Saiba tudo sobre empresas de carros compartilhados em Vancouver.

Dicas na hora de dirigir no Canadá

Como o Canadá tem invernos rigorosos, os motoristas devem checar as condições das estradas antes de pegar um carro. É recomendado também verificar se os pneus são adequados para aquele trajeto e para as condições climáticas do local. É muito importante estar munido de informações, caso ocorra alguma emergência. No verão, a atenção deve ser redobrada com os animais silvestres que podem atravessar estradas, como ursos e alces.

Transporte público no Canadá

Vancouver

Falamos bastante sobre alugar carro e dirigir no Canadá, mas um ponto super positivo por aqui é que o transporte público funciona super bem. Em cada província, você vai encontrar opções diferentes e taxas distintas, porém todos têm um ótimo custo-benefício.

Falamos isso, pois o transporte público no Canadá foi desenvolvido exatamente para melhorar a vida dos moradores e visitantes. Por ele, você conseguirá chegar em praticamente todos os lugares que precisar!

Em Vancouver o sistema é administrado pelo órgão do governo chamado Translink, e conta com opções de ônibus, metrô, trem e balsa. Com conexão avançada, você consegue informações a todo momento pelo site oficial  ou simplesmente via SMS no caso dos horários dos ônibus. É só mandar uma mensagem para  33333 e no campo para escrever o texto você digita o número do ponto de ônibus e a rota. Pronto, você receberá a programação na palma da sua mão em segundos. Também há aplicativos que funcionam muito bem como o Google Maps (Iphone e Android) e o Transit (Iphone e Android).  

Em Vancouver, o sistema de transporte está dividido em três regiões: Zona 1 (2.85), Zona 2 (4.10), Zona 3 (5.60). Nos finais de semana e dias de semana após as 18h30 todas as pessoas pagam apenas o valor de zona 1 por bilhete.

Veja tudo sobre o transporte público em Vancouver.

Toronto

Já em Toronto, o sistema é chamado TTC (Toronto Transit Commission) e conta com metrô (subway), streetcar (bonde) e bus (ônibus). O legal que ele é todo interligado e com apenas um passe poderá usar os três modelos de transporte. Normalmente as estações de metrô contam com um terminal de ônibus também. Assim, fica mais fácil fazer essas baldeações.

Atualmente a tarifa em Toronto é de CAD 3,25 para adultos e CAD 2,10 para estudantes e idosos (mais de 65 anos). Porém, se você usa o transporte público regularmente, há alguns tipos de passe que você pode comprar e economizar, como o token e o monthly pass.

Confira tudo sobre o transporte público em Toronto.

Fontes:

https://www.ontario.ca/page/drive-ontario-visitors

http://www.icbc.com/autoplan/moving-insurance/Pages/default.aspx?tabid=1

http://www.icbc.com/driver-licensing/moving-bc/Pages/Moving-from-another-country.aspx

http://www.aircanada.com.br/canada/default.aspx?pageid=88

https://www.welcomebc.ca/Start-Your-Life-in-B-C/Daily-Life/Driving-in-B-C