3RA Intercâmbio

filhos no Canadá

Filhos no Canadá: Conheça o auxílio do governo para pagamento de Colleges e Universidades

344 Shares

Se você tem filhos no Canadá ou está pensando em ter, com certeza já se pegou pensando no futuro e no tão sonhado dia da formatura deles, não é mesmo? Com certeza será muito emocionante vê-los vestidos de beca e sorrindo de alegria pela conquista.

Mas, e o caminho até lá? Você já pensou no investimento que será necessário para este período de estudos?

Para se ter uma ideia, na província de British Columbia, os valores pagos por estudantes internacionais em colleges públicos podem ficar entre CAD 13 mil a CAD 18 mil por ano. Já em Ontario, este valor gira em torno de CAD 15 mil. Mas lembre-se, tudo vai depender da instituição e programas escolhidos. Portanto, o investimento pode flutuar para mais ou para menos. O ideal é saber quanto custa estudar no Canadá e se planejar com antecedência.

Para um jovem em início de carreira, muitas vezes torna-se complicado trabalhar para conseguir pagar esses estudos. Por isso, muitas vezes, eles precisam trancar a faculdade, trabalhar, somar uma quantia e, aí sim, concluir o tão sonhado curso de graduação.

E foi pensando nisso – e em também incentivar os pais a pouparem para este momento – que o Governo do Canadá resolveu dar uma mãozinha e criou o RESP, que nada mais é do que um sistema de poupança para educação pós-secundária.

Para abrir essa conta poupança, você tem três opções: Procurar uma instituição financeira (banco), um corretor financeiro certificado pelo governo, ou um corretor de fundos de grupo. A seguir, vamos explicar melhor e te ajudar a entender como isso funciona na prática.

Filhos no Canadá: Entendendo o RESP

O que é?

O RESP – Registered Education Savings Plan, ou em português – Conta Poupança de Educação – nada mais é do que um sistema de poupança utilizado especificamente para fins de educação pós-secundária, no qual os rendimentos são isentos de impostos. Além disso, dependendo da província, o Governo do Canadá contribui com subsídios adicionais, que vamos abordar mais adiante.

Como funciona?

A conta é estabelecida por um ou mais assinantes, que podem ser os pais, avós, parentes, padrinhos, amigos ou outros responsáveis pela criança. Esta será a beneficiária e terá direito a utilizar os recursos acumulados do valor principal, que são os subsídios, juros, dividendos, e ganhos de capital para o pagamento de despesas com a educação pós-secundária (colleges e universidades).

Para abrir a conta, o assinante e o beneficiário precisam ter um SIN válido (Social Insurance Number). Lembrando que, inclusive, bebês podem ter este documento, que conta com emissão gratuita. Outro ponto importante é que o beneficiário precisa ser residente do Canadá quando a conta for estabelecida.

A contribuição máxima vitalícia para o RESP não pode exceder CAD $50.000 por beneficiário. E os tipos de investimentos na RESP podem ser de várias fontes, incluindo contas normais de poupança, certificados de depósitos bancários e fundos mútuos ou ações. Por isso, o melhor a fazer é perguntar ao seu consultor financeiro a melhor opção.

É importante destacar ainda que as contribuições para o RESP não são deduzidas do imposto de renda. Porém, os rendimentos são isentos de impostos. Sendo assim, quando o RESP for utilizado pelo beneficiário, será cobrado o imposto sob a retirada. No entanto, esse valor será mais baixo, pois assume-se que o beneficiário é ainda um estudante.

Filhos no Canadá: Benefícios extras que podem ser adicionados ao RESP:

  • Canada Education Savings Grant: Esse é o nome dado ao subsídio adicionado pelo Governo do Canadá à conta poupança de educação. O valor máximo de subsídio básico e adicional que o governo depositará na conta é de CAD $7.200 por beneficiário. Este subsídio é concedido até o ano em que o beneficiário completa 17 anos de idade.
  • Subsídio Básico: O governo adicionará à poupança 20% da contribuição anual feita pelo assinante, com valor máximo de CAD 500 por beneficiário por ano. Se o beneficiário tiver contribuições de anos anteriores não utilizadas, esse valor máximo que o governo irá depositar pode chegar a CAD 1 mil por beneficiário (20% de CAD 5 mil). Esta será a quantia máxima que o beneficiário receberá por ano em subsídio básico.
  • Subsídio adicional – dependendo da renda familiar do beneficiário, os primeiros CAD 500 contribuídos para a conta RESP poderão atrair um subsídio adicional de 20% em cima deste valor por ano, o que significa um adicional de CAD$100 por ano por beneficiário.

Filhos no Canadá: Outros Benefícios específicos que podem ser adicionados ao RESP:

  • Canada Learning Bond – e um subsídio adicional para crianças nascidas a partir de janeiro de 2004. Este benefício consiste em um pagamento inicial de CAD 500 e um pagamento anual de CAD 100 até a criança completar 15 anos de idade. Assim, o valor máximo deste subsídio recebido por criança poderá ser de até CAD 2 mil.

O pagamento desse incentivo adicional está diretamente relacionado com um outro subsídio do governo, disponível para algumas famílias de uma renda mais baixa, chamado National Child Benefit.

  • Provincial Education Savings Grant – Crianças residentes nas províncias de British Columbia e Saskatchewan poderão receber um incentivo adicional do governo. No caso de BC, por exemplo, a província depositará na RESP um valor de CAD 1.200 desde que o beneficiário se enquadre nas seguintes condições:
    * Os pais e a criança devem morar em British Columbia;
    * A criança deve ter nascido a partir de 2006;
    * A criança deve ser nomeada como beneficiária de uma conta RESP com uma instituição financeira participante.

Education Assistance Payments (EAP’s) – este benefício consiste em aportes do governo, adicionados de rendimentos, para programas pós-secundário, ou seja, pós-ensino médio.

Accumulated Income Payment (AIP’s) – São as retiradas de dinheiro da conta RESP para fins não educacionais. Nesse caso, há algumas condições para os assinantes receberem o valor investido acrescidos de rendimentos.

Filhos no Canadá: fatores importantes quando investir em uma conta RESP

Sabemos que são muitas informações até o momento, portanto, é muito importante se atentar a alguns pontos quando pensar em investir na educação de seus filhos no Canadá.

O primeiro fator a considerar é que, mesmo que seu filho não tenha nascido no Canadá você poderá fazer a conta RESP. E mesmo que você tenha chegado agora, poderá começar a contribuir de forma mais tardia. Ótimo, não é mesmo? E sobre os benefícios, lembre-se que a contribuição máxima vitalícia não pode exceder CAD 50 mil em seu total.

Se você ficou com alguma dúvida, nós, da 3RA Intercâmbio indicamos o nosso parceiro Paulo Moulatlet da Manulife Securities, quem poderá te ajudar no melhor planejamento financeiro de sua família.

Sobre nosso parceiro

Paulo é brasileiro e imigrou para o Canadá há cerca de 22 anos. Ele trabalha no setor de Serviços Financeiros há 21 anos e possui uma ampla gama de conhecimentos sobre riqueza em produtos de serviços financeiros e produtos de seguros de vida.

O foco principal de Paulo é ajudar indivíduos, as famílias e os proprietários das pequenas empresas a navegar pelas diferentes etapas de sua atual situação financeira para que possam alcançar seus objetivos financeiros mais importantes. Paulo se especializou em fornecer aos seus clientes várias estratégias de planejamento, incluindo planejamento de aposentadoria, de investimentos, tributário, imobiliário e gerenciamento de riscos.

Entendeu tudo? O planejamento é a chave para este futuro brilhante de seus filhos no Canadá! O país aposta em cada indivíduo e fornece as ferramentas para que eles possam se desenvolver e contribuir para a sociedade.

Fazendo estes depósitos aos poucos, quando for a hora de ingressar em uma universidade será muito mais fácil! Sem dúvida, seus filhos realizarão o grande sonho de se graduar no Canadá!

Para mais informações, acesse: site do Paulo Moulatlet / E-mail: paulo.moulatlet@manulifesecurities.ca

Para simulação de valores acesse esta calculadora financeira.

Quanto custa viver no Canadá: filhos no Canadá

Falando em números, que tal saber quanto custa viver no Canadá? Afinal de contas, nossos investimentos vão muito além dos estudos quando temos família e filhos no Canadá, não é mesmo? Será necessário colocar na ponta do lápis as compras de mercado, luz, água, telefone, aluguel e muito mais.

Para te ajudar a fechar as contas do mês, selecionamos os principais itens que são obrigatórios na hora de manter um lar em terras canadenses. E como as dúvidas são sempre relacionadas às duas principais cidades do Canada: Toronto e Vancouver, vamos tomar como base a segunda, onde nossa matriz está localizada.

Aluguel

Para um casal,  existe a opção de alugar um apartamento ou um basement. O basement é o mesmo que um porão no Brasil. Porém, diferente do que estamos acostumados em nosso país, no Canadá estas opções são bem estruturadas e se tornou uma prática muito comum no Canadá.  O preço vai variar muito de acordo com o tamanho e a localização, mas, no geral, com cerca de CAD1000 é possível encontrar um lugar bacana. Normalmente, elas ficam longe do centro.

Já para morar em Dowtown, um apartamento de um quarto  pode variar entre CAD 1300 e CAD 1600. Se escolher uma opção com dois quartos, o aluguel pode flutuar em torno de CAD 2000 e CAD3000. Em outros locais, você consegue encontrar valores mais em conta.

Você também vai precisar colocar entre os seus gastos o depósito de segurança. No Canadá, quando você fecha o contrato, é necessário pagar cerca de 50% do valor do aluguel. Este montante fica retido com o responsável pelo imóvel para uso em caso de quebra de contrato. No entanto, se tudo ocorrer bem, o dinheiro será devolvido quando você se mudar do local. Um ponto legal é que normalmente a cota do condomínio,  o aquecimento e água estão inclusos no valor do aluguel.

Compras de Supermercado

Em Vancouver, há  uma grande variedade de supermercados. Por isso, pesquise bastante, pois poderá economizar muito.  Normalmente, os mais baratos são: Walmart, No Frills, Cotsco e Superstore.

Energia elétrica

Em Vancouver, a energia é muito barata. Um casal, por exemplo, gasta entre CAD 20 dólares a CAD 30 mensais. No caso de família maior, o montante pode atingir CAD 50 mensais. No inverno, caso o aquecimento não esteja incluído no seu aluguel, sua conta poderá vir um pouco mais alta.

Transporte Público

A região de Vancouver é dividida em três zonas para o transporte – Zona 1 (Vancouver), Zona 2 e 3 (cidades vizinhas). O ticket custa CAD 2,85 na Zona 1, CAD4,10 para a Zona 2 e CAD 5,60 para a Zona 3. E se você for usar o transporte diariamente, vale muito a pena comprar o passe mensal, que é ilimitado. A Zona 1 custa CAD 93; Zona 2, CAD 126 e Zona 3, CAD172.

Planejamento é tudo!

É muito importante estar preparado, principalmente de forma financeira para não passar nenhum tipo de problema. Mesmo que tenha permissão de trabalho, venha com um montante para você e sua família viverem, pelo menos, por quatro meses. É bem provável que você conseguirá um emprego antes disso, mas é melhor  se prevenir.

Por exemplo, se a sua família tem até quatro pessoas, costumamos calcular cerca de CAD 1000 por pessoa por mês. Lembrando que estes são valores mínimos e tudo vai depender do estilo de vida de cada um.

Para saber mais acesse: Quanto custa viver no Canadá?

Fonte: Governo do Canadá