área financeira no Canadá

Depoimento: “Como recomecei minha carreira na área financeira no Canadá”

Recomeçar. Essa é a palavra mais presente no dia a dia dos brasileiros que embarcam para o Canadá. Em um primeiro momento, as dúvidas são muitas, principalmente no que se refere ao mercado de trabalho. Por isso, nós decidimos convidar o nosso cliente Fábio Bueno, que passou por todo este processo de começar do zero na área financeira no Canadá, mesmo após trabalhar por anos em grandes empresas no Brasil.

Fábio é formado em Administração de empresas e pós-graduado na área de finanças no Brasil. “Fiz a minha carreira por lá, trabalhando em grandes empresas nas áreas de relações com investidores, FP&A (financial planning and analysis), M&A (Mergers and Acquisitions) e tesouraria. No entanto, em determinado momento, eu precisava mudar. Foi aí que eu decidi vir para Vancouver com a minha família”, contou.

De acordo com ele, como todo brasileiro que chega ao país, ele também queria trabalhar em sua área de atuação. “Fiz um curso de meu interesse pessoal (Personal Financial Planning), nada relacionado à minha experiência profissional anterior. Apesar de não querer exercer essa atividade aqui, logo após a conclusão do meu curso fiz uma prova e passei, obtendo a certificação necessária para atuar nesta profissão. Só para se ter uma ideia, no mesmo mês tive uma oferta de trabalho de um dos grandes bancos canadenses para uma posição de financial advisor, que optei por rejeitar”, relembrou.

Também após o término do curso e já com visto para trabalhar full-time, Fábio recebeu outra oferta de emprego na área para um contrato de três meses. “Ao término deste período, a empresa me ofereceu uma vaga permanente. Por isso, fica aí a minha primeira dica: não tenha medo das vagas temporárias. Veja sempre como uma oportunidade!”

Estratégias para conseguir o emprego

Segundo Fábio, uma das estratégias utilizadas por ele foi fazer várias versões de currículos, ressaltando cada uma das áreas em que ele havia trabalhado previamente. “Por exemplo, eu fiz um currículo mais focado em FP&A, outro mais focado em M&A, etc. Também fiz versões diferentes baseadas em senioridade. Além disso, coloquei em minha agenda uma rotina diária de pesquisa de vagas online e envio de currículos, além de constantemente buscar contato com headhunters”, destacou.

Veja como adaptar o seu currículo aos padrões canadenses

Sobre os headhunters, Fábio percebeu que a forma de recrutamento é bem diferente. “No meu caso, por exemplo, eles só fizeram contato quando tinham uma posição em aberto. Tentei diversas vezes me aproximar para desenvolver networking, mas na maioria das vezes não deu certo. Foram poucos que aceitaram uma conversa apenas para criar relacionamento. Geralmente eles só me recebiam quando já existia uma posição”.

Área Financeira no Canadá

Para Fábio, Vancouver se assemelha ao Rio de Janeiro e Toronto a São Paulo. “Logo, a área de finanças é bem restrita em Vancouver quando comparada à Toronto”.

De acordo com ele, outro aspecto que ele percebeu foi que grande parte dos profissionais da área financeira no Canadá tem certificação em contabilidade. “Isso é uma diferença bem grande em relação ao mercado no Brasil, principalmente se você busca uma vaga mais sênior”, revelou.

Segundo Fábio, outra particularidade interessante é que o mercado de trabalho no Canadá tem uma vida “mais longa”. “Vejo muitos profissionais com bastante experiência ainda ativos e sendo responsáveis por grandes projetos”, disse.

Para os que estão começando a busca agora, Fábio Bueno tem uma dica:  “Eu vou continuar neste caminho e minhas perspectivas são desenvolver novas habilidades, como data analytics, e buscar outras certificações”, finalizou.