Do Brasil ao Canadá – Com escala nos Estados Unidos

Se você está à caminho do Canadá e o seu voo fará escala nos Estados Unidos, veja como proceder na sua passagem pelas terras americanas.

Além de todo processo normal de Check-in, onde você deverá chegar ao aeroporto com pelo menos duas horas de antecedência em relação ao horário do seu embarque para não perder o voo e evitar imprevistos. Procure o balcão da sua companhia aérea e tenha em mãos seu passaporte e as malas a serem despachadas. É muito importante que no momento do Check-in confirmar todas as informações do seu voo e suas escalas.

Na hora do embarque, tenha o seu bilhete aéreo e o passaporte em mãos, e se prepare para a triagem da Polícia Federal, no caso do Brasil. Você passará pela revista (Raio X), onde deverá retirar todos os pertences, como casacos, cinto, calçados, relógio e acessórios de metal e coloque-os na bandeja.

Feito esse procedimento, vá até a sala de embarque, busque o portão indicado no seu cartão de embarque, atente-se ao horário de embarque e decolagem e Boa viagem!

Durante o Voo

Durante o voo, todos os passageiros receberão dos comissários de bordo um formulário azul, referente à declaração de bens (Customs Declaration).

Veja abaixo o modelo e tenha bastante atenção no momento do preenchimento:

sample

Países que NÃO necessitam de visto para os EUA

Se você possui o passaporte de um dos países que não necessitam visto para entrar nos Estados Unidos, deverá preencher online o formulário chamado ESTA, que tem o valor de US$14 (o pagamento é feito também online) e validade por dois anos. Após a confirmação, o sistema disponibilizará um código, que você deverá guardá-lo dentro do prazo válido.

Os Países: Andorra, Hungria, Nova Zelândia, Austrália, Noruega, Islândia, Áustria, Irlanda, Portugal, Bélgica, Itália, San Marino, Brunei, Japão, Singapura, República Checa, Letónia, Eslováquia, Dinamarca, Liechtenstein, Eslovénia, Estónia, Lituânia, Coreia do Sul, Finlândia, Luxemburgo, Espanha, França, Malta, Suécia, Alemanha, Mónaco, Suíça, Grécia, Holanda, Taiwan, Reino Unido.

Para acessar o formulário online, clique AQUI.

 

Países que necessitam de visto para os EUA

Aqueles que possuem passaporte dos países que necessitam de visto para os EUA, assim como o Brasil, precisarão preencher o formulário I-94 (U.S. Customs and Borders Protection).

Esse formulário estará disponível no aeroporto (nos EUA) e deverá ser entregue no momento da imigração, nele constará a sua data de entrada nos EUA e tem validade de 6 meses. Veja abaixo o modelo:

sample-I94-FrontPage

Escala

É importante que no momento do embarque, ainda no Brasil, você pergunte sobre todas as suas dúvidas a respeitos da(s) cidade(s) que farão parte da sua rota até a chegada ao Canadá.

Se o seu voo fizer escala em Miami, você terá de resgatar as suas malas e despachá-las novamente, sem a necessidade de um novo Check-in. Esse procedimento acontece, pois diferente de outras cidades, onde você não tem acesso à saída do aeroporto, Miami você irá até o saguão.

Algumas cidades, como Dallas e Chicago, você somente passará pelo processo de imigração, não sendo necessário o resgaste da bagagem.

 

Imigração Americana

O processo de imigração americana não é muito diferente da canadense. Ao sair do avião, procure o local indicado nas placas de sinalização do aeroporto e espere que o oficial solicite a sua presença no guichê.

Apresente o seu formulário I-94 preenchido e espere pelas perguntas. As mais comuns são: Qual o motivo da sua viagem? O que você irá fazer nos Estados Unidos? (Neste caso diga que você apenas está de passagem, mas que o seu destino final é o Canadá) Quanto tempo você irá permanecer no País? Qual a quantia de dinheiro você está transportando? Entre outras.

Importante: Ao falar que o seu destino é o Canadá, o oficial da imigração americana poderá perguntar qual o motivo da sua ida ao Canadá. Por isso, é importante que você também tenha em mãos os documentos que comprovem o motivo da sua viagem, caso seja solicitado.

 

Miami

No caso de escala em Miami, após o procedimento na imigração, você irá recolher a bagagem, passar por outro oficial americano e apresentar o canhoto do formulário I-94 carimbado e sair em direção ao saguão. Lá você encontrará um local específico para o despache das malas (Não é necessário realizar o Check-in novamente), deixe as malas e retorne ao setor de embarque. Lá você passará pela minuciosa revista americana, onde você deverá retirar casaco, cintos, relógios e joias, sapatos e o que mais for solicitado. Feito isso, você será direcionado para sala de embarque.

 

Outras cidades

O procedimento de imigração é semelhante ao de Miami, a única diferença é que não será necessário o resgate das bagagens, mas você passará por todas as triagens, como apresentação do formulário, entrevista com o oficial e revista.

 

 No Canadá

Ao embarcar em seu último voo até o Canadá, você receberá o formulário de Declarações de Bens (Declaration Card).

Veja o modelo:

declaration_card (1)

Ao desembarcar no Canadá, esteja preparado para passar pela, desta vez, Imigração Canadense. Tenha em mãos o seu passaporte, a carta de aceitação da escola, endereço e contato da sua residência no Canadá e os demais documentos que comprovem o motivo da sua estadia no país.

Ao chegar ao guichê da Imigração, o oficial fará algumas perguntas, como: Qual o motivo da sua viagem ao Canadá? Quanto tempo você irá permanecer no País? Qual a quantia de dinheiro disponível para sua estadia? Quem irá oferecer suporte financeiro à você? Entre outras.

Caso você não tenha o domínio do inglês, fique tranquilo! A Imigração dispõe de oficiais que falam português.

Após esse processo, recolha as suas bagagens e na saída do terminal, você deverá apresentar a declaração preenchida durante o voo. Em alguns casos, antes de sair do aeroporto, os fiscais ainda podem pedir para inspecionar suas bagagens. Se não solicitado, você estará pronto para disfrutar seus dias no Canadá!