3RA Intercâmbio

Depoimento: Primeiras impressões sobre Toronto

210 Shares

Há pouco tempo atrás, nós conversamos com um casal que chegou a Vancouver recentemente para dividir conosco suas experiências e as primeiras impressões sobre a cidade. Agora, pensando em quem está planejando sua ida para Toronto, nós convidamos um outro casal de clientes para contar o que eles estão achando sobre a maior cidade do Canadá.

Crisleine e Cristian Cajueiro, ambos de 30 anos, são de Belo Horizonte, trabalhavam como bancários no Brasil e estão morando em Toronto há pouco mais de um mês. A decisão de arrumar as malas e embarcar de vez para o Canadá foi tomada há dois anos, durante uma conversa com o irmão de Cristian. “O irmão dele também tinha o interesse de morar fora do Brasil e estávamos buscando uma melhor qualidade de vida, segurança e um bom lugar para criar filhos. Foram dois anos de muito planejamento e inúmeras pesquisas”, contou Crisleine.

Segundo ela, no início, o medo tomou conta, mas agora eles têm certeza que escolheram o caminho certo. “A caminhada aqui está apenas começando, nada é fácil, mas sabemos que teremos uma vida maravilhosa neste lugar. O irmão do Cristian está em Calgary, mas nós optamos por Toronto ser uma cidade com mais oportunidades em nossa área – o ramo financeiro. A cidade é linda, agitada e bem a nossa cara”, destacou.

Atualmente, Cristian e Crisleine estão estudando inglês na Quest Language Studies. Porém, ele irá começar a pós-graduação em Global Business Management na Centennial College em Janeiro de 2017. “O Cristian já está no programa Pathway e estudará por três meses. Eu, como tenho o inglês mais básico, vou estudar por seis meses”, disse Crisleine. Os dois destacaram o apoio da 3RA Intercâmbio. “Foi sensacional todo o apoio que a 3RA nos deu e nos dá até hoje. São sempre solícitos. A Bárbara do escritório de Toronto, que nos acompanha mais de perto, é uma pessoa maravilhosa!”, disse.

Primeiras impressões sobre a cidade

entrevista-torontoDe acordo com eles, uma das coisas que mais chamaram atenção foi a segurança, que é bem diferente do Brasil. “Aqui é completamente o oposto. Você se sente muito seguro quando vê a pessoa do seu lado do metrô usando o notebook dela, iphone…As pessoas andam com as bolsas abertas e nem se preocupam. Um vez alugamos um carro e quando fomos abastecer, o Cristian esqueceu a carteira em cima do teto do carro e ela acabou caindo no chão quando fomos embora. A pessoa que achou entregou na loja de conveniência. A carteira estava com CAD $ 200 e ninguém mexeu em nada”, relembrou Crisleine.

Eles também destacaram o sistema de transporte da cidade. “As coisas aqui funcionam de verdade. A cidade é grande, bem movimentada, mas muito estruturada. Temos um transporte público que funciona, que geralmente não atrasa, o que é bem diferente do que estávamos acostumados a vivenciar em Belo Horizonte”, revelaram.

Fatos curiosos

Para eles, algo curioso é o fato de Toronto ter muitas obras durante o Verão. “Nesta época do ano percebemos que a cidade está repleta de obras, porque ninguém vai querer trabalhar nos -30 graus do inverno. Então, eles aproveitam o momento para fazer toda e qualquer obra necessária na cidade. Isso para a gente é um pouco estranho, já que no Brasil se faz obra a qualquer época do ano, então não se vê tantas obras juntas de uma vez”, falaram.

Cristian e Crisleine também destacaram o fato de a cidade ser multicultural. “Temos contato com várias culturas diferentes, e isso é bem legal. Por conta disso, há também uma variedade enorme de comida: Grega, Árabe, Tailandesa, Indiana…Ainda estamos nos acostumando com os novos sabores, mas no início estranhamos um pouco os temperos. Uma coisa é fato: Gasta-se muito pouco com fast food, mas não é muito saudável, né?!”, brincou Crisleine.

Eles também acharam diferente a forma como as pessoas se comportam no trânsito e algumas regras. “Os motoristas podem virar à direita mesmo com o semáforo fechado. Eles sempre tomam muito cuidado com os pedestres e ciclistas”, destacaram.

Domínio do Inglês

Para eles, o ritmo de aprendizado do idioma no Canadá é completamente diferente. “Aqui estamos imersos na língua e na cultura é muito mais rápido para aprender. Estamos gostando muito! As pessoas de Toronto se esforçam ao máximo para te ajudar principalmente quando percebem que você não tem o domínio da língua ainda”, contou Crisleine.

Agora, a expectativa está no início do College do Cristian e no futuro canadense que começaram a construir. “O Cristian está super ansioso e já está se preparando, pois ouviu falar que o ritmo é bem puxado e precisa de muita dedicação. Estamos muito felizes aqui no Canadá. Foi a melhor decisão que já tomamos em nossas vidas. Claro que aqui não é o lugar perfeito, mas quando se compara com o Brasil, é o paraíso! Escolher viver longe de tudo que você já construiu e deixar tudo para trás não é e nunca será uma decisão fácil, mas cada é uma escolha e cada um sabe o que é melhor para si”, finalizou Crisleine.

Clique aqui e saiba como estudar e trabalhar em Toronto