As 7 principais diferenças entre Brasil e Canadá

Sem dúvida, quando partimos em uma viagem mais longa, como para um intercâmbio de estudos, bate aquela saudade das pessoas e das coisas do Brasil. Todos os países têm coisas boas para se recordar e se orgulhar, e no Canadá não é diferente: esteja certo de que haverá muitos lugares para visitar, novas experiências para serem compartilhadas, coisas boas para conhecer.

As principais distinções entre Brasil e Canadá são culturais e climáticas. Mas além do frio, talvez seja interessante sair daqui já sabendo um pouco sobre alguns hábitos do povo canadense, não acha? Pensando nisso escolhemos sete dessas diferenças para contar para você.

Estações do ano bem divididas

O inverno canadense é bastante frio, de fato. Mas as outras estações são bem demarcadas. Há calor no verão, com sol forte em várias regiões. Na primavera, realmente muitas flores germinam e se abrem; e no outono existe aquela queda volumosa de folhas, uma atmosfera mais melancólica. Em boa parte do Brasil, ao contrário, essas qualidades são quase bipartidas: ou o calor e sol intenso da primavera verão, ou o frio um pouco mais agudo do outono-inverno. Mas no Canadá você terá a oportunidade de ver as estações do ano bem desenhadas.

Hábitos alimentares

A comida, aspecto ligado também às tradições de um povo, certamente teria que ser diversa no Canadá. Os temperos, o corte da carne, os acompanhamentos, o modo de preparo: tudo é bem diferente! Se o estudante for ficar hospedado em casa de família é bom ter isso em mente. Assim mesmo, como o Canadá é um país multicultural e que está acostumado com a imigração de vários povos, é comum encontrar restaurantes de comida oriental (japonesa, coreana, chinesa, vietnamita, indiana, entre outros), além de estabelecimentos especializados em comida grega, italiana, árabe ou mexicana, por exemplo. E também há redes de fast-food, mas as opções mais consumidas também são diferentes das que o brasileiro escolheria: os canadenses preferem muffins, cookies, bolos de frutas e sopa.

Restrição ao uso do álcool

De modo geral, no Canadá você só pode comprar bebidas alcoólicas em lojas especializadas – as chamadas Liquor Stores, controladas pelo governo. Além disso, os impostos atrelados ao produto fazem o preço da bebida ir lá para o alto. Há leis bastante restritivas quando o assunto é consumo de álcool: não se pode beber em praças ou locais abertos, muito menos beber e em seguida conduzir um automóvel. Se o infrator for descoberto, poderá receber uma multa pesada e ainda ser preso. Fique atento a isso se você está acostumado a beber por aqui no Brasil…

Rigor com o relógio

O Canadá herdou a pontualidade da colonização britânica. Ou seja, se você tem um compromisso marcado, não se atrase. Esse deslize, com o qual o brasileiro não costuma se preocupar tanto, poderá ser considerado como um desrespeito ou falta de educação com quem estiver esperando. No caso específico dos estudantes, chegar atrasado às aulas poderá lhe render uma advertência formal por escrito.

Sistema de transporte público que funciona

Os pontos de ônibus no Canadá disponibilizam os horários em que o transporte público vai passar e – adivinhe! – os ônibus passam exatamente na hora determinada! O trânsito é bem organizado e dificilmente fica congestionado. O metrô e as barcas também são tão eficientes quanto os ônibus. Além disso, todos usam o transporte público: é possível ver, em um mesmo ônibus ou trem, o grande empresário, o advogado, o faxineiro, o estudante, o médico etc.

Cuidado com o bem público

No Canadá, os hospitais funcionam muito bem, a polícia é competente e educada, e as escolas são gratuitas ou de mensalidades baixas, oferecendo em troca altíssima qualidade de ensino. Inclusive, o serviço de saúde é público e gratuito, mas apenas para os cidadãos e residentes permanentes. Os serviços emergenciais, como o de bombeiros e as ambulâncias, são ágeis e eficientes. As ruas são muito limpas. O índice de criminalidade é baixíssimo, tanto quanto o de corrupção na política. Por conta de tudo isso, o canadense padrão é bastante educado e vigilante, nutrindo grande respeito pelo próximo, pelo ambiente e pelos bens públicos.

Imposto sobre os produtos

Diferentemente do Brasil, onde há uma enorme quantidade de impostos, o Canadá usa um sistema parecido com o dos Estados Unidos: quando você consome um produto ou serviço, há um acréscimo no valor cobrado de cerca de 13% para se chegar ao preço final. Portanto, quando olhar para o preço indicado em um anúncio em uma loja canadense, não se esqueça de que ainda haverá a adição da taxa. Mas não se preocupe: principalmente em relação aos eletrônicos e outros aparelhos, os valores cobrados são muito mais baratos do que os daqui.

E então, ficou animado para um intercâmbio no Canadá? Comente!

  • Marineide Amaral

    Apesar d’eu não ter mais idade para intercâmbios…rs…Adorei as características desse país…

  • Aline Vanni

    Quero morar em Vancouver!!!

  • max

    Fui pra Vancouver ano passado fazer intercâmbio e é tudo isso e muito mais viu! É perfeito! País super desenvolvido é outra coisa.

  • Mabel Passos de Figueiredo

    Muito bom post! Vou pra Vancouver final de Outubro e essas informações são muito importantes.

  • Mara Rubia

    Achei interessante você falar sobre a alimentação, eu tenho um amigo canadense e ele só almoça sanduíche e janta sopa……