3RA Intercâmbio

Quem contrata: Danilo Oliveira – 3RA Intercâmbio

0 Shares

“Cada pessoa tem uma história, uma formação e sua experiência profissional. Alguns possuem fluência no idioma e/ou grande experiência em sua área, mas isso não garante que você vai chegar ao Canadá trabalhando na mesma posição ou nível que trabalhava no Brasil”.  A frase é do gerente de recursos humanos da 3RA Intercâmbio, Danilo Prestes Oliveira. Ele, que chegou a Vancouver no ano passado, conta com mais de 15 anos de experiência na área no Brasil, onde atuou na Nestlé lidando com vários países da América Latina.

Segundo Danilo, ao chegar no Canadá, é preciso controlar a expectativa, principalmente se as experiências anteriores não forem significativas ou se o nível de fluência no idioma local não for dos melhores. “Nesses casos você poderá ter alguma dificuldade para encontrar uma posição img_78952-1-1030x551equivalente a sua no Brasil. Isso não quer dizer que você não vá arrumar emprego, mas sim que você passará por um período de reconstrução de carreira, momento em que vai mostrar ao mercado canadense suas habilidades e resultados”, destacou.

Ainda de acordo com Danilo, assim como no Brasil, no Canadá não existe fórmula mágica para se destacar dos demais candidatos. Porém, algumas atitudes podem fazer toda a diferença. Na hora de selecionar novos colaboradores para a 3RA Intercâmbio, por exemplo, ele analisa várias questões, dentre elas a coerência entre as informações enviadas no currículo e aquelas apresentadas durante a entrevista. “Todos os candidatos têm pontos fortes. O interessante é sempre demonstrar uma atitude positiva, iniciativa, facilidade de comunicação, ser honesto, íntegro, saber trabalhar em equipe e apresentar o que tem de melhor”, falou.

O processo de seleção da 3RA Intercâmbio não é muito diferente do das outras empresas canadenses. Segundo Danilo, a agência, que está em constante crescimento, sempre precisa buscar profissionais no mercado. “Quando isso acontece, nós podemos resumir nosso procedimento em algumas etapas: Divulgação da vaga, triagem de currículos, entrevistas e testes”. Dentre estes testes, por exemplo, estão as provas de inglês. “Muitos funcionários da nossa equipe possuem contato direto com universidades, colleges, escolas de inglês e empresas de homestay. Aliás, este é o nosso grande diferencial, já que não trabalhamos com informação pronta ou de internet, nossa equipe é totalmente integrada com as instituições canadenses. Por esse motivo, para trabalhar na 3RA é muito importante que a pessoa tenha um nível avançado no idioma”, revelou.

Para o gerente de RH da 3RA Intercâmbio, apesar de contar com algumas semelhanças, a seleção canadense conta com importantes diferenças e os brasileiros que chegam ao novo país precisam estar atentos. “Aqui no Canadá o processo tem um formato diferente para a primeira seleção de candidatos. Para o mercado canadense, é muito importante que o candidato tenha uma boa cover letter, pois ela será sua porta de entrada e seu acesso ao entrevistador. O formato do currículo também é algo a ser observado cuidadosamente, já que um pequeno detalhe pode intensificar ou não o interesse do entrevistador em continuar lendo a informação do candidato”, concluiu.

Outro ponto destacado por Danilo é a importância da entrevista de emprego, tanto no Canadá quanto no Brasil. “A entrevista é o momento que temos para conhecer o candidato, saber de suas experiências profissionais e pessoais. É um momento para entender o passado e vislumbrar a aplicabilidade de determinadas características no futuro”, finalizou.